10 de junho de 2022 em Mobilidade

AMC capacita soldados para a técnica de escolta

Capacitação ocorreu nesta sexta-feira (10/06), na sede da Autarquia


Motociclistas batedores da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) foram convocados para atuar como instrutores da formação do IV Estágio de Motociclista Militar e Batedor do Exército Brasileiro. Durante a capacitação, realizada nesta sexta-feira (10/06), na sede da Autarquia, 15 soldados e agentes se qualificaram para a técnica de escolta.

Nesta etapa da formação, os batedores da AMC ministram aula teórica e prática de escolta. A técnica envolve a escolta de segurança, como é o caso do acompanhamento de autoridades, e também no apoio ao transporte de órgãos para transplantes, atividades comuns desempenhadas por agentes de trânsito.

Participam da formação soldados do Exército, do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE), da Força Aérea Brasileira (FAB) e agentes da Guarda Municipal de Fortaleza.

A AMC é um dos poucos órgãos municipais de trânsito no País que possui corpo técnico de batedores com este nível de especialização. Por isso, a convocação dos agentes para atuar como instrutores.

“Somos um dos únicos órgãos municipais de trânsito do país a contribuir com uma formação do Exército Brasileiro”, salienta o gerente de educação para o trânsito da AMC, André Luís Barcelos.

AMC capacita soldados para a técnica de escolta

Capacitação ocorreu nesta sexta-feira (10/06), na sede da Autarquia

Motociclistas batedores da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) foram convocados para atuar como instrutores da formação do IV Estágio de Motociclista Militar e Batedor do Exército Brasileiro. Durante a capacitação, realizada nesta sexta-feira (10/06), na sede da Autarquia, 15 soldados e agentes se qualificaram para a técnica de escolta.

Nesta etapa da formação, os batedores da AMC ministram aula teórica e prática de escolta. A técnica envolve a escolta de segurança, como é o caso do acompanhamento de autoridades, e também no apoio ao transporte de órgãos para transplantes, atividades comuns desempenhadas por agentes de trânsito.

Participam da formação soldados do Exército, do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE), da Força Aérea Brasileira (FAB) e agentes da Guarda Municipal de Fortaleza.

A AMC é um dos poucos órgãos municipais de trânsito no País que possui corpo técnico de batedores com este nível de especialização. Por isso, a convocação dos agentes para atuar como instrutores.

“Somos um dos únicos órgãos municipais de trânsito do país a contribuir com uma formação do Exército Brasileiro”, salienta o gerente de educação para o trânsito da AMC, André Luís Barcelos.