08 de outubro de 2019 em Educação

Aluna da Rede Municipal conquista ouro em campeonato nacional de ginástica rítmica

Raquel Rebouças foi a única ginasta cearense de escola pública no evento


Raquel Rebouças
Raquel Rebouças coleciona medalhas e, desta vez, conquista título inédito

A aluna Raquel Rebouças, da Escola Municipal Dom Aloísio Lorscheider, localizada na Praia do Futuro (Distrito 2), tornou-se a primeira cearense a conquistar o campeonato brasileiro no aparelho corda, durante o Campeonato Brasileiro Caixa de Ginástica Rítmica Pré-Infantil e Juvenil. A competição, realizada pela Confederação Brasileira de Ginástica, ocorreu entre os dias 02 e 06 de outubro, em Brasília (DF). A atleta foi a única ginasta cearense de escola pública no evento.

A atleta conta com o apoio da Secretaria Municipal da Educação, por meio do Projeto “Sonho em Movimento”, uma das ações desenvolvidas pelo Núcleo de Esporte da Célula de Inovação Educacional da SME. As alunas participantes da iniciativa, na Escola Municipal Dom Aloísio Lorscheider, na Praia do Futuro, são treinadas pela professora Jordana Carneiro.

A jovem treina ginástica há sete anos no projeto e recebe da SME suporte (financeiro e de treinamento, incluindo acompanhamento especializado) para treinar e participar desta e de outras competições. Em sua rotina esportiva, Raquel também é motivada pela família, técnica e amigos. “A rotina é bem intensa e exaustiva, pois treino todos os dias no contraturno escolar. Então, todos os resultados que obtive serviram para que eu não desistisse dos meus sonhos. Minha família é uma fonte inspiradora, assim penso que todo esforço é válido para mostrar para eles que eu sou capaz de ir além dos meus limites. Encontro motivação também na minha técnica, professores e amigos. Acredito que posso chegar na olimpíada mundial e entrar na seleção brasileira”, aposta.

Para a professora da Rede Municipal e treinadora Jordana Carneiro, o resultado é único e representa não só para a Raquel, mas para todo o estado um momento ímpar na história da ginástica rítmica do Ceará. “Este título vai abrir também muitas portas para outros alunos que encontram na Raquel a verdadeira inspiração", comenta.

Esta não é a primeira vez que Raquel se classifica em um evento esportivo de abrangência nacional. Em 2018, conquistou o 6° lugar geral no aparelho maças, garantindo, até então, a melhor classificação do Ceará na sua categoria no Campeonato Brasileiro Caixa de Ginástica Rítmica. Também foi campeã geral nas maças, na bola e no individual geral na fase estadual dos Jogos Escolares 2018, entre outras premiações.

No final deste mês de outubro, a atleta irá participar de mais uma competição, o campeonato cearense, onde ela já possui o titulo de pentacampeã. Raquel também está treinando para a etapa nacional dos Jogos Escolares, que ocorrerá entre os dias 26 e 30 de novembro, em Blumenau (SC).

O Campeonato Brasileiro Caixa de Ginástica Rítmica Pré-Infantil e Juvenil contou com a participação de equipes de 13 estados do país, sendo representadas por 42 atletas na categoria Pré-Infantil, 33 no Juvenil 1 e 49 em Juvenil 2. A realização do torneio busca alavancar o desenvolvimento da Ginástica Rítmica no país.

Aluna da Rede Municipal conquista ouro em campeonato nacional de ginástica rítmica

Raquel Rebouças foi a única ginasta cearense de escola pública no evento

Raquel Rebouças
Raquel Rebouças coleciona medalhas e, desta vez, conquista título inédito

A aluna Raquel Rebouças, da Escola Municipal Dom Aloísio Lorscheider, localizada na Praia do Futuro (Distrito 2), tornou-se a primeira cearense a conquistar o campeonato brasileiro no aparelho corda, durante o Campeonato Brasileiro Caixa de Ginástica Rítmica Pré-Infantil e Juvenil. A competição, realizada pela Confederação Brasileira de Ginástica, ocorreu entre os dias 02 e 06 de outubro, em Brasília (DF). A atleta foi a única ginasta cearense de escola pública no evento.

A atleta conta com o apoio da Secretaria Municipal da Educação, por meio do Projeto “Sonho em Movimento”, uma das ações desenvolvidas pelo Núcleo de Esporte da Célula de Inovação Educacional da SME. As alunas participantes da iniciativa, na Escola Municipal Dom Aloísio Lorscheider, na Praia do Futuro, são treinadas pela professora Jordana Carneiro.

A jovem treina ginástica há sete anos no projeto e recebe da SME suporte (financeiro e de treinamento, incluindo acompanhamento especializado) para treinar e participar desta e de outras competições. Em sua rotina esportiva, Raquel também é motivada pela família, técnica e amigos. “A rotina é bem intensa e exaustiva, pois treino todos os dias no contraturno escolar. Então, todos os resultados que obtive serviram para que eu não desistisse dos meus sonhos. Minha família é uma fonte inspiradora, assim penso que todo esforço é válido para mostrar para eles que eu sou capaz de ir além dos meus limites. Encontro motivação também na minha técnica, professores e amigos. Acredito que posso chegar na olimpíada mundial e entrar na seleção brasileira”, aposta.

Para a professora da Rede Municipal e treinadora Jordana Carneiro, o resultado é único e representa não só para a Raquel, mas para todo o estado um momento ímpar na história da ginástica rítmica do Ceará. “Este título vai abrir também muitas portas para outros alunos que encontram na Raquel a verdadeira inspiração", comenta.

Esta não é a primeira vez que Raquel se classifica em um evento esportivo de abrangência nacional. Em 2018, conquistou o 6° lugar geral no aparelho maças, garantindo, até então, a melhor classificação do Ceará na sua categoria no Campeonato Brasileiro Caixa de Ginástica Rítmica. Também foi campeã geral nas maças, na bola e no individual geral na fase estadual dos Jogos Escolares 2018, entre outras premiações.

No final deste mês de outubro, a atleta irá participar de mais uma competição, o campeonato cearense, onde ela já possui o titulo de pentacampeã. Raquel também está treinando para a etapa nacional dos Jogos Escolares, que ocorrerá entre os dias 26 e 30 de novembro, em Blumenau (SC).

O Campeonato Brasileiro Caixa de Ginástica Rítmica Pré-Infantil e Juvenil contou com a participação de equipes de 13 estados do país, sendo representadas por 42 atletas na categoria Pré-Infantil, 33 no Juvenil 1 e 49 em Juvenil 2. A realização do torneio busca alavancar o desenvolvimento da Ginástica Rítmica no país.