26 de agosto de 2021 em Educação

Preservação e reciclagem potencializam aprendizado e vivências entre crianças e famílias na Educação Infantil

Iniciativa do Centro de Educação Infantil Professora Terezinha Ferreira Parente (Distrito 6) tem influência do artista plástico brasileiro Vik Muniz


Educação Infantil
Atividade CEIARTE nas Múltiplas Linguagens reuniu experiências sobre o reaproveitamento de objetivos descartados

Conhecido por utilizar materiais inusitados em suas obras, Vik Muniz trabalha a sustentabilidade na arte e inspira projetos que vão para além das galerias reconhecidas mundo a fora. Na Rede Municipal de Ensino, o artista plástico brasileiro é influência em uma iniciativa com crianças do Centro de Educação Infantil Professora Terezinha Ferreira Parente (Distrito 6).

Realizado pelas professoras Evelyne Chaves e Thais Elleres, o projeto CEIARTE nas Múltiplas Linguagens reúne alunos do Infantil III e seus familiares em experiências sobre o reaproveitamento de objetivos descartados. “Sabemos da importância da arte no ensino e desenvolvimento desses pequenos estudantes. O trabalho do Vik Muniz nos motiva e, neste ano, durante as vivências em casa, por conta do ensino remoto, fizemos a proposta das crianças explorarem diferentes materiais e produzirem suas obras de arte”, conta Evelyne.

“O nosso intuito é as crianças potencializarem suas habilidades, criatividade e aprendizagem, compreendendo também aspectos ligados à preservação do meio ambiente. Já com as famílias, mostramos as diversas possibilidades na reutilização de materiais simples que estão presentes em nosso dia a dia. Um rolo de papel higiênico, por exemplo, pode se tornar um binóculo. É uma experiência que engradece e fortalece os vínculos”, complementa Thais.

Professoras da Rede
Professoras Evelyne Chaves e Thais Elleres realizaram a ação durante o período de ensino remoto

Para a produção das artes e brinquedos, as professoras montaram um kit incluindo pedaços de tecidos, cordas e folhas caídas de uma árvore da própria unidade escolar. Os elementos somaram-se aos materiais presentes no kit pedagógico entregue a todos os alunos matriculados na Rede Municipal, que traz canetinhas, lápis de grafite, lápis de cor, borracha, cola, tesoura, entre outros itens que asseguram maior eficácia à relação ensino-aprendizado.

Assim, mais do que as lindas obras de arte dos alunos, o projeto resulta em momentos de interação entre as famílias e, especialmente, promove um processo de conscientização coletiva acerca dos recursos naturais. “Esse tipo de atividade faz a diferença. A gente tira um tempo pra ficar com nossos filhos e aprendemos com eles. Eu entendo melhor o mundindo dele e ainda aprendo mais a cuidar da natureza. A escola ensina a todos”, finaliza Iasmin Nogueira, mãe do pequeno Josué Nogueira.

Integrando a celebração da Semana da Educação Infantil 2021, a experiência do CEI Professora Terezinha Ferreira Parente une-se a outras diferentes ações que, nesta semana, você conhece na série sobre as vivências da Educação Infantil da Rede Municipal. O especial segue até sexta-feita (27/08), nos canais da SME e Portal da Prefeitura de Fortaleza.

Preservação e reciclagem potencializam aprendizado e vivências entre crianças e famílias na Educação Infantil

Iniciativa do Centro de Educação Infantil Professora Terezinha Ferreira Parente (Distrito 6) tem influência do artista plástico brasileiro Vik Muniz

Educação Infantil
Atividade CEIARTE nas Múltiplas Linguagens reuniu experiências sobre o reaproveitamento de objetivos descartados

Conhecido por utilizar materiais inusitados em suas obras, Vik Muniz trabalha a sustentabilidade na arte e inspira projetos que vão para além das galerias reconhecidas mundo a fora. Na Rede Municipal de Ensino, o artista plástico brasileiro é influência em uma iniciativa com crianças do Centro de Educação Infantil Professora Terezinha Ferreira Parente (Distrito 6).

Realizado pelas professoras Evelyne Chaves e Thais Elleres, o projeto CEIARTE nas Múltiplas Linguagens reúne alunos do Infantil III e seus familiares em experiências sobre o reaproveitamento de objetivos descartados. “Sabemos da importância da arte no ensino e desenvolvimento desses pequenos estudantes. O trabalho do Vik Muniz nos motiva e, neste ano, durante as vivências em casa, por conta do ensino remoto, fizemos a proposta das crianças explorarem diferentes materiais e produzirem suas obras de arte”, conta Evelyne.

“O nosso intuito é as crianças potencializarem suas habilidades, criatividade e aprendizagem, compreendendo também aspectos ligados à preservação do meio ambiente. Já com as famílias, mostramos as diversas possibilidades na reutilização de materiais simples que estão presentes em nosso dia a dia. Um rolo de papel higiênico, por exemplo, pode se tornar um binóculo. É uma experiência que engradece e fortalece os vínculos”, complementa Thais.

Professoras da Rede
Professoras Evelyne Chaves e Thais Elleres realizaram a ação durante o período de ensino remoto

Para a produção das artes e brinquedos, as professoras montaram um kit incluindo pedaços de tecidos, cordas e folhas caídas de uma árvore da própria unidade escolar. Os elementos somaram-se aos materiais presentes no kit pedagógico entregue a todos os alunos matriculados na Rede Municipal, que traz canetinhas, lápis de grafite, lápis de cor, borracha, cola, tesoura, entre outros itens que asseguram maior eficácia à relação ensino-aprendizado.

Assim, mais do que as lindas obras de arte dos alunos, o projeto resulta em momentos de interação entre as famílias e, especialmente, promove um processo de conscientização coletiva acerca dos recursos naturais. “Esse tipo de atividade faz a diferença. A gente tira um tempo pra ficar com nossos filhos e aprendemos com eles. Eu entendo melhor o mundindo dele e ainda aprendo mais a cuidar da natureza. A escola ensina a todos”, finaliza Iasmin Nogueira, mãe do pequeno Josué Nogueira.

Integrando a celebração da Semana da Educação Infantil 2021, a experiência do CEI Professora Terezinha Ferreira Parente une-se a outras diferentes ações que, nesta semana, você conhece na série sobre as vivências da Educação Infantil da Rede Municipal. O especial segue até sexta-feita (27/08), nos canais da SME e Portal da Prefeitura de Fortaleza.