26 de setembro de 2019 em Infraestrutura

Prefeitura de Fortaleza realiza obras de urbanização e acessibilidade na Avenida Dom Luís

O projeto está orçado em R$ 7,3 milhões e terá duração de 12 meses


avenida movimentada com carros e pessoas caminhando
Serão transformados 25 mil metros quadrados de passeio com amplas calçadas, totalmente acessíveis e padronizadas, facilitando a caminhabilidade e fortalecendo o comércio da região
A Prefeitura de Fortaleza deu início, nesta semana, às obras de urbanização da Avenida Dom Luís, no trecho entre a Rua Tibúrcio Cavalcante e a Av. Almirante Henrique Sabóia (Via Expressa), na Aldeota. As obras, que serão realizadas pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), preveem a urbanização completa da via com a construção de novas calçadas com piso intertravado (blocos em concreto), itens de acessibilidade como rampas e sinalização tátil, infraestrutura para internalização da fiação da rede de dados, além da instalação de paraciclos, espaços de convivência com parklets em madeira com bancos, baias para embarque e desembarque, estacionamentos e paisagismo com plantio de mais de 240 árvores, palmeiras e arbustos.

O projeto de acessibilidade e urbanização da Av. Dom Luís está orçado em R$ 7,3 milhões e terá duração de 12 meses, transformando mais de 25 mil metros quadrados de passeio com amplas calçadas, totalmente acessíveis e padronizadas, facilitando a caminhabilidade e fortalecendo o comércio da região, onde o consumidor terá mais conforto e segurança.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), a Avenida Dom Luís é considerada uma das vias mais movimentadas da região da Aldeota. Dentro da Pesquisa Origem-Destino 2019, que está sendo realizada atualmente, foram feitas contagens de pedestres em alguns pontos da via. No cruzamento da Avenida Dom Luís com a Avenida Senador Virgílio Távora, por exemplo, foi registrado um total de 800 movimentações de pedestres por hora no pico da manhã, seja andando na calçada ou atravessando as vias, e cerca de 1.000 movimentações de pedestre por hora no pico da tarde.

Binário Dom Luís / Santos Dumont

Em 07 de junho de 2014, o prefeito Roberto Cláudio inaugurou o primeiro binário e as primeiras faixas exclusivas para ônibus da atual gestão, envolvendo as avenidas Dom Luís e Santos Dumont. Com o novo projeto, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), foram instaladas nestas duas vias três faixas para veículos, sendo uma exclusiva para ônibus de cerca de 3,4 quilômetros, além de uma ciclofaixa de aproximadamente 5,2 quilômetros, ampliando as opções de mobilidade segura para os ciclistas.

Com as faixas exclusivas de ônibus implantadas no Binário Dom Luís / Santos Dumont, por onde trafegam diariamente boa parte dos trabalhadores da cidade no trajeto casa-trabalho, a circulação do transporte coletivo foi priorizada. Inicialmente, a expectativa era de que houvesse um crescimento de cerca de 40% na velocidade dos ônibus que trafegam por estas duas vias, mas esse resultado foi bem melhor do que o esperado. Na Av. Santos Dumont, o ganho de velocidade operacional dos ônibus identificado é de 207% e na Dom Luís a marca é de 143%. Isso representa menos tempo de deslocamento trabalho-casa, ou vice-versa, e mais tempo para o trabalhador estar com a família ou até mesmo resolver outras demandas pessoais.

Prefeitura de Fortaleza realiza obras de urbanização e acessibilidade na Avenida Dom Luís

O projeto está orçado em R$ 7,3 milhões e terá duração de 12 meses

avenida movimentada com carros e pessoas caminhando
Serão transformados 25 mil metros quadrados de passeio com amplas calçadas, totalmente acessíveis e padronizadas, facilitando a caminhabilidade e fortalecendo o comércio da região
A Prefeitura de Fortaleza deu início, nesta semana, às obras de urbanização da Avenida Dom Luís, no trecho entre a Rua Tibúrcio Cavalcante e a Av. Almirante Henrique Sabóia (Via Expressa), na Aldeota. As obras, que serão realizadas pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), preveem a urbanização completa da via com a construção de novas calçadas com piso intertravado (blocos em concreto), itens de acessibilidade como rampas e sinalização tátil, infraestrutura para internalização da fiação da rede de dados, além da instalação de paraciclos, espaços de convivência com parklets em madeira com bancos, baias para embarque e desembarque, estacionamentos e paisagismo com plantio de mais de 240 árvores, palmeiras e arbustos.

O projeto de acessibilidade e urbanização da Av. Dom Luís está orçado em R$ 7,3 milhões e terá duração de 12 meses, transformando mais de 25 mil metros quadrados de passeio com amplas calçadas, totalmente acessíveis e padronizadas, facilitando a caminhabilidade e fortalecendo o comércio da região, onde o consumidor terá mais conforto e segurança.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), a Avenida Dom Luís é considerada uma das vias mais movimentadas da região da Aldeota. Dentro da Pesquisa Origem-Destino 2019, que está sendo realizada atualmente, foram feitas contagens de pedestres em alguns pontos da via. No cruzamento da Avenida Dom Luís com a Avenida Senador Virgílio Távora, por exemplo, foi registrado um total de 800 movimentações de pedestres por hora no pico da manhã, seja andando na calçada ou atravessando as vias, e cerca de 1.000 movimentações de pedestre por hora no pico da tarde.

Binário Dom Luís / Santos Dumont

Em 07 de junho de 2014, o prefeito Roberto Cláudio inaugurou o primeiro binário e as primeiras faixas exclusivas para ônibus da atual gestão, envolvendo as avenidas Dom Luís e Santos Dumont. Com o novo projeto, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), foram instaladas nestas duas vias três faixas para veículos, sendo uma exclusiva para ônibus de cerca de 3,4 quilômetros, além de uma ciclofaixa de aproximadamente 5,2 quilômetros, ampliando as opções de mobilidade segura para os ciclistas.

Com as faixas exclusivas de ônibus implantadas no Binário Dom Luís / Santos Dumont, por onde trafegam diariamente boa parte dos trabalhadores da cidade no trajeto casa-trabalho, a circulação do transporte coletivo foi priorizada. Inicialmente, a expectativa era de que houvesse um crescimento de cerca de 40% na velocidade dos ônibus que trafegam por estas duas vias, mas esse resultado foi bem melhor do que o esperado. Na Av. Santos Dumont, o ganho de velocidade operacional dos ônibus identificado é de 207% e na Dom Luís a marca é de 143%. Isso representa menos tempo de deslocamento trabalho-casa, ou vice-versa, e mais tempo para o trabalhador estar com a família ou até mesmo resolver outras demandas pessoais.