10 de abril de 2018 em Social

Prefeitura de Fortaleza estuda parceria para ampliação do Nutep

Em reunião, foram apresentadas ações e propostas possíveis parcerias em prol das crianças e famílias atendidas pelo órgão


Nutep
O Nutep assiste permanentemente cerca de 1.200 crianças, entre 0 e 12 anos, com transtornos do desenvolvimento (Foto: Alex de Alencastro)
O prefeito Roberto Cláudio e a primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, estiveram reunidos, nesta terça-feira (10/04), no Paço Municipal, com o objetivo de estabelecer futuras parcerias com o Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), instituição ligada à Universidade Federal do Ceará (UFC), como um Programa de Extensão. A reunião contou com a presença do reitor da UFC, Henry Campos; da pró-reitora de Extensão da UFC, Márcia Machado; da presidente do Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), Rita Brasil; e do diretor do Nutep, Lucivan Miranda, que trataram de apresentar ações realizadas e propor possíveis parcerias em curto prazo em prol das crianças e famílias assistidas pelo órgão.

Entusiasta da causa para infância e adolescência da Capital, a primeira-dama Carol Bezerra demostrou empolgação com os próximos passos. "É com muita satisfação que investimos em mais um plano de ação do Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), da UFC. Essa iniciativa é uma demanda da Cidade que proporciona mais uma unidade para realizar o atendimento integral de crianças com diversos transtornos do desenvolvimento, acompanhando também suas famílias," disse a Primeira-Dama.

O neuropediatra e diretor do Nutep, Lucivan Miranda, estava bastante otimista com os resultados da reunião com o prefeito Roberto Cláudio. "Foi um encontro extremamente positivo. Existe a perspectiva em curto prazo da Prefeitura de Fortaleza, juntamente com o Nutep e a UFC, viabilizar na Cidade um Centro Especializado em Reabilitação nível quatro com modalidade auditiva, intelectual, física e visual, o primeiro da capital cearense."

"Para nós da UFC, é sempre uma oportunidade de contribuir com o que nós temos e também, com isso, abrir oportunidade de formação não só para os nossos alunos, mas também para funcionários do Sistema Municipal de Saúde ou de Educação, em qualquer área que estivermos colaborando. É mais uma etapa que firmamos com essa parceria tratando do ambiente tão importante para cidade de Fortaleza e vai engrandecer o projeto Viva Porangabussu", ressaltou O reitor da UFC, Henry Campos.

O Nutep é instituição de referência no Ceará em assistência, ensino e produção de conhecimentos em transtornos do desenvolvimento na infância. Com uma equipe de mais de 100 profissionais qualificados em áreas específicas, o Núcleo assiste permanentemente cerca de 1.200 crianças entre 0 e 12 anos, com diversos transtornos do desenvolvimento, acompanhando igualmente suas famílias. O órgão promove cursos de capacitação e especialização nas áreas de desenvolvimento Infantil e audiologia. Mantém o programa de extensão para os profissionais graduados tanto da UFC como de outras universidades do estado. É campo para formação das várias áreas de residência da UFC e palco de teses que têm como tema o desenvolvimento infantil.

Prefeitura de Fortaleza estuda parceria para ampliação do Nutep

Em reunião, foram apresentadas ações e propostas possíveis parcerias em prol das crianças e famílias atendidas pelo órgão

Nutep
O Nutep assiste permanentemente cerca de 1.200 crianças, entre 0 e 12 anos, com transtornos do desenvolvimento (Foto: Alex de Alencastro)
O prefeito Roberto Cláudio e a primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, estiveram reunidos, nesta terça-feira (10/04), no Paço Municipal, com o objetivo de estabelecer futuras parcerias com o Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), instituição ligada à Universidade Federal do Ceará (UFC), como um Programa de Extensão. A reunião contou com a presença do reitor da UFC, Henry Campos; da pró-reitora de Extensão da UFC, Márcia Machado; da presidente do Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), Rita Brasil; e do diretor do Nutep, Lucivan Miranda, que trataram de apresentar ações realizadas e propor possíveis parcerias em curto prazo em prol das crianças e famílias assistidas pelo órgão.

Entusiasta da causa para infância e adolescência da Capital, a primeira-dama Carol Bezerra demostrou empolgação com os próximos passos. "É com muita satisfação que investimos em mais um plano de ação do Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), da UFC. Essa iniciativa é uma demanda da Cidade que proporciona mais uma unidade para realizar o atendimento integral de crianças com diversos transtornos do desenvolvimento, acompanhando também suas famílias," disse a Primeira-Dama.

O neuropediatra e diretor do Nutep, Lucivan Miranda, estava bastante otimista com os resultados da reunião com o prefeito Roberto Cláudio. "Foi um encontro extremamente positivo. Existe a perspectiva em curto prazo da Prefeitura de Fortaleza, juntamente com o Nutep e a UFC, viabilizar na Cidade um Centro Especializado em Reabilitação nível quatro com modalidade auditiva, intelectual, física e visual, o primeiro da capital cearense."

"Para nós da UFC, é sempre uma oportunidade de contribuir com o que nós temos e também, com isso, abrir oportunidade de formação não só para os nossos alunos, mas também para funcionários do Sistema Municipal de Saúde ou de Educação, em qualquer área que estivermos colaborando. É mais uma etapa que firmamos com essa parceria tratando do ambiente tão importante para cidade de Fortaleza e vai engrandecer o projeto Viva Porangabussu", ressaltou O reitor da UFC, Henry Campos.

O Nutep é instituição de referência no Ceará em assistência, ensino e produção de conhecimentos em transtornos do desenvolvimento na infância. Com uma equipe de mais de 100 profissionais qualificados em áreas específicas, o Núcleo assiste permanentemente cerca de 1.200 crianças entre 0 e 12 anos, com diversos transtornos do desenvolvimento, acompanhando igualmente suas famílias. O órgão promove cursos de capacitação e especialização nas áreas de desenvolvimento Infantil e audiologia. Mantém o programa de extensão para os profissionais graduados tanto da UFC como de outras universidades do estado. É campo para formação das várias áreas de residência da UFC e palco de teses que têm como tema o desenvolvimento infantil.