26 de julho de 2021 em Mobilidade

AMC reforça ação educativa e inicia curso de pilotagem segura no Dia do Motociclista

Mais da metade dos óbitos no trânsito são de usuários de veículo motorizado de duas rodas


Em alusão ao Dia do Motociclista, comemorado nesta terça-feira (27/07), a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) realiza ação educativa para promover uma maior segurança viária e conscientizar as pessoas sobre a importância de adotar comportamentos prudentes ao dirigir. A abordagem acontece no cruzamento das avenidas Antônio Sales com Desembargador Moreira, entre 7h e 10h e de 14h às 17h.

Durante a mobilização, usuários de motocicletas receberão orientações, dicas e material informativo alertando quanto aos principais cuidados que devem ser enfatizados como utilizar o capacete afivelado corretamente, respeitar os limites de velocidade, não avançar o sinal vermelho nem a preferencial, nunca andar na contramão, dentre outros.

Motociclistas são considerados os agentes mais vulneráveis a acidentes de trânsito e representam mais da metade do número de mortes registradas em Fortaleza. Dentre os 98 óbitos contabilizados no primeiro semestre deste ano, 52% trafegavam em veículo motorizado de duas rodas.

Pilotagem segura

Na mesma data em que será realizada a abordagem educativa, a AMC inicia na própria sede um curso de pilotagem segura voltado a esse público.

A capacitação será dividida em dois momentos com aulas teóricas e práticas, a partir das 15h. O objetivo é aprimorar técnicas de pilotagem e desenvolver habilidades na condução segura da motocicleta para enfrentar qualquer situação no trânsito. Legislação, mecânica aplicada e noções de direção defensiva serão alguns dos módulos estudados.

Ações voltadas ao motociclista

Por ser a principal vítima de sinistros, o motociclista é priorizado em intervenções de engenharia, educação e fiscalização desenvolvidas pelo órgão.

Atualmente, cerca de 600 cruzamentos dispõem se faixas de retenção exclusivas para motocicletas. Conhecida também como “motobox”, a intervenção consiste em dar prioridade para quem trafega sobre duas rodas na abertura do sinal de trânsito, permitindo que possa partir antes dos outros veículos quando o semáforo abrir.

No âmbito educacional, a AMC dispõe de um Centro de Treinamento para Motociclistas no bairro Messejana que capacita, forma e treina sobre o comportamento seguro.

Paralelo a esse trabalho, ações educativas e de fiscalização como a operação “Saturação pela Vida” acontecem diariamente em vias na cidade com maior taxa de acidentalidade. “A nossa simples presença nas ruas já inibe comportamentos irregulares. Ao trafegar sobre duas rodas, o corpo do condutor fica totalmente desprotegido, ocasionando sérios danos à saúde em caso de sinistro. Enquanto poder público, vamos continuar fazendo a nossa parte intensificando abordagens para proteger vidas” ressalta a superintendente Juliana Coelho.

AMC reforça ação educativa e inicia curso de pilotagem segura no Dia do Motociclista

Mais da metade dos óbitos no trânsito são de usuários de veículo motorizado de duas rodas

Em alusão ao Dia do Motociclista, comemorado nesta terça-feira (27/07), a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) realiza ação educativa para promover uma maior segurança viária e conscientizar as pessoas sobre a importância de adotar comportamentos prudentes ao dirigir. A abordagem acontece no cruzamento das avenidas Antônio Sales com Desembargador Moreira, entre 7h e 10h e de 14h às 17h.

Durante a mobilização, usuários de motocicletas receberão orientações, dicas e material informativo alertando quanto aos principais cuidados que devem ser enfatizados como utilizar o capacete afivelado corretamente, respeitar os limites de velocidade, não avançar o sinal vermelho nem a preferencial, nunca andar na contramão, dentre outros.

Motociclistas são considerados os agentes mais vulneráveis a acidentes de trânsito e representam mais da metade do número de mortes registradas em Fortaleza. Dentre os 98 óbitos contabilizados no primeiro semestre deste ano, 52% trafegavam em veículo motorizado de duas rodas.

Pilotagem segura

Na mesma data em que será realizada a abordagem educativa, a AMC inicia na própria sede um curso de pilotagem segura voltado a esse público.

A capacitação será dividida em dois momentos com aulas teóricas e práticas, a partir das 15h. O objetivo é aprimorar técnicas de pilotagem e desenvolver habilidades na condução segura da motocicleta para enfrentar qualquer situação no trânsito. Legislação, mecânica aplicada e noções de direção defensiva serão alguns dos módulos estudados.

Ações voltadas ao motociclista

Por ser a principal vítima de sinistros, o motociclista é priorizado em intervenções de engenharia, educação e fiscalização desenvolvidas pelo órgão.

Atualmente, cerca de 600 cruzamentos dispõem se faixas de retenção exclusivas para motocicletas. Conhecida também como “motobox”, a intervenção consiste em dar prioridade para quem trafega sobre duas rodas na abertura do sinal de trânsito, permitindo que possa partir antes dos outros veículos quando o semáforo abrir.

No âmbito educacional, a AMC dispõe de um Centro de Treinamento para Motociclistas no bairro Messejana que capacita, forma e treina sobre o comportamento seguro.

Paralelo a esse trabalho, ações educativas e de fiscalização como a operação “Saturação pela Vida” acontecem diariamente em vias na cidade com maior taxa de acidentalidade. “A nossa simples presença nas ruas já inibe comportamentos irregulares. Ao trafegar sobre duas rodas, o corpo do condutor fica totalmente desprotegido, ocasionando sérios danos à saúde em caso de sinistro. Enquanto poder público, vamos continuar fazendo a nossa parte intensificando abordagens para proteger vidas” ressalta a superintendente Juliana Coelho.