24 de setembro de 2021 em Saúde

Setembro Verde do IJF celebra a importância do transplante de órgãos com encontro de famílias doadoras

Hospital da rede de emergência da Prefeitura de Fortaleza foi responsável por mais de 50% dos órgãos e tecidos disponibilizados para transplante no Ceará


Na próxima segunda-feira (27/9), Dia Nacional do Doador de Órgãos, o Instituto Doutor José Frota (IJF), unidade da rede de emergência em saúde da Prefeitura de Fortaleza, promove a 9ª Edição do Encontro das Famílias Doadoras, nos jardins do Centro Cultural Casa Barão de Camocim, com a participação de pais, filhos e irmãos de doadores, jovens e adultos que aguardam nas filas de espera por um novo órgão e ainda pacientes já beneficiados com o transplante, além de profissionais da saúde envolvidos nos processos. O momento será de agradecimento, valorização da solidariedade e celebração à vida.

A programação conta com homenagens, ato ecumênico e apresentação musical do trio formado por Lara Cavalcanta, Tiago Paiva e Samuca Ribeiro, que se conheceram durante sessões de hemodiálise e aguardam juntos pela oportunidade do transplante renal. Observando as medidas sanitárias para redução dos riscos de infecção por Covid-19, o acesso ao local será restrito aos convidados.

Referência regional na assistência às vítimas de traumas de alta complexidade, o IJF também é destaque em todo o País por sua colaboração junto ao Sistema Nacional de Transplantes (SNT), sendo responsável por 50% dos órgãos doados aos pacientes nas filas de espera no Ceará durante o ano de 2020, mesmo em meio à crise sanitária causada pela pandemia de Covid-19.

No último mês de agosto, mais de 90% das famílias atendidas pela Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT/IJF) autorizaram os procedimentos, sendo esse um dos índices mais positivos entre todas as instituições que atuam na área em todo o Brasil.

Para esclarecer as dúvidas sobre o processo, fortalecer a importância da solidariedade da população, agradecer a atitude das centenas de famílias doadoras e valorizar a atuação dos profissionais de diversas especialidades que colaboram para o sucesso dos transplantes, durante todo este mês é celebrado o Setembro Verde de Incentivo à Doação de Órgãos e Tecidos. No hospital já foram realizadas palestras, cursos, a distribuição de material informativo e a iluminação especial da fachada do prédio.

As ações são coordenadas pelos membros da CIHDOTT/IJF, que também são responsáveis pelo acompanhamento dos protocolos internos para a captação de órgãos e tecidos para transplante, com a identificação de potenciais doadores e acolhimento das famílias que recebem a comunicação da morte de seus parentes e são apresentadas à possibilidade da doação.

O posicionamento claro, seguro e, sobretudo, sensível e empático dos profissionais do setor tem reflexo direto no alto índice de aceitação do procedimento, sendo replicado como exemplo em várias outras instituições do País. No entanto, a decisão mais assertiva vem do próprio doador ainda em vida, comunicando a sua família o seu desejo em salvar vidas caso seja possível. Daí a importância da conscientização e de uma conversa aberta sobre o assunto entre pais, filhos e avós.

Serviço:
9ª Edição do Encontro das Famílias Doadoras do IJF
Data: 27/09 (segunda-feira)
Horário: das 08h às 11h
Local: Centro Cultural Casa Barão de Camocim  (R. Gen. Sampaio, 1632 - Centro)

Setembro Verde do IJF celebra a importância do transplante de órgãos com encontro de famílias doadoras

Hospital da rede de emergência da Prefeitura de Fortaleza foi responsável por mais de 50% dos órgãos e tecidos disponibilizados para transplante no Ceará

Na próxima segunda-feira (27/9), Dia Nacional do Doador de Órgãos, o Instituto Doutor José Frota (IJF), unidade da rede de emergência em saúde da Prefeitura de Fortaleza, promove a 9ª Edição do Encontro das Famílias Doadoras, nos jardins do Centro Cultural Casa Barão de Camocim, com a participação de pais, filhos e irmãos de doadores, jovens e adultos que aguardam nas filas de espera por um novo órgão e ainda pacientes já beneficiados com o transplante, além de profissionais da saúde envolvidos nos processos. O momento será de agradecimento, valorização da solidariedade e celebração à vida.

A programação conta com homenagens, ato ecumênico e apresentação musical do trio formado por Lara Cavalcanta, Tiago Paiva e Samuca Ribeiro, que se conheceram durante sessões de hemodiálise e aguardam juntos pela oportunidade do transplante renal. Observando as medidas sanitárias para redução dos riscos de infecção por Covid-19, o acesso ao local será restrito aos convidados.

Referência regional na assistência às vítimas de traumas de alta complexidade, o IJF também é destaque em todo o País por sua colaboração junto ao Sistema Nacional de Transplantes (SNT), sendo responsável por 50% dos órgãos doados aos pacientes nas filas de espera no Ceará durante o ano de 2020, mesmo em meio à crise sanitária causada pela pandemia de Covid-19.

No último mês de agosto, mais de 90% das famílias atendidas pela Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT/IJF) autorizaram os procedimentos, sendo esse um dos índices mais positivos entre todas as instituições que atuam na área em todo o Brasil.

Para esclarecer as dúvidas sobre o processo, fortalecer a importância da solidariedade da população, agradecer a atitude das centenas de famílias doadoras e valorizar a atuação dos profissionais de diversas especialidades que colaboram para o sucesso dos transplantes, durante todo este mês é celebrado o Setembro Verde de Incentivo à Doação de Órgãos e Tecidos. No hospital já foram realizadas palestras, cursos, a distribuição de material informativo e a iluminação especial da fachada do prédio.

As ações são coordenadas pelos membros da CIHDOTT/IJF, que também são responsáveis pelo acompanhamento dos protocolos internos para a captação de órgãos e tecidos para transplante, com a identificação de potenciais doadores e acolhimento das famílias que recebem a comunicação da morte de seus parentes e são apresentadas à possibilidade da doação.

O posicionamento claro, seguro e, sobretudo, sensível e empático dos profissionais do setor tem reflexo direto no alto índice de aceitação do procedimento, sendo replicado como exemplo em várias outras instituições do País. No entanto, a decisão mais assertiva vem do próprio doador ainda em vida, comunicando a sua família o seu desejo em salvar vidas caso seja possível. Daí a importância da conscientização e de uma conversa aberta sobre o assunto entre pais, filhos e avós.

Serviço:
9ª Edição do Encontro das Famílias Doadoras do IJF
Data: 27/09 (segunda-feira)
Horário: das 08h às 11h
Local: Centro Cultural Casa Barão de Camocim  (R. Gen. Sampaio, 1632 - Centro)