12 de dezembro de 2019 em Social

Prefeitura de Fortaleza inaugura 14º Leitura na Praça no bairro Granja Lisboa

O espaço é o 1º da Regional V a receber o projeto


grupo de pessoas na frente de um quiosque de leituraA inauguração contou com programação cultural, contação de história e apresentação de palhaço

A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, nesta terça-feira (11/12), o 14º quiosque de leitura na cidade, na praça Márcio Brandão, no bairro Granja Lisboa. O espaço é o 1º da Regional V a receber o projeto Leitura na Praça. A inauguração contou com programação cultural, contação de história e apresentação de palhaço.

A ação, idealizada pela primeira-dama de Fortaleza Carol Bezerra, tem o objetivo de despertar o interesse das crianças e adolescentes pela leitura. São 400 livros infantojuvenis, com títulos variados que abordam temas como solidariedade, ecologia, cidadania, sonhos e criatividade. Ao todo, serão 60 quiosques espalhados pela cidade.

A coordenadora do gabinete da primeira-dama, Márcia Dias, destacou a importância da chegada do projeto na região. “O projeto cria um vínculo com a família, com a comunidade e a leitura. As crianças se tornam mais criativas, começam a escrever melhor. A gente quer transformar Fortaleza, através dessa iniciativa inovadora, em uma cidade amiga da criança, modificando a realidade delas”, afirmou.

Alanderson Mangueira, adotante do quiosque e da praça Márcio Brandão, é responsável por definir os dias e horários de funcionamento. Pensando em cuidar da primeira infância buscamos, ele afirma que viu a importância de trazer logo o projeto ao bairro, que é extremamente vulnerável. “A praça é mantida em processo de mutirão, com reuniões e manutenção, e assim também funcionará a biblioteca, com três pessoas que vão ficar se revezando, trazendo peças teatrais quinzenalmente, movimentando bastante a criançada aqui, de acordo com a própria vida e atrações que já existem no local”, comentou.

uma senhora ao lado de duas meninas
Luciana do Nascimento, com as netas Samily, de 8 anos, e Emily, de 4 anos

A cuidadora de idosos Luciana do Nascimento é avó da Samily, de 8 anos, e da Emily, de 4 anos. Ela acompanhou as netas durante as atividades da inauguração do Leitura na Praça. “Minhas netas gostam muito de ler e elas viviam perguntando quando o quiosque ia abrir. Moro aqui ao lado da praça e fico feliz com a chegada dessa iniciativa ao nosso bairro”, disse.

Saiba Mais

As evidências científicas atestam que a leitura é um dos principais estímulos para o desenvolvimento da criança na sua primeira infância. Além de auxiliar o processo de aquisição da linguagem, amplia o vínculo afetivo entre pais e filhos e fortalece a estrutura psíquica e emocional da criança – possibilitando a constituição de um vínculo seguro para a autonomia e relacionamento social.

Veja a galeria de fotos do evento

Prefeitura de Fortaleza inaugura 14º Leitura na Praça no bairro Granja Lisboa

O espaço é o 1º da Regional V a receber o projeto

grupo de pessoas na frente de um quiosque de leituraA inauguração contou com programação cultural, contação de história e apresentação de palhaço

A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, nesta terça-feira (11/12), o 14º quiosque de leitura na cidade, na praça Márcio Brandão, no bairro Granja Lisboa. O espaço é o 1º da Regional V a receber o projeto Leitura na Praça. A inauguração contou com programação cultural, contação de história e apresentação de palhaço.

A ação, idealizada pela primeira-dama de Fortaleza Carol Bezerra, tem o objetivo de despertar o interesse das crianças e adolescentes pela leitura. São 400 livros infantojuvenis, com títulos variados que abordam temas como solidariedade, ecologia, cidadania, sonhos e criatividade. Ao todo, serão 60 quiosques espalhados pela cidade.

A coordenadora do gabinete da primeira-dama, Márcia Dias, destacou a importância da chegada do projeto na região. “O projeto cria um vínculo com a família, com a comunidade e a leitura. As crianças se tornam mais criativas, começam a escrever melhor. A gente quer transformar Fortaleza, através dessa iniciativa inovadora, em uma cidade amiga da criança, modificando a realidade delas”, afirmou.

Alanderson Mangueira, adotante do quiosque e da praça Márcio Brandão, é responsável por definir os dias e horários de funcionamento. Pensando em cuidar da primeira infância buscamos, ele afirma que viu a importância de trazer logo o projeto ao bairro, que é extremamente vulnerável. “A praça é mantida em processo de mutirão, com reuniões e manutenção, e assim também funcionará a biblioteca, com três pessoas que vão ficar se revezando, trazendo peças teatrais quinzenalmente, movimentando bastante a criançada aqui, de acordo com a própria vida e atrações que já existem no local”, comentou.

uma senhora ao lado de duas meninas
Luciana do Nascimento, com as netas Samily, de 8 anos, e Emily, de 4 anos

A cuidadora de idosos Luciana do Nascimento é avó da Samily, de 8 anos, e da Emily, de 4 anos. Ela acompanhou as netas durante as atividades da inauguração do Leitura na Praça. “Minhas netas gostam muito de ler e elas viviam perguntando quando o quiosque ia abrir. Moro aqui ao lado da praça e fico feliz com a chegada dessa iniciativa ao nosso bairro”, disse.

Saiba Mais

As evidências científicas atestam que a leitura é um dos principais estímulos para o desenvolvimento da criança na sua primeira infância. Além de auxiliar o processo de aquisição da linguagem, amplia o vínculo afetivo entre pais e filhos e fortalece a estrutura psíquica e emocional da criança – possibilitando a constituição de um vínculo seguro para a autonomia e relacionamento social.

Veja a galeria de fotos do evento