11 de junho de 2019 em Infraestrutura

Prefeito Roberto Cláudio visita obras de requalificação do Centro

Gestor esteve no calçadão da Rua Liberato Barroso e percorreu toda General Sampaio para acompanhar andamento das intervenções


Prefeito e homens caminhando e vendo obra
Acompanhado do secretário da Regional Centro, Adail Fontenele, e do presidente da CDL, Assis Cavalcante, o Prefeito conversou com comerciantes, permissionários e moradores

O prefeito Roberto Cláudio visitou, na manhã desta terça-feira (11/06), as obras de requalificação da Rua General Sampaio e do calçadão da Rua Liberato Barroso, no Centro de Fortaleza. Acompanhado do secretário da Regional Centro, Adail Fontenele, e do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Assis Cavalcante, o Gestor conversou com comerciantes, permissionários e moradores do bairro.

Na General Sampaio, a obra está sendo realizada entre as ruas Guilherme Rocha e Liberato Barroso. Nesta última, a reforma acontece entre as ruas General Sampaio e Assunção. As ações de ordenamento do comércio informal incluem a instalação de quiosques nos dois trechos, beneficiando 264 permissionários.

A nova Liberato Barroso receberá melhorias na drenagem e na rede de esgoto, nova pavimentação, mobiliário urbano, canteiro, iluminação, paisagismo, piso tátil e travessias em elevado, além da internalização da fiação e dos cabeamentos aéreos, instalação de 51 quiosques personalizados com fotos de prédios e logradouros do Centro e seus patronos. A intervenção irá beneficiar 204 permissionários.

“Entregamos esse mesmo padrão na Guilherme Rocha e agora estamos na parte final das obras na General Sampaio e Liberato Barroso. Até setembro, entregaremos tudo pronto, com as vias reordenadas, favorecendo o comércio ambulante e fortalecendo a atividade econômica no Centro”, destacou o Prefeito.

Mulher sorrindo
Dona Luiza trabalha no Centro há 40 anos e já sente melhorias nas vendas

Dona Luiza trabalha no Centro há 40 anos e sente as melhorias nas vendas e no corpo, depois de receber um quiosque para vender seus travesseiros. “Eu trabalhava com as coisas no chão. Era um tormento para minha coluna, sem contar que agora trabalho sem a tensão de que alguém pode me tirar daqui. Quando terminarem tudo, ficará excelente”, disse a comerciante.

As mudanças também são sentidas pelas milhares de pessoas que circulam pela região todos os dias. É o caso da diarista Suela Rodrigues, que passa pelo lugar diariamente. “Essa parte que já está pronta está muito bonita, mais ornamentado, mais verde, piso novo. Eu não sinto mais aquele engarrafamento de gente e dá pra vê melhor as mercadorias”, comentou.

A principal novidade dessas intervenções é a utilização de cabeamento interno para operadoras de energia e telefonia. O secretário da Regional Centro, Adail Fontenele, avalia que o diferencial é importante, mas desafiador. “Não é uma obra fácil de finalizar. O primeiro trecho foi complicado. O Centro é muito movimentado, temos 20 empresas envolvidas no projeto e precisamos ser cuidadosos para administrar as interferências que não são poucas”, ressaltou o secretário.

A requalificação desses espaços faz parte do Projeto Novo Centro, cujas ações iniciaram em agosto de 2018, com prazo de 12 meses para efetivar obras de diversas frentes. De acordo com o presidente da CDL, Assis Cavalcante, as intervenções já apontam melhorias significativas no comércio local.

“Acompanhamos o projeto desde a concepção. A Guilherme Rocha ficou iluminada, espaçosa e os lojistas estão satisfeitos. Os permissionários também aumentaram as vendas com a implantação dos quiosques. Todos os meses acompanhamos e prestamos conta sobre a obra e agora é esperar tudo ficar pronto para que o Centro ganhe uma nova vida”, afirmou.

Prefeito Roberto Cláudio visita obras de requalificação do Centro

Gestor esteve no calçadão da Rua Liberato Barroso e percorreu toda General Sampaio para acompanhar andamento das intervenções

Prefeito e homens caminhando e vendo obra
Acompanhado do secretário da Regional Centro, Adail Fontenele, e do presidente da CDL, Assis Cavalcante, o Prefeito conversou com comerciantes, permissionários e moradores

O prefeito Roberto Cláudio visitou, na manhã desta terça-feira (11/06), as obras de requalificação da Rua General Sampaio e do calçadão da Rua Liberato Barroso, no Centro de Fortaleza. Acompanhado do secretário da Regional Centro, Adail Fontenele, e do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Assis Cavalcante, o Gestor conversou com comerciantes, permissionários e moradores do bairro.

Na General Sampaio, a obra está sendo realizada entre as ruas Guilherme Rocha e Liberato Barroso. Nesta última, a reforma acontece entre as ruas General Sampaio e Assunção. As ações de ordenamento do comércio informal incluem a instalação de quiosques nos dois trechos, beneficiando 264 permissionários.

A nova Liberato Barroso receberá melhorias na drenagem e na rede de esgoto, nova pavimentação, mobiliário urbano, canteiro, iluminação, paisagismo, piso tátil e travessias em elevado, além da internalização da fiação e dos cabeamentos aéreos, instalação de 51 quiosques personalizados com fotos de prédios e logradouros do Centro e seus patronos. A intervenção irá beneficiar 204 permissionários.

“Entregamos esse mesmo padrão na Guilherme Rocha e agora estamos na parte final das obras na General Sampaio e Liberato Barroso. Até setembro, entregaremos tudo pronto, com as vias reordenadas, favorecendo o comércio ambulante e fortalecendo a atividade econômica no Centro”, destacou o Prefeito.

Mulher sorrindo
Dona Luiza trabalha no Centro há 40 anos e já sente melhorias nas vendas

Dona Luiza trabalha no Centro há 40 anos e sente as melhorias nas vendas e no corpo, depois de receber um quiosque para vender seus travesseiros. “Eu trabalhava com as coisas no chão. Era um tormento para minha coluna, sem contar que agora trabalho sem a tensão de que alguém pode me tirar daqui. Quando terminarem tudo, ficará excelente”, disse a comerciante.

As mudanças também são sentidas pelas milhares de pessoas que circulam pela região todos os dias. É o caso da diarista Suela Rodrigues, que passa pelo lugar diariamente. “Essa parte que já está pronta está muito bonita, mais ornamentado, mais verde, piso novo. Eu não sinto mais aquele engarrafamento de gente e dá pra vê melhor as mercadorias”, comentou.

A principal novidade dessas intervenções é a utilização de cabeamento interno para operadoras de energia e telefonia. O secretário da Regional Centro, Adail Fontenele, avalia que o diferencial é importante, mas desafiador. “Não é uma obra fácil de finalizar. O primeiro trecho foi complicado. O Centro é muito movimentado, temos 20 empresas envolvidas no projeto e precisamos ser cuidadosos para administrar as interferências que não são poucas”, ressaltou o secretário.

A requalificação desses espaços faz parte do Projeto Novo Centro, cujas ações iniciaram em agosto de 2018, com prazo de 12 meses para efetivar obras de diversas frentes. De acordo com o presidente da CDL, Assis Cavalcante, as intervenções já apontam melhorias significativas no comércio local.

“Acompanhamos o projeto desde a concepção. A Guilherme Rocha ficou iluminada, espaçosa e os lojistas estão satisfeitos. Os permissionários também aumentaram as vendas com a implantação dos quiosques. Todos os meses acompanhamos e prestamos conta sobre a obra e agora é esperar tudo ficar pronto para que o Centro ganhe uma nova vida”, afirmou.