27 de novembro de 2019 em Social

Prefeitura inaugura primeiro quiosque do projeto Leitura na Praça na Regional VI

Equipamento está localizado na praça do Jardim Violeta, no Barroso


palhaço brincando com crianças
A inauguração contou com programação cultural, contação de história e apresentação de palhaço.

A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, nesta terça-feira (26/12), o 12º quiosque de leitura na cidade. A praça do Jardim Violeta, no Barroso, foi o primeiro espaço público da Regional VI a receber o projeto Leitura na Praça. A inauguração contou com programação cultural, contação de história e apresentação de palhaço.

A ação, idealizada pela primeira-dama de Fortaleza Carol Bezerra, tem o objetivo de despertar o interesse das crianças e adolescentes pela leitura. São aproximadamente 400 livros infantojuvenis, com títulos variados que abordam temas como solidariedade, ecologia, cidadania, sonhos e criatividade. “Esse é mais um espaço de valorização do desenvolvimento infantil. Um ponto de encontro para que as crianças possam interagir e ler”, destacou a vice-presidente da Funci, Marcia Dias.

O secretário-executivo da Regional VI, Roberto Rios, comemorou a chegada do projeto na região. “Ter um espaço de incentivo à leitura é fundamental para o desenvolvimento das crianças que moram aqui próximo à praça do Jardim Violeta. Queremos que muitas outras praças recebam essa iniciativa.”

Ao todo, serão 60 quiosques espalhados pela cidade. O quiosque colorido e recheado de livros é administrado pela própria comunidade. A autônoma Maria Elisangela Gadelha é a adotante do quiosque da praça Jardim Violeta e responsável por definir os dias e horários de funcionamento. “Fiquei muito feliz com esse projeto. É uma boa opção de lazer e acaba atraindo mais as crianças para a praça”, comentou a adotante.

As evidências científicas atestam que a leitura é um dos principais estímulos para o desenvolvimento da criança na sua primeira infância. Além de auxiliar o processo de aquisição da linguagem, amplia o vínculo afetivo entre pais e filhos e fortalece a estrutura psíquica e emocional da criança – possibilitando a constituição de um vínculo seguro para a autonomia e relacionamento social.

A dona de casa Marines Passos, 45, aprovou a novidade. Ela levou as três sobrinhas para conhecerem o quiosque de leitura e prometeu frequentar diariamente o novo espaço. “Eu fiquei surpresa com a novidade e trouxe logo minhas sobrinhas para conhecerem o projeto. Elas estão olhando os livros com curiosidade. Vou ensinar elas a lerem e a conhecerem novas histórias”, disse.

Prefeitura inaugura primeiro quiosque do projeto Leitura na Praça na Regional VI

Equipamento está localizado na praça do Jardim Violeta, no Barroso

palhaço brincando com crianças
A inauguração contou com programação cultural, contação de história e apresentação de palhaço.

A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, nesta terça-feira (26/12), o 12º quiosque de leitura na cidade. A praça do Jardim Violeta, no Barroso, foi o primeiro espaço público da Regional VI a receber o projeto Leitura na Praça. A inauguração contou com programação cultural, contação de história e apresentação de palhaço.

A ação, idealizada pela primeira-dama de Fortaleza Carol Bezerra, tem o objetivo de despertar o interesse das crianças e adolescentes pela leitura. São aproximadamente 400 livros infantojuvenis, com títulos variados que abordam temas como solidariedade, ecologia, cidadania, sonhos e criatividade. “Esse é mais um espaço de valorização do desenvolvimento infantil. Um ponto de encontro para que as crianças possam interagir e ler”, destacou a vice-presidente da Funci, Marcia Dias.

O secretário-executivo da Regional VI, Roberto Rios, comemorou a chegada do projeto na região. “Ter um espaço de incentivo à leitura é fundamental para o desenvolvimento das crianças que moram aqui próximo à praça do Jardim Violeta. Queremos que muitas outras praças recebam essa iniciativa.”

Ao todo, serão 60 quiosques espalhados pela cidade. O quiosque colorido e recheado de livros é administrado pela própria comunidade. A autônoma Maria Elisangela Gadelha é a adotante do quiosque da praça Jardim Violeta e responsável por definir os dias e horários de funcionamento. “Fiquei muito feliz com esse projeto. É uma boa opção de lazer e acaba atraindo mais as crianças para a praça”, comentou a adotante.

As evidências científicas atestam que a leitura é um dos principais estímulos para o desenvolvimento da criança na sua primeira infância. Além de auxiliar o processo de aquisição da linguagem, amplia o vínculo afetivo entre pais e filhos e fortalece a estrutura psíquica e emocional da criança – possibilitando a constituição de um vínculo seguro para a autonomia e relacionamento social.

A dona de casa Marines Passos, 45, aprovou a novidade. Ela levou as três sobrinhas para conhecerem o quiosque de leitura e prometeu frequentar diariamente o novo espaço. “Eu fiquei surpresa com a novidade e trouxe logo minhas sobrinhas para conhecerem o projeto. Elas estão olhando os livros com curiosidade. Vou ensinar elas a lerem e a conhecerem novas histórias”, disse.