19 de novembro de 2019 em Cultura

Teatro São José recebe festival internacional de videomapping

Instalações, performances audiovisuais e shows gratuitos compõem a programação da primeira edição do evento


Fachada do Teatro São José em um dia de céu azul e ensolarado
Extensa programação gratuita se estende por equipamentos e espaços públicos, como Teatro São José, Praça do Cristo Redentor, Ponte Velha e Escola Porto Iracema das Artes (Foto: Thiago Matine)

O Teatro São José recebe, de quinta-feira a sábado (21 a 23/11), o evento Abstrata – Festival Internacional de Videomapping. Com extensa programação gratuita, que se estende ainda a outros espaços, como a Praça do Cristo Redentor, a Ponte Velha e a Escola Porto Iracema das Artes, o festival oferece ao público projeções de imagens, palestras e oficinas sobre a técnica, instalações, performances audiovisuais e shows com artistas que dialogam com o conceito do evento.

“Nos propomos a ser um festival dos ruídos, da experimentação audiovisual, de inspiração criativa, dos rastros que reverberam na improvisação artística em tempo real, da interação abstrata que surge na relação entre luz, espaço, forma e superfície. Composto por propostas artísticas, científicas e experimentais, o festival se coloca como um apoiador da inovação e do conhecimento artístico audiovisual para a cidade de Fortaleza, a exemplo do que já acontece em diversas cidades do mundo’’, explica Valentino Kmentt, idealizador e diretor do festival, um dos pioneiros nas práticas e no desenvolvimento da técnica de videomapping em Fortaleza.

No Teatro São José e na Praça Cristo Redentor, a programação tem início sempre a partir das 19h e vai até meia-noite, exceto no sábado (23/11), que inicia às 18h, com edição especial do projeto “Musicando Fortaleza”, que contará com a Camerata de Cordas da Universidade Federal do Ceará (UFC) e apresentação de espetáculo musical e audiovisual a partir das trilhas sonoras do Studio Ghibli, estúdio de animação japonês responsável por filmes como “A Viagem de Chihiro”, “Castelo Animado” e “Meu Amigo Totoro”.

Além de artistas cearenses com representatividade nas cenas contemporâneas local, regional, nacional e internacional, o evento conta ainda com artistas de outros estados e de outros países. Participarão das projeções em videomapping na fachada do Teatro São José os artistas Caio Fazolin (SP), VJ Spetto (SP), VJ Eletroiman (ESP) e Misteria Mapping (CE). Já as instalações, na Praça Cristo Redentor e no Teatro São José, serão montadas somente por cearenses: Alexandre Veras com Beatriz Furtado, David da Paz, Eric Barbosa, Gabura, Naná Blue, Sergio Gurgel, Nárcelio Grud, Vitor Grilo e VJ Ivna Lundgren.

O palco do Teatro São José será ainda espaço das performances audiovisuais e shows musicais. A banda pós-punk gótica Plastique Noir (CE) recebe a VJ Ivna Lundgren (CE) e, juntos, fazem o show de abertura, na quinta-feira (21/11). Na sexta-feira (22/11), o show ficará por conta do VJ Craca (SP). Já no sábado (23/11), show com a compositora e artista visual Luiza Lian (SP), acompanhado de projeção mapeada coletiva criada por vários artistas do videomapping, encerra o festival, na Ponte Velha. Confira a programação também nos perfis do evento no Facebook e no Instagram.

O Abstrata – Festival Internacional de Videomapping tem apoio da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza (Secultfor), uma realização de Misteria Mapping e patrocínio da Budweiser / Ambev. O festival ainda conta com apoio cultural da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE), a partir do IX Edital Mecenas do Ceará, além de apoio da Companhia de Gás do Ceará (Cegás).

Videomapping
Também chamado de “projeção mapeada”, videomapping é a técnica de projetar imagens especialmente pensadas para uma superfície específica. O videomapping precisa de verdadeiras esculturas, de preferência compostas por objetos ou superfícies irregulares, para receber a projeção. Com um software de videomapping conectado no projetor, é possível recortar o feixe de luz projetado na superfície e, assim, fazer o mapeamento da superfície e a projeção específica na área desejada. A introdução da perspectiva na projeção permite que a imagem encaixe perfeitamente no objeto que a recebe. Desse modo, o videomapping tem a capacidade de transformar qualquer superfície numa tela de projeção.

Programação
Quinta-feira (21/11)
- 14h a 17h30: Oficina Videomapping, com VJ Optika (COL), no Porto Iracema das Artes
- 18h30 a 19h30: Palestra de Caio Fazolin (SP) e VJ Eletroiman (ESP), no Porto Iracema das Artes
- 19h a 22h: Instalações de Alexandre Veras (CE) e Beatriz Furtado (CE), Narcélio Grud (CE), Vitor Grilo (CE), David da Paz (CE), Eric Barbosa (CE), Sergio Gurgel (CE), Naná Blue (CE), Gabura (CE), VJ Ivna Lundgren (CE), na Praça Cristo Redentor e no Teatro São José
- 20h a 21h: Videomapping com VJ Spetto (SP), Videomapping Coletivo, com Misteria Mapping, SEPASSANDO rec e Acorde Multimídia (CE), na fachada do Teatro São José
- 20h30 a 23h30: Performances Audiovisuais de Ivan Timbó (CE) e Kauê Lima (PA), Media Sana (PE), David da Paz (CE), URO & Arquelano (CE) e Misteria (CE), no palco do Teatro São José
- 23h a 0h: Show de abertura, com Banda Plastique Noir (CE) e VJ Ivna Lundgren (CE), palco do Teatro São José

Sexta-feira (22/11)
- 14h a 17h30: Oficina Videomapping, com VJ Optika (COL), no Porto Iracema das Artes
- 18h30 a 20h: Palestra de Alexandre Veras (CE), no Porto Iracema das Artes
- 19h às 22h: Instalações de Alexandre Veras (CE) e Beatriz Furtado (CE), Narcélio Grud (CE), Vitor Grilo (CE), David da Paz (CE), Eric Barbosa (CE), Sergio Gurgel (CE), Naná Blue (CE), Gabura (CE) e VJ Ivna Lundgren (CE)
- 20h30 a 23h: Performances Audiovisuais de Dimitri Lomaco (CE), Media Sana (PE), e Wide Open Mind (CE) com Optika (Colômbia), no palco do Teatro São José
- 20h a 22h: Videomapping de Caio Fazolin (SP), na fachada do Teatro São José
- 22h a 0h: VJ Craca (SP), no palco do Teatro São José

Sábado (23/11)
- 18h a 22h15: Performances Audiovisuais de Camerata de Cordas da UFC (CE), Thaís de Campos (CE), Dronedeus (CE) e Vitor Grilo (CE), e Eric Barbosa (CE) com Gabura (CE), no palco Teatro São José
- 19h a 22h: Instalações de Alexandre Veras (CE) e Beatriz Furtado (CE), Narcélio Grud (CE), Vitor Grilo (CE), David da Paz (CE), Eric Barbosa (CE), Sergio Gurgel (CE), Naná Blue (CE), Gabura (CE) e VJ Ivna Lundgren (CE)
- 22h a 23h: Videomapping de Eletroiman (ESP), na fachada do Teatro São José
- 23h a 1h: Show de encerramento, com Luiza Lian (SP) e videomapping coletivo, Ponte Velha (Poço da Draga / Praia de Iracema)

Serviço
Abstrata Festival Internacional de Videomapping
Inscrições para oficinas e palestras: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Data: Quinta, sexta e sábado (21, 22 e 23/11)
Hora: Ver programação detalhada em https://www.facebook.com/festival.abstrata
Locais: Teatro São José, Praça Cristo Redentor, Ponte Velha (Praia de Iracema) e Escola Porto Iracema das Artes
Mais Informações: (85) 98695-1944 / (85) 99621-9700
Gratuito

Teatro São José recebe festival internacional de videomapping

Instalações, performances audiovisuais e shows gratuitos compõem a programação da primeira edição do evento

Fachada do Teatro São José em um dia de céu azul e ensolarado
Extensa programação gratuita se estende por equipamentos e espaços públicos, como Teatro São José, Praça do Cristo Redentor, Ponte Velha e Escola Porto Iracema das Artes (Foto: Thiago Matine)

O Teatro São José recebe, de quinta-feira a sábado (21 a 23/11), o evento Abstrata – Festival Internacional de Videomapping. Com extensa programação gratuita, que se estende ainda a outros espaços, como a Praça do Cristo Redentor, a Ponte Velha e a Escola Porto Iracema das Artes, o festival oferece ao público projeções de imagens, palestras e oficinas sobre a técnica, instalações, performances audiovisuais e shows com artistas que dialogam com o conceito do evento.

“Nos propomos a ser um festival dos ruídos, da experimentação audiovisual, de inspiração criativa, dos rastros que reverberam na improvisação artística em tempo real, da interação abstrata que surge na relação entre luz, espaço, forma e superfície. Composto por propostas artísticas, científicas e experimentais, o festival se coloca como um apoiador da inovação e do conhecimento artístico audiovisual para a cidade de Fortaleza, a exemplo do que já acontece em diversas cidades do mundo’’, explica Valentino Kmentt, idealizador e diretor do festival, um dos pioneiros nas práticas e no desenvolvimento da técnica de videomapping em Fortaleza.

No Teatro São José e na Praça Cristo Redentor, a programação tem início sempre a partir das 19h e vai até meia-noite, exceto no sábado (23/11), que inicia às 18h, com edição especial do projeto “Musicando Fortaleza”, que contará com a Camerata de Cordas da Universidade Federal do Ceará (UFC) e apresentação de espetáculo musical e audiovisual a partir das trilhas sonoras do Studio Ghibli, estúdio de animação japonês responsável por filmes como “A Viagem de Chihiro”, “Castelo Animado” e “Meu Amigo Totoro”.

Além de artistas cearenses com representatividade nas cenas contemporâneas local, regional, nacional e internacional, o evento conta ainda com artistas de outros estados e de outros países. Participarão das projeções em videomapping na fachada do Teatro São José os artistas Caio Fazolin (SP), VJ Spetto (SP), VJ Eletroiman (ESP) e Misteria Mapping (CE). Já as instalações, na Praça Cristo Redentor e no Teatro São José, serão montadas somente por cearenses: Alexandre Veras com Beatriz Furtado, David da Paz, Eric Barbosa, Gabura, Naná Blue, Sergio Gurgel, Nárcelio Grud, Vitor Grilo e VJ Ivna Lundgren.

O palco do Teatro São José será ainda espaço das performances audiovisuais e shows musicais. A banda pós-punk gótica Plastique Noir (CE) recebe a VJ Ivna Lundgren (CE) e, juntos, fazem o show de abertura, na quinta-feira (21/11). Na sexta-feira (22/11), o show ficará por conta do VJ Craca (SP). Já no sábado (23/11), show com a compositora e artista visual Luiza Lian (SP), acompanhado de projeção mapeada coletiva criada por vários artistas do videomapping, encerra o festival, na Ponte Velha. Confira a programação também nos perfis do evento no Facebook e no Instagram.

O Abstrata – Festival Internacional de Videomapping tem apoio da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza (Secultfor), uma realização de Misteria Mapping e patrocínio da Budweiser / Ambev. O festival ainda conta com apoio cultural da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE), a partir do IX Edital Mecenas do Ceará, além de apoio da Companhia de Gás do Ceará (Cegás).

Videomapping
Também chamado de “projeção mapeada”, videomapping é a técnica de projetar imagens especialmente pensadas para uma superfície específica. O videomapping precisa de verdadeiras esculturas, de preferência compostas por objetos ou superfícies irregulares, para receber a projeção. Com um software de videomapping conectado no projetor, é possível recortar o feixe de luz projetado na superfície e, assim, fazer o mapeamento da superfície e a projeção específica na área desejada. A introdução da perspectiva na projeção permite que a imagem encaixe perfeitamente no objeto que a recebe. Desse modo, o videomapping tem a capacidade de transformar qualquer superfície numa tela de projeção.

Programação
Quinta-feira (21/11)
- 14h a 17h30: Oficina Videomapping, com VJ Optika (COL), no Porto Iracema das Artes
- 18h30 a 19h30: Palestra de Caio Fazolin (SP) e VJ Eletroiman (ESP), no Porto Iracema das Artes
- 19h a 22h: Instalações de Alexandre Veras (CE) e Beatriz Furtado (CE), Narcélio Grud (CE), Vitor Grilo (CE), David da Paz (CE), Eric Barbosa (CE), Sergio Gurgel (CE), Naná Blue (CE), Gabura (CE), VJ Ivna Lundgren (CE), na Praça Cristo Redentor e no Teatro São José
- 20h a 21h: Videomapping com VJ Spetto (SP), Videomapping Coletivo, com Misteria Mapping, SEPASSANDO rec e Acorde Multimídia (CE), na fachada do Teatro São José
- 20h30 a 23h30: Performances Audiovisuais de Ivan Timbó (CE) e Kauê Lima (PA), Media Sana (PE), David da Paz (CE), URO & Arquelano (CE) e Misteria (CE), no palco do Teatro São José
- 23h a 0h: Show de abertura, com Banda Plastique Noir (CE) e VJ Ivna Lundgren (CE), palco do Teatro São José

Sexta-feira (22/11)
- 14h a 17h30: Oficina Videomapping, com VJ Optika (COL), no Porto Iracema das Artes
- 18h30 a 20h: Palestra de Alexandre Veras (CE), no Porto Iracema das Artes
- 19h às 22h: Instalações de Alexandre Veras (CE) e Beatriz Furtado (CE), Narcélio Grud (CE), Vitor Grilo (CE), David da Paz (CE), Eric Barbosa (CE), Sergio Gurgel (CE), Naná Blue (CE), Gabura (CE) e VJ Ivna Lundgren (CE)
- 20h30 a 23h: Performances Audiovisuais de Dimitri Lomaco (CE), Media Sana (PE), e Wide Open Mind (CE) com Optika (Colômbia), no palco do Teatro São José
- 20h a 22h: Videomapping de Caio Fazolin (SP), na fachada do Teatro São José
- 22h a 0h: VJ Craca (SP), no palco do Teatro São José

Sábado (23/11)
- 18h a 22h15: Performances Audiovisuais de Camerata de Cordas da UFC (CE), Thaís de Campos (CE), Dronedeus (CE) e Vitor Grilo (CE), e Eric Barbosa (CE) com Gabura (CE), no palco Teatro São José
- 19h a 22h: Instalações de Alexandre Veras (CE) e Beatriz Furtado (CE), Narcélio Grud (CE), Vitor Grilo (CE), David da Paz (CE), Eric Barbosa (CE), Sergio Gurgel (CE), Naná Blue (CE), Gabura (CE) e VJ Ivna Lundgren (CE)
- 22h a 23h: Videomapping de Eletroiman (ESP), na fachada do Teatro São José
- 23h a 1h: Show de encerramento, com Luiza Lian (SP) e videomapping coletivo, Ponte Velha (Poço da Draga / Praia de Iracema)

Serviço
Abstrata Festival Internacional de Videomapping
Inscrições para oficinas e palestras: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Data: Quinta, sexta e sábado (21, 22 e 23/11)
Hora: Ver programação detalhada em https://www.facebook.com/festival.abstrata
Locais: Teatro São José, Praça Cristo Redentor, Ponte Velha (Praia de Iracema) e Escola Porto Iracema das Artes
Mais Informações: (85) 98695-1944 / (85) 99621-9700
Gratuito