25 de setembro de 2019 em Controladoria e Ouvidoria

XV Encontro Nacional de Controle Interno acontece em Fortaleza

O evento discutiu a importância do controle interno para uma boa governância pública


interior de um auditório
Evento ocorreu no Auditório João Frederico Ferreira Gomes, na Assembleia Legislativa

A abertura do Encontro Nacional de Controle Interno aconteceu na manhã desta quarta-feira (25/09), no Auditório João Frederico Ferreira Gomes, na Assembleia Legislativa. Promovido pelo Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Controladoria e Ouvidoria Geral do Município (CGM), o evento teve como tema central “O Controle Interno como Instrumento de Aperfeiçoamento da Governança Pública". A secretária-chefe da CGM Fortaleza, Luciana Lobo, que representou o prefeito Roberto Cláudio, reforçou a importância do controle interno na Prefeitura de Fortaleza. "Ajudamos transversalmente todas as políticas públicas realizadas na Prefeitura de Fortaleza. Nós auditamos atualmente 56% de todos os gastos. Temos também a rede de controle interno da administração pública. Nos reunimos mensalmente com todos os órgãos da prefeitura para debater temas e definir diretrizes do funcionamento do tema dentro da prefeitura", explicou.

O evento foi um momento para troca de experiências com o Conselho Nacional, que exerce um papel mobilizador, ao promover sistemas de controle para a construção de gestões públicas eficientes e acertivas. O órgão vem prestando apoio aos municípios brasileiros que queiram aderir ao método para exercer este controle. Uma forma de governar com clareza e transparência, oferecendo mais confiança ao cidadão, como explicou o presidente do Conaci, Leonardo Ferraz. "O Conaci tem o papel de ser uma instituição de harmonização das boas práticas de controle no Brasil. É quem consegue padronizar procedimentos, difundir boas práticas e normatizar questões envolvendo a atuação do controle interno no país, fortalecendo e aperfeiçoando este controle", disse.

O encontro nacional contou também com a presença do Ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário. O órgão promove atividades relacionadas ao incremento da transparência da gestão. O ministro destacou a importância do conselho nacional para integrar os municípios brasileiros. " O Conaci surgiu como uma instituição importante na agregação desses órgãos de controle porque nós temos quase 5.600 municípios, 26 estados e temos ainda os orgãos de controle interno que estão dentro das empresas públicas. Então, a gente vem procurando integrar e dar a nossa contribuição com o desenvolvimento de sistemas, compartilhando as ideias que estamos desenvolvendo lá e o Conaci tem sido muito importante nesse processo", afirmou.

XV Encontro Nacional de Controle Interno acontece em Fortaleza

O evento discutiu a importância do controle interno para uma boa governância pública

interior de um auditório
Evento ocorreu no Auditório João Frederico Ferreira Gomes, na Assembleia Legislativa

A abertura do Encontro Nacional de Controle Interno aconteceu na manhã desta quarta-feira (25/09), no Auditório João Frederico Ferreira Gomes, na Assembleia Legislativa. Promovido pelo Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Controladoria e Ouvidoria Geral do Município (CGM), o evento teve como tema central “O Controle Interno como Instrumento de Aperfeiçoamento da Governança Pública". A secretária-chefe da CGM Fortaleza, Luciana Lobo, que representou o prefeito Roberto Cláudio, reforçou a importância do controle interno na Prefeitura de Fortaleza. "Ajudamos transversalmente todas as políticas públicas realizadas na Prefeitura de Fortaleza. Nós auditamos atualmente 56% de todos os gastos. Temos também a rede de controle interno da administração pública. Nos reunimos mensalmente com todos os órgãos da prefeitura para debater temas e definir diretrizes do funcionamento do tema dentro da prefeitura", explicou.

O evento foi um momento para troca de experiências com o Conselho Nacional, que exerce um papel mobilizador, ao promover sistemas de controle para a construção de gestões públicas eficientes e acertivas. O órgão vem prestando apoio aos municípios brasileiros que queiram aderir ao método para exercer este controle. Uma forma de governar com clareza e transparência, oferecendo mais confiança ao cidadão, como explicou o presidente do Conaci, Leonardo Ferraz. "O Conaci tem o papel de ser uma instituição de harmonização das boas práticas de controle no Brasil. É quem consegue padronizar procedimentos, difundir boas práticas e normatizar questões envolvendo a atuação do controle interno no país, fortalecendo e aperfeiçoando este controle", disse.

O encontro nacional contou também com a presença do Ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário. O órgão promove atividades relacionadas ao incremento da transparência da gestão. O ministro destacou a importância do conselho nacional para integrar os municípios brasileiros. " O Conaci surgiu como uma instituição importante na agregação desses órgãos de controle porque nós temos quase 5.600 municípios, 26 estados e temos ainda os orgãos de controle interno que estão dentro das empresas públicas. Então, a gente vem procurando integrar e dar a nossa contribuição com o desenvolvimento de sistemas, compartilhando as ideias que estamos desenvolvendo lá e o Conaci tem sido muito importante nesse processo", afirmou.