matrículas
A iniciativa objetiva ampliar e assegurar o acesso e a permanência dos alunos nas unidades de ensino

A Prefeitura de Fortaleza reabre, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), a partir desta segunda-feira (16/01), o sistema de pré-matrículas para alunos novatos que pretendem ingressar na Rede Municipal de Ensino. O sistema virtual ficará aberto até o próximo dia 23 de janeiro. As aulas deste ano letivo iniciam no próximo dia 27 de janeiro.

A iniciativa objetiva ampliar e assegurar o acesso e a permanência dos alunos nas unidades de ensino, assim como zelar pelo bom atendimento das famílias que ainda necessitam obter vaga escolar na Rede Municipal. Vale destacar que, em dezembro passado, a gestão municipal já havia realizado o período de pré-matrículas para alunos novatos.

Para efetuar a pré-matrícula nas etapas da pré-escola, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), o pai ou responsável deve acessar o Sistema de Pré-matrícula Virtual.

Por meio dessa plataforma, o cadastro do aluno é  realizado com a escolha das opções de unidades escolares mais próximas da sua residência. Nesta etapa, serão exibidas apenas as escolas que tiverem vagas disponíveis para a série pretendida, assim o estudante só poderá ser cadastrado nessas unidades e vagas. A cada cadastro realizado, o sistema debitará uma vaga do total disponibilizado, já deixando a vaga vinculada ao cadastro feito.

Um número de protocolo será gerado ao fim do cadastro virtual. A partir disso, o pai ou responsável receberá o contato da gestão da escola para o agendamento do atendimento presencial, quando serão apresentados os documentos do aluno e efetivada a matrícula.

A matrícula pode ser efetuada tanto de forma virtual, como de forma presencial na escola.

Documentação necessária
Para efetivar a matrícula de alunos novatos, no dia agendado pela unidade escolar, os responsáveis devem apresentar a seguinte documentação:
- Cópia da certidão de nascimento e CPF
- Documento de transferência (histórico escolar ou declaração da escola de origem)
- Três fotos 3x4
- Cartão de identificação social do responsável legal (NIS)
- Comprovante de residência
- Cópia do laudo ou avaliação pedagógica das crianças com deficiência
- Cartão de vacinação atualizado
- CPF ou RG do responsável, quando o aluno for menor de idade

É importante ressaltar que a ausência de algum documento não pode ser impedimento para efetivação da matrícula. Caso o aluno não possua algum dos documentos solicitados, os conselhos tutelares de cada Distrito de Educação são acionados para a regulamentação da documentação. O responsável pode efetuar a matrícula e depois entregar a documentação.

Publicado em Educação

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME) e da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citonova), realizam nesta quarta-feira (21/12), às 14h, a certificação dos alunos da Rede Municipal que participaram do programa Juventude Digital. A solenidade acontece no Ginásio Aécio de Borba, com presença do vice-prefeito Élcio Batista.

Receberão o certificado de participação nas atividades do programa cerca de 8 mil alunos da 9° ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos. A programação conta ainda com a apresentação de projetos desenvolvidos pelos estudantes durante a execução.

O Juventude Digital é uma política pública permanente que tem foco na inclusão digital e na geração de emprego e renda, já tendo capacitado mais de 10 mil jovens em 2021 e 2022. O projeto é coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova) e conta com a parceria das secretarias da Juventude e da Educação.

Publicado em Educação
Torneio SESI de Robótica
Os alunos agora seguem para a etapa nacional, que acontecerá em Brasília (DF), em março de 2023

A inovação tecnológica ganha cada vez mais visibilidade na Rede de Ensino da capital. Um exemplo disso pode ser visto na vitória de dez alunos da Escola Municipal Reitor Pedro Teixeira Barroso, localizada na Barra do Ceará (Distrito 1). No último mês de novembro, a equipe da unidade escolar conquistou o 3º lugar na etapa regional Nordeste do Torneio Sesi de Robótica.

Competindo com mais outras 20 turmas de estudantes do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas e da rede Sesi Senai, a equipe Big Heroes surpreendeu os jurados com um projeto desenvolvido em menos de dois meses de treinamento. "Fortalecemos a parceria do Sesi com a escola e iniciamos essa proposta. Os alunos abraçaram a ideia, se dedicaram e, em pouco mais de um mês e meio, realizamos uma sequência de atividades e preparação para a competição", explicou Vagner Jean, professor do Sesi e técnico da equipe.

"Essa oportunidade abre novas portas. No início não tínhamos o conhecimento de robótica e aqui aconteceu nosso primeiro contato. Foi algo muito novo. Estudamos no contraturno, fizemos o treinamento e foi difícil não sentir a pressão na hora do torneio. Mas a gente se superou e levou o terceiro lugar", completou entusiasmado Carlos Eduardo Santos, estudante do 9º ano que integra a equipe.

Com foco no desenvolvimento de soluções inovadoras na produção de energia sustentável, os alunos agora seguem para a etapa nacional da competição, que acontecerá em Brasília (DF), em março de 2023, no Estádio Mané Garrincha. "É gratificante essa vitória, porém o nosso foco continua. Estamos pensando no nacional e até lá vamos treinar muito", finalizou a confiante Ana Aline Vidal, aluna do 9º ano.

Sobre a competição
Realizado pela primeira vez pelo Sesi Ceará, a competição faz parte da competição FIRST®️ LEGO®️ League (FLL). A disputa une aprendizado e prática de robótica, valorizando o trabalho em grupo, a cooperação, o planejamento, a pesquisa, a tomada de decisões, e definição de ações.  Entre os objetivos do torneio estão o fortalecimento da capacidade de inovação, criatividade e raciocínio lógico dos estudantes, para que possam ser inspirados a seguir carreira nas áreas de engenharia, matemática e tecnologia.

Publicado em Educação
 Jovens Empreendedores Primeiros Passos
Este é o segundo ano no qual o JEPP integra o Aprender Mais, Programa de Fortalecimento de Aprendizagem da Rede de Ensino

A escola pode ser o primeiro espaço de experiência para quem sonha com a carreira de empreendedor. Foi assim para Michaely de Lima, estudante do 5° ano da Escola Municipal Irmã Simas, que, ao lado dos colegas de sala, desenvolveu um restaurante fictício cujo cardápio é baseado na cultura nordestina. Participante do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), desenvolvido pela Secretaria Municipal da Educação (SME), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), ela está entre os mais de 85 mil alunos contemplados com a iniciativa no contraturno escolar e nas Escolas de Tempo Integral (ETI).

“Sonho em ter uma padaria com a minha mãe. Com o projeto, a minha turma aprendeu muito sobre a pirâmide alimentar, sobre a higienização dos alimentos e sobre os ingredientes que fazem parte da nossa cultura”, ressalta a aluna, ao elencar alguns dos pratos elaborados: baião de dois, cuscuz com côco, bruaca e mungunzá. O cardápio do “Gosto Nordestino” foi exposto, na tarde desta quarta-feira (07/12), durante uma mostra realizada na unidade escolar, no bairro Sapiranga.

Este já é o segundo ano no qual o JEPP integra o Aprender Mais, Programa de Fortalecimento de Aprendizagem da Rede Municipal, assim como currículo das ETIs. Para o monitor Douglas David, a oportunidade de estudar produtos da gastronomia nordestina incentiva os discentes a sonharem a partir da própria realidade. “A partir do livro didático, jogos e brincadeiras, tratamos da educação financeira através de comidas nordestinas. Foi importante trazer o empreendedorismo para o dia a dia deles, para que reconheçam o cotidiano como cultura e possibilidade de futuro”, defende o professor da Rede Municipal.

Nesta perspectiva de identificação, cada participante pôde apresentar aos colegas exemplos de negócios conhecidos nos bairros em que moram. A aluna Rayna Eloá, também idealizadora do menu regional, testemunha que o caráter empreendedor ensinado de forma lúdica pelo educador aguçou a imaginação da turma. “Fiquei bem admirada com tudo. Foi fundamental pra mim aprender sobre finanças e sobre economizar dinheiro. Isso me trouxe criatividade e, também, o sonho de ter uma loja de doces”.

Na mesma unidade escolar, os discentes do 4° ano abraçaram produções artísticas do Nordeste para criar artesanatos e pinturas. Na loja concebida por eles, tudo é construído com cartolina, E.V.A e materiais recicláveis. “Para os alunos, é uma novidade trabalhar com produtos de venda. Acho fundamental, pois isso traz inúmeras ideias de profissão para a mente deles. O Aprender Mais cumpre bem com a função de estimular esse autoconhecimento”, considera a educadora Eliziane Carneiro, cuja carreira começou há quatro meses na Rede Municipal.

Se os projetos idealizados na Escola Municipal Irmã Simas ganharão o mundo, só o tempo poderá dizer. Mas, para a discente Iasmim Railany, de 11 anos, os estudos sobre educação financeira trouxeram o incentivo necessário “para a gente não ter medo dos nossos próprios sonhos”. “Ser empreendedor é colocar esses sonhos em prática!”, completa a estudante.

Empreendedorismo na escola

O projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) é uma iniciativa do Sebrae que funciona há 10 anos para contribuir com o desenvolvimento do ensino empreendedor no país. Na Rede Municipal, o projeto completa dois anos de realização. Tendo como pilar o protagonismo juvenil, o programa busca despertar e fortalecer o espírito empreendedor de alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. “Fortaleza é a capital com maior número de estudantes atendidos no projeto. Nosso propósito é desenvolver competências empreendedoras para que os alunos visualizem oportunidades e até ajudem as famílias. Por meio de metodologia ativa, eles desenvolvem habilidades que são importantes para o futuro”, frisa Mônica Arruda, gestora do programa Educação Empreendedora do Sebrae.

A parceria possibilita também a formação de coordenadores e monitores voluntários e acompanhamento para o desenvolvimento do projeto. O gerente da célula de tempo integral da Rede Municipal, Gildazio Rodrigues, explica que o projeto faz parte do Aprender Mais, um dos Programas de Fortalecimento da Aprendizagem da Rede de Ensino, e também desenvolvido na ETIs. “O programa é aplicado no contraturno escolar dos nossos estudantes. O objetivo da Rede é incentivar o espírito empreendedor e a orientação para os negócios nas novas gerações, além de proporcionar uma cultura de cooperação, inovação e protagonismo juvenil”, pontua.

Publicado em Educação

Uma narrativa de reconhecimento ao desempenho docente na sala de aula. Assim pode ser definido o livro “Professor Autor: Fazendo História… Trocando Figurinhas”, que será lançado pela Secretaria Municipal da Educação (SME), nesta quinta-feira (27/10), às 14h30, no Centro de Eventos do Ceará. A publicação, lançada anualmente pela Rede Municipal de Ensino, seleciona práticas inovadoras realizadas nas unidades escolares.

Comprometido com o protagonismo dos educadores, o lançamento integra a programação de encerramento do Festival Outubro Docente, iniciativa promovida pela Prefeitura de Fortaleza em celebração ao mês do professor. Ao jogar luz a projetos desenvolvidos por 61 profissionais, o livro reúne uma coletânea de textos com temáticas variadas, como educação financeira, ciência ambiental, desconstrução do machismo por meio da literatura, entre outros.

O Projeto “Professor Autor... Fazendo história, trocando figurinhas” é uma das ações de reconhecimento da Rede Municipal ao trabalho docente, prioridade da gestão do prefeito José Sarto. A iniciativa existe desde 2017 e tem por objetivo geral reconhecer o desempenho do professor que exercita o magistério de forma crítica, criando uma linha editorial para socialização das práticas docentes que contribuem para a melhoria das práticas pedagógicas.

Confira aqui a programação do último dia de evento (27/10)

Programação

No mesmo dia do lançamento do livro, os participantes do Festival Outubro Docente poderão assistir à palestra “Pode esperançar: é permitido sonhar!”, ministrada pelo poeta Bráulio Bessa, considerado um dos maiores ativistas da cultura nordestina.

Outras oficinas e palestras sobre diversidade, aprendizagem ativa e o protagonismo estudantil, desenvolvimento socioemocional, inclusão e criatividade compõem as atividades.

A programação conta ainda com os atendimentos de vacinação, da Coordenadoria de Gestão de Pessoas (Cogep) e da Coordenadoria Jurídica (Cojur) da SME; exposições; show de talentos e lançamento de publicações.

Festival Outubro Docente

O evento, iniciado na última sexta-feira (21/10), reúne trilhas de conteúdos que abordam temas atuais voltados à formação dos docentes do município. A pluralidade do festival está na diversidade e na simultaneidade das atividades ofertadas ao longo da semana, que incluem palestras, rodas de conversas, oficinas, exposições de arte e shows culturais.

 

Publicado em Educação
grupo de pessoas num palco
A ação deste ano traz como tema “A criança que brinca é mais feliz! O brincar livre, o não ao consumismo e à exposição precoce às mídias”

O talento das crianças das unidades municipais ganha ainda mais brilho com os holofotes do Cineteatro São Luiz. Nesta terça e quarta-feira (18 e 19/10), o equipamento cultural recebe o Festival de Protagonismo Infantil 2022, evento realizado pela Secretaria Municipal da Educação (SME), que reunirá 2.400 pequenos estudantes durante os dois dias de programação.

Em sua 4ª edição, o festival já se consolida na Rede Municipal como solenidade das práticas de protagonismo promovidas no dia a dia escolar. "Aqui é a culminância das atividades feitas nas unidades. Teremos, entre hoje e amanhã, 600 crianças por turno em apresentações de dança, teatro e arte. É um momento de celebração da proposta pedagógica, pois estimular e fortalecer o protagonismo na educação infantil faz parte da nossa diretriz curricular", destaca Jefferson Maia, secretário adjunto da Educação.

Envolvendo unidades escolares dos seis Distritos de Educação da capital, a ação deste ano traz como tema “A criança que brinca é mais feliz! O brincar livre, o não ao consumismo e à exposição precoce às mídias”, com uma reflexão sobre a importância do brincar para o pleno desenvolvimento infantil.

festival protagonismo
Festival leva para as crianças a oportunidade de conhecer um dos espaços de maior referência da cultura no estado

"O evento de hoje faz parte do Projeto Protagonismo Infantil, que acontece desde 2017 na nossa Rede. Em 2022, o tema é voltado para o brincar e o olhar cuidadoso que devemos ter com o consumismo e a exposição precoce às telas. Estamos trabalhando essa temática em diversas práticas desde o início do ano letivo e agora, em alusão ao mês das crianças, realizamos essas apresentações", explica Simone Calandrine, coordenadora da Educação Infantil da SME.

Somando-se a proposta da diretriz curricular, o Festival de Protagonismo Infantil leva para as crianças a oportunidade de conhecer um dos espaços de maior referência da cultura no estado.  O pequeno Enzo Miguel de apenas seis anos, por exemplo, estava maravilhado com as cortinas vermelhas do palco do São Luiz, considerado um dos mais belos cinemas do Brasil.

festival protagonismo
Programação artística envolve unidades escolares dos seis Distritos de Educação da capital

"As crianças ficaram ansiosas desde a saída da escola, vendo a cidade, até a chegada. Nos sentimos engrandecidas ao ver eles tão encantados com o local e ainda mais animados ao assistir seus coleguinhas. O Enzo é um exemplo do poder deste festival. Ele é uma experiência que vai para além da educação, eles guardam essa memória pra vida", finaliza emocionada Terezinha Lopes, professora de Enzo na EM Maria Dalva Severino Marreiro, no Jardim Iracema.

Protagonismo infantil
O protagonismo infantil é um projeto desenvolvido no cotidiano das unidades de Educação Infantil da Rede Municipal e compõe o planejamento pedagógico de cada docente que atua nesta etapa da educação básica. A iniciativa busca fortalecer a ideia de criança como pessoa potente, ativa, produtora de cultura, capaz de expressar interesses, preferências, anseios, desejos e sentimentos. Teve início em 2017, a partir da 1ª Mostra do Festival Protagonismo Infantil. Desde então, o projeto vem sendo ampliado e as ações pedagógicas fortalecidas - o que tem resultado na garantia dos direitos de aprendizagem e desenvolvimento dos bebês e crianças.

Publicado em Educação

O prefeito José Sarto anuncia, nesta sexta-feira (14/10), às 8h30, novas ações de valorização profissional e saúde voltadas para os docentes da Rede Municipal, em celebração ao Dia do Professor. O anúncio acontece durante a entrega da requalificação da Escola Municipal Imaculada Conceição, no Passaré. A unidade escolar, que foi totalmente requalificada, atende 296 alunos, do Infantil V ao 5º ano do Ensino Fundamental, nos turnos manhã e tarde.

Serviço
Anúncio de ações para os professores da Rede Municipal e entrega da Escola Municipal Imaculada Conceição
Data: 14/10 (sexta-feira)
Horário: 8h30
Endereço: Rua 1, 10 - Passaré

Publicado em Educação
Atividades de saúde e bem-estar na Academia do Professor
A programação inclui hidroginástica, aulas funcionais, jiu-jitsu e defesa pessoal

Saúde e mais bem-estar no cotidiano é o que busca oferecer a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Academia do Professor Darcy Ribeiro, a partir deste mês de setembro. O equipamento, administrado pela Secretaria Municipal da Educação (SME), abre inscrições para uma série de atividades que vai se iniciar no dia 5. A programação inclui hidroginástica, aulas funcionais, jiu-jitsu e defesa pessoal. Podem se inscrever e participar profissionais da educação de Fortaleza e público em geral.

Realizado em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), as atividades têm a finalidade de promover saúde e qualidade de vida dos profissionais da Rede Municipal e de todos que tiverem interesse em participar, além de proporcionar momentos de integração social. As vagas são limitadas e o preenchimento será feito conforme as inscrições, até esgotar o número total de cada turma.

Parceria
A partir deste mês de setembro, a Academia do Professor inicia parceria com o Projeto Saúde, Bombeiros e Sociedade, realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Ceará. A iniciativa nasceu em 2003 como uma ação voluntária do CBMCE, que surgiu com o objetivo de realizar atividades voltadas ao bem-estar, sobretudo, de pessoas idosas, por meio da prática de atividades físicas. Para as aulas do projeto que vão iniciar dia 5 de setembro, serão disponibilizadas 120 vagas para o público, divididas em duas turmas.

Academia do professor
Integrado à política de formação e valorização dos profissionais da Educação de Fortaleza, a Academia do Professor oferece um conjunto de serviços de formação e qualificação, além de assistência à saúde dirigida especialmente às necessidades dos profissionais. O equipamento contempla espaço cultural, auditório, piscina, ginásio poliesportivo, salas de aula, brinquedoteca, sala de inovação e biblioteca. Conheça mais no site.

Confira a programação:

Hidroginástica
Turma manhã: terças e quintas-feiras (6h às 7h20)
Turma tarde: terças e quintas-feiras (17h30 às 18h20)
Início: 6 de setembro
Nº de vagas: 30 alunos por turma
Inscreva-se aqui

Atividade funcional (Programa Saúde, Bombeiros e Sociedade)
Turma manhã: segundas e quartas-feiras (6h às 7h20)
Turma tarde: segundas e quartas-feiras (17h30 às 18h20)
Inscreva-se aqui

Jiu-jitsu e defesa pessoal
Turma única: segundas e quartas-feiras (17h às 18h30)
Importante: Cada participante deve utilizar roupas apropriadas para a atividade escolhida. (ex: roupas de banho, tênis/roupas que facilitem movimentos).  
Inscreva-se aqui

Ficou interessado? Preencha o formulário acima e garanta já a sua vaga!

Serviço:
Atividades de saúde e bem-estar na Academia do Professor Darcy Ribeiro
Data: mês de setembro
Local: Rua Dona Leopoldina, 907 - Centro
Inscrições nos links acima
Acompanhe as demais programações: https://academia.sme.fortaleza.ce.gov.br/

Publicado em Educação
Seminário da Educação Infantil

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), realizará, na próxima terça-feira (30/08), o Seminário da Educação Infantil, no Centro de Eventos do Ceará. Voltado para os profissionais da Educação Infantil da Rede de Ensino, o evento visa oportunizar espaços de reflexão acerca das práticas curriculares.

Com a temática "A criança que brinca é mais feliz!  O brincar livre, o não ao consumismo e a exposição precoce às mídias", o seminário contará com participação de especialistas que discutirão o tema a partir dos direitos de desenvolvimento e aprendizagem dos bebês e crianças. A programação incluirá as palestras: "A criança, o brincar e a natureza: qual o papel da educação infantil?", com Dra. Léa Tiriba; "O impacto do consumismo e da exposição precoce às mídias no desenvolvimento infantil", apresentado pela Dra. Rosa Mariotto ; e "A criança que brinca é mais feliz: O papel revolucionário dos profissionais da educação infantil", com Dra. Mônica Appezzato Pinazza.

Durante a agenda no Centro de Eventos, os participantes ainda irão conferir o lançamento da “Proposta Curricular para a Educação Infantil da Rede Municipal”; documento “Aprendizagem e Desenvolvimento Socioemocional na Educação Infantil”; e o livro “Os bebês no cotidiano da educação infantil: orientações para práticas pedagógicas da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza".

Para participar do evento é necessário que os profissionais dos Centros de Educação Infantil, creches parceiras e escolas da Rede Municipal efetuem a inscrição prévia no link.

Serviço
Seminário da Educação Infantil
Data:  30/08 (terça-feira)
Horário: 8h às 17h
Local: Centro de Eventos - Salão Pecém
Inscrições: link

Publicado em Educação
I Seminário Municipal em Diversidade e Inclusão

A Prefeitura de Fortaleza promoverá, nos próximos dias 24 e 25 de agosto, o I Seminário Municipal em Diversidade e Inclusão: escola que acolhe, no Centro de Eventos do Ceará. Cerca de oito mil profissionais que atuam na Rede Municipal de Ensino devem participar nos dois dias de programação. A agenda do evento inclui palestras, mesas temáticas, atrações culturais e relatos de superação e resiliência de alunos, familiares e professores das unidades escolares.

O seminário nasce com o intuito de proporcionar à comunidade escolar momentos de reflexão acerca dos desafios da educação inclusiva na contemporaneidade. Com isso, a Rede Municipal vem oportunizar espaços de discussão que fortaleçam as práticas pedagógicas e atendam às necessidades dos profissionais e estudantes. A iniciativa envolve todos que integram o sistema escolar municipal na busca por uma educação de qualidade e equidade.

A programação geral do evento conta com a apresentação da atriz e poetisa Elisa Lucinda, com a palestra magna "Palavra é Poder”; mesa de debate com tema “Caminhos para a Construção da Escola Inclusiva” com as especialistas Sumika Soares (UFES), Rita Magalhães (UFRN) e Juliana Santana (UECE); palestra sobre “Equidade na Perspectiva da Diversidade e Inclusão”, com Francisco Soares, professor da UFMG; mesa temática “Inclusão Escolar: responsabilidade de todes” com Lilianne Dantas (UFC); Alessandra Wajnsztejn (FMABC) e Ângelo Oliveira (IFCE), além de apresentações musicais, exposições de arte, dentre outras atrações.

Inscrições

Para se inscrever, os professores, assistentes da educação infantil, coordenadores pedagógicos, diretores e orientadores educacionais, lotados em escolas e Centros de Educação Infantil, deverão acessar o link e fazer a opção por um dos dias para participarem.

Importante destacar que a programação será a mesma para os dois dias do seminário. Assim, a cada dia o evento receberá cerca de 4 mil profissionais.

Educação Inclusiva em Fortaleza

Fortaleza é destaque na edição do Censo Escolar 2021, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), sendo a 3ª capital do Brasil em matrículas na Educação Inclusiva e a 1ª do Norte e Nordeste. Atualmente, a Rede Municipal conta com 10.149 alunos matriculados.

Atendimento Educacional Especializado

Os alunos com deficiência matriculados na Rede de Ensino contam com Atendimento Educacional Especializado (AEE), no contraturno, seja nas 236 Salas de Recursos Multifuncionais (SRM), em instituições conveniadas à Prefeitura, ou por meio de práticas pedagógicas inclusivas em sala de aula comum. Além disso, dispõe de 456 profissionais de apoio escolar que realizam acompanhamento desses alunos e mais 569 assistentes de inclusão escolar, profissionais novos que estão atuando na modalidade neste ano letivo de 2022.

Na Rede Municipal, estudantes com deficiência, Transtorno do Espectro Autista (TEA) e com altas habilidades ou superdotação têm pleno acesso à educação no âmbito da escola comum. A fim de garantir o direito inalienável à educação para todos, a Prefeitura organiza diferentes ações que englobam a implementação e a oferta de serviços para a Educação Inclusiva.

Serviço:
I Seminário Municipal em Diversidade e Inclusão: escola que acolhe
Data: 24 e 25/08 (quarta e quinta-feira)
Horário: 7h30 às 17h30
Local: Centro de Eventos do Ceará. Av. Washington Soares, 999 - Edson Queiroz
Link das inscrições

Publicado em Educação
Página 1 de 21