21 de julho de 2020 em Juventude

Prefeitura abre inscrições para seleção de Jovens Monitores em Psicossocial da Rede Cuca

As inscrições são gratuitas e realizadas, exclusivamente, por meio de formulário eletrônico até 30 de julho


peça de divulgação

A Prefeitura de Fortaleza abre inscrições, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, para o segundo edital de Jovens Monitores em Psicossocial da Rede Cuca. Serão selecionados 27 jovens, com idade entre 16 e 29 anos, para atuar no programa de Monitoria pelo período de cinco meses. As atividades serão realizadas nos três equipamentos da Rede Cuca (Barra, Jangurussu e Mondubim). As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até o dia 30 de julho, exclusivamente, por meio de formulário eletrônico disponibilizado no Canal da Juventude.

Clique para se inscrever

Para participar é necessário ter experiência comprovada em cursos e projetos da Rede Cuca, além de não ser beneficiado com bolsa ou ajuda de custo em decorrência de qualquer outro edital da Rede Cuca.

O Programa de Jovens Monitores em Psicossocial é um laboratório de ensino-aprendizagem em que os selecionados participarão de vivências profissionais junto à rotina da equipe de Atendimento Psicossocial e Promoção de Saúde e promoverão ações em conjunto com a equipe técnica da Rede Cuca.

O processo seletivo contará com duas etapas de classificação. A primeira consiste em uma análise curricular e a segunda em entrevistas. O resultado preliminar da primeira fase será divulgado no dia 04 de agosto. Já o resultado final do edital será publicado no dia 11 de agosto.

Saiba mais


A Rede Cuca conta com três equipamentos localizados nos bairros Barra do Ceará, Jangurussu e Mondubim, e oferta, todos os meses, uma média de 5 mil vagas entre as 28 modalidades esportivas e mais de 60 cursos distribuídos em oito áreas de formação para jovens entre 15 e 29 anos, prioritariamente.

A Rede também leva para a periferia de Fortaleza a oportunidade de participação em eventos culturais como festivais, mostras, exposições, sessões de cinema e espetáculos, além de atividades voltadas ao psicossocial.

Prefeitura abre inscrições para seleção de Jovens Monitores em Psicossocial da Rede Cuca

As inscrições são gratuitas e realizadas, exclusivamente, por meio de formulário eletrônico até 30 de julho

peça de divulgação

A Prefeitura de Fortaleza abre inscrições, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, para o segundo edital de Jovens Monitores em Psicossocial da Rede Cuca. Serão selecionados 27 jovens, com idade entre 16 e 29 anos, para atuar no programa de Monitoria pelo período de cinco meses. As atividades serão realizadas nos três equipamentos da Rede Cuca (Barra, Jangurussu e Mondubim). As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até o dia 30 de julho, exclusivamente, por meio de formulário eletrônico disponibilizado no Canal da Juventude.

Clique para se inscrever

Para participar é necessário ter experiência comprovada em cursos e projetos da Rede Cuca, além de não ser beneficiado com bolsa ou ajuda de custo em decorrência de qualquer outro edital da Rede Cuca.

O Programa de Jovens Monitores em Psicossocial é um laboratório de ensino-aprendizagem em que os selecionados participarão de vivências profissionais junto à rotina da equipe de Atendimento Psicossocial e Promoção de Saúde e promoverão ações em conjunto com a equipe técnica da Rede Cuca.

O processo seletivo contará com duas etapas de classificação. A primeira consiste em uma análise curricular e a segunda em entrevistas. O resultado preliminar da primeira fase será divulgado no dia 04 de agosto. Já o resultado final do edital será publicado no dia 11 de agosto.

Saiba mais


A Rede Cuca conta com três equipamentos localizados nos bairros Barra do Ceará, Jangurussu e Mondubim, e oferta, todos os meses, uma média de 5 mil vagas entre as 28 modalidades esportivas e mais de 60 cursos distribuídos em oito áreas de formação para jovens entre 15 e 29 anos, prioritariamente.

A Rede também leva para a periferia de Fortaleza a oportunidade de participação em eventos culturais como festivais, mostras, exposições, sessões de cinema e espetáculos, além de atividades voltadas ao psicossocial.