A procissão de Nossa Senhora de Fétima, que sai da Igreja do Carmo em direção à Igreja de Fátima neste 13 de maio (segunda-feira), contará com o suporte operacional de 130 agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e operadores de tráfego.

A operação de trânsito para começa às 6 horas com a coibição de estacionamento nas ruas Oswaldo Studart, Paula Rodrigues e Mário Mamede, no entorno da Igreja de Fátima. Esse esquema se repetirá nos três turnos para garantir a fluidez das principais vias.

O controle de tráfego para acompanhar a procissão terá início no mesmo horário, na Igreja do Carmo. Desde cedo não será permitido estacionar nas ruas Major Facundo, Meton de Alencar e Barão de Aratanha, deixando a área livre para a concentração e deslocamento do público.

Dentre as interdições provisórias, está previsto o bloqueio da Rua Major Facundo (lateral da Igreja do Carmo). Em seguida, os agentes se preparam para acompanhar a procissão durante o percurso até a Igreja de Fátima, passando pelas ruas Major Facundo, Meton de Alencar, Barão de Aratanha e Av. 13 de Maio. Os bloqueios durante o trajeto serão temporários e a saída está prevista para 18 horas.

Durante a realização da missa campal, após a procissão, a Av. 13 de Maio terá a pista nos dois sentidos bloqueada, entre a Rua Barão de Aratanha e o viaduto da Av. Pontes Vieira. A AMC orienta que os desvios sejam feitos pela Av. Luciano Carneiro e Rua Mário Mamede (sentido Bairro de Fátima/Aldeota) e pela alça do viaduto da Av. Aguanambi e Av. Eduardo Girão (sentido Aldeota/Bairro de Fátima).

Transporte Coletivo

Em virtude do evento, será realizado o desvio dos transportes coletivos no horário previsto de 17h às 22h, obedecendo às orientações da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). Linhas impactadas: 011-Circular I, 012-Circular II, 029-Parangaba/Náutico, 030-Siqueira/Papicu/13 de Maio, 075-Campus do Pici/Unifor, 088-Antônio Bezerra/Albert Sabin, 099-Siqueira /Mucuripe/Br de Studart, 501-Bairro de Fátima, 504 - Av. 13 de Maio/Rodoviária II, 602- Parque Pio XII/Ana Gonçalves, 605- José Walter/ Br 116/ Av. I, 606- José Walter/Br 116/ Av. N, 625-Parque Manibura/Borges de Melo, 685 - Messejana/Rodoviária, 725- Parque Santa Maria/Liceu (STPC), 755 - Conjunto Alvorada/North Shopping (STPC) e 855- Bezerra de Menezes/Washington Soares.

Publicado em Mobilidade

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) deu início à implantação de faixas exclusivas de ônibus na região do Centro da Cidade. As vias beneficiadas são as ruas Castro e Silva e João Moreira. Quando concluídas as faixas, Fortaleza passará a contar com 113,2 km de faixas de uso exclusivo de ônibus. A medida tem como principal objetivo reduzir o tempo de deslocamento do transporte público e facilitar o acesso da população ao Centro de Fortaleza.

Na rua Castro e Silva, a nova faixa será implantada entre a R. Padre Mororó e Alberto Nepomuceno, cerca de 1,3km. Já na R. João Moreira, a implantação se dá entre a Av. Alberto Nepomuceno e R. General Sampaio, cerca de 0,5km. A próxima via a receber faixa exclusiva de ônibus será a Av. Imperador. Nestas vias, circulam diariamente 149 linhas de ônibus, beneficiando mais de 73 mil passageiros.

Além das faixas exclusivas na região, será também implantada ciclofaixa na rua Castro e Silva. Ela receberá 0,6km de ciclofaixa unidirecional, do lado esquerdo da via, entre as ruas General Sampaio e General Bezerril. A nova ciclofaixa se conectará à ciclofaixa da Av. Alberto Nepomuceno.

Com essa implantação, Fortaleza passará a ter 255,7 km de malha cicloviária, sendo 105,9 km de ciclovia, 145,7 km de ciclofaixa, 4 km de ciclorrota e 0,1 km de passeio compartilhado. A meta é chegar a 400 km de malha cicloviária ao final de 2020. As próximas ciclofaixas a serem implantadas serão na Av. Oliveira Paiva (Cid. dos Funcionários), Ruas Antônio Bandeira e Manuel Teófilo (Maraponga) e Av. Perimetral (Henrique Jorge).

Publicado em Mobilidade

Com o objetivo de proporcionar maior segurança na travessia de pedestres e disciplinar o tráfego veicular, a Prefeitura de Fortaleza implantou, na noite desta terça-feira (02/10), um novo semáforo no cruzamento da Rua Professor Virgílio Morais com Av. da Liberdade, no bairro Autran Nunes. A iniciativa é da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC).

O equipamento semafórico foi instalado após estudo técnico que observou os riscos no cruzamento. Segundo vistoria realizada no local, além da existência de uma escola que apontava a necessidade de uma travessia mais segura, todos os movimentos e conversões eram permitidas, o que contribuía para a ocorrência de conflitos viários e acidentes.

Como parte da intervenção, a Av. da Liberdade deixou de ser mão-dupla e passou a operar com sentido único de circulação oeste-leste. O condutor que trafegava no sentido contrário deve utilizar a Rua Daniel de Castro e retornar para a Rua Professor Virgílio de Morais. Com essa implantação, Fortaleza passa a contar com 876 semáforos.

Semáforo para pedestres
Nesta quarta-feira (03/10), um novo semáforo para pedestres será ativado e começará a funcionar na Av. Paulino Rocha, em frente ao número 1343. A medida tem o intuito de facilitar o deslocamento dos transeuntes, permitindo mais segurança ao atravessar.

Publicado em Mobilidade
Estação de Carros Elétricos Compartilhados
Em dois anos, o VAMO já realizou 3.753 viagens como mais uma opção de mobilidade urbana sustentável em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza, em parceria com o Hapvida Saúde, comemora o aniversário de dois anos de atividades dos carros compartilhados, o VAMO, com evento nesta sexta-feira (21/09), às 9h, na Praça Antônio Prudente, adotada pelo patrocinador do VAMO. Na ocasião, serão anunciados os números positivos do sistema ao longo do período.

A programação do evento contará com ação de cadastro, para os convidados, que poderá ser realizada por meio do novo aplicativo do VAMO, além de test-drive nos veículos. Entre os convidados, estão dois usuários que mais utilizaram o sistema nesses dois anos, Luiz Carlos Duarte e Priscilla Oliveira, que serão premiados com um passe para uso gratuito de uma hora por dia, durante um mês.

Luiz Carlos utiliza o VAMO há quase dois anos e, segundo ele, começou a usar por ter uma estação próxima à sua casa, pela comodidade e pelo conforto dos carros. Dentre as vantagens do VAMO apontadas por ele, estão ainda os benefícios para o meio ambiente e o preço atrativo. “É sempre bom utilizar ferramentas que combatam a poluição do ar e os preços são bem em conta se comparado a outras formas de locomoção na cidade”, conta. Ao todo, ele já realizou 97 viagens.

Na sexta-feira, todos os usuários já cadastrados no VAMO terão passe livre para utilizar os veículos o dia todo. A programação será fechada com um café da manhã para os convidados.

Sobre o VAMO
O Vamo nasceu em setembro de 2016 com o objetivo de ofertar à população de Fortaleza mais uma opção de mobilidade urbana sustentável. Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (PAITT), em parceria com o Hapvida Saúde e a Serttel, o Vamo é um projeto pioneiro no Brasil e na América Latina, sendo o primeiro sistema de carros compartilhados 100% elétricos. Estão disponíveis 20 carros, sendo cinco do modelo “BYD e6” e quinze do modelo compacto “Zhidou EEC L7e-80”, distribuídos em 12 estações na cidade, além de seis “vagas VAMO”, locais em que o usuário pode fazer a devolução do veículo sem, contudo, conectar o carro em uma estação de carregamento.

Balanço de utilização dos dois anos
Segundo relatórios divulgados pela Serttel, ao longo dos dois anos de operação, o VAMO realizou 3.823 cadastros, 1.367 test-drives e 3.753 viagens. Entre os que mais utilizam o sistema estão usuários com idade entre 21 e 40 anos, totalizando 2.668 pessoas. Os dados mostram ainda que os fortalezenses utilizam os veículos para viagens rápidas. Viagens de até 30 minutos somaram 964 utilizações e de 30 minutos a 1 hora somaram 907.

Entre as origens e destinos mais comuns das viagens realizadas estão as estações do Shopping Iguatemi, do North Shopping e da Igreja de Nazaré. Em 65% dos casos, os veículos são devolvidos em estações diferentes das estações de origem. O modelo de carro mais alugado é o “BYD”, que comporta cinco passageiros (68%), contra o modelo compacto, “Zhidou” (32%).

Vantagens do VAMO
Dentre as inúmeras vantagens que o VAMO oferece para os usuários, estão benefícios para o meio ambiente, para a mobilidade urbana, além de economia e facilidade de estacionamento. No quesito economia, o sistema tem se mostrado hoje uma opção financeiramente vantajosa para os fortalezenses. Em 2017, o VAMO reduziu a tarifa em 68%, ficando ainda mais competitivo com relação a outros modais, inclusive do transporte individual de passageiros por meio de aplicativos.

Para os usuários que possuem Bilhete Único a tarifa, nos primeiros 30 minutos de utilização, custa R$ 15,00. Para os demais usuários, o valor, para o mesmo período, é de R$ 20,00. Esse valor é indivisível, ou seja, do primeiro minuto ao trigésimo minuto, o valor cobrado é fixo. Cada faixa de tempo tem sua respectiva taxa de valor indivisível. Somente a partir de 3 horas de uso, é que será cobrado R$ 0,30 por minuto adicional; e a partir de 5 horas, será cobrado R$ 0,50 por minuto adicional. Já o passe mensal custa R$ 15,00 para os cadastrados com Bilhete Único e R$ 20,00 para os demais. O valor da taxa mensal é revertido, integralmente, em crédito (de R$ 20 ou R$15) para os usuários, sendo ou não cadastrado com o Bilhete Único.

Outra grande vantagem do VAMO diz respeito ao estacionamento, grande problema das grandes capitais brasileiras. Os usuários do sistema têm o benefício de poder estacionar nas vagas de Zona Azul gratuitamente, assim como no shopping RioMar Fortaleza.

Em relação à mobilidade, uma vantagem do VAMO é a possibilidade de compartilhamento dos veículos, permitindo que cada veículo leve mais de um passageiro, reduzindo assim o número de veículos circulando na cidade. Através da função “carona”, é possível dividir os custos com um colega de trabalho ou amigo, o que possibilita ainda uma economia para os usuários do sistema.

Finalmente, o sistema de carros compartilhados é 100% elétrico, utilizando, portanto, uma tecnologia limpa que não emite gases poluentes, além não produzir poluição sonora. Esse benefício é de sumária importância nos dias atuais, uma vez que, segundo estudo realizado pelo ICLEI (Local Governments for Sustainability), em parceria com o ONU Habitat e a Prefeitura de Fortaleza, 61% da poluição no ar em nossa cidade (2.338.261 toneladas de CO² emitidas) são provenientes da emissão de veículos que utilizam combustíveis fósseis, principalmente gasolina (1.017.370 toneladas de CO² emitidas) e diesel (786.696 toneladas de CO² emitidas) - gases extremamente nocivos à saúde e ao meio ambiente. Nesses dois anos de operação, estima-se que deixaram de ser emitidas na atmosfera mais de 500 toneladas de CO².

Serviço
Aniversário de dois anos do VAMO
Data: Sexta-feira (21/09)
Local: Praça Antônio Prudente – Av. Abolição, próximo ao Habibs.
Horário: 9h

Publicado em Mobilidade
Faixa
Durante a mobilização, os condutores dos demais veículos também serão abordados e alertados quanto aos principais fatores de risco

Como parte da programação da Semana da Mobilidade, a Prefeitura de Fortaleza se aproxima cada vez mais da população para conscientizar condutores e pedestres sobre a importância de adotar um comportamento seguro no trânsito. Com o intuito de preservar vidas, reduzir acidentes e incentivar uma convivência pacífica entre todos que compartilham do espaço público, educadores da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) se juntam aos mobilizadores sociais da Secretaria de Saúde do Município para realizar ação educativa nesta quinta-feira (20/09), a partir de 7h30, no cruzamento das avenidas Antônio Sales com Desembargador Moreira.

A atividade tem como público-alvo pedestres e motociclistas, que são os agentes mais vulneráveis a lesões graves decorrentes de acidentes. Na oportunidade, um tapete vermelho será estendido para estimular a travessia pela faixa de pedestres, enquanto os educadores distribuirão panfletos com dicas de segurança para motociclistas alertando principalmente sobre o uso do capacete.

Durante a mobilização, os condutores dos demais veículos também serão abordados e alertados quanto aos principais fatores de risco: o excesso de velocidade, o não uso do cinto de segurança e a combinação entre álcool e direção.A ação conta com o apoio da Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária.

Segundo a mais nova edição do Relatório Anual de Segurança Viária de Fortaleza, o número de vítimas feridas caiu 15% em Fortaleza no ano passado em comparação com o mesmo período de 2016. Em números absolutos, foram 18.295 feridos em 2016 contra 15.522 em 2017. A expectativa é que os dados continuem reduzindo e acidentes sejam evitados. Portanto, tais ações educativas serão replicadas em outros cruzamento da cidade ao longo da semana. 

Serviço
Ações educativas destacam comportamento seguro no trânsito
Data: quinta-feira (20/09)
Horário: 7h30
Local: cruzamento das avenidas Antônio Sales e Desembargador Moreira 

Publicado em Mobilidade

No primeiro mês de implantação do novo serviço de Zona Azul em Fortaleza, os motoristas já estão se adaptando à facilidade de adquirir o Cartão Azul Digital (CAD) por meio de um dos sete aplicativos disponíveis para operar o serviço. 31.792 cartões eletrônicos foram vendidos e mais de 25 mil downloads realizados.Todo o recurso será revertido para a ampliação da infraestrutura cicloviária.

Por meio de uma simples tela de celular, é possível adquirir os créditos e controlar todos os processos e gastos com maior comodidade. “A opção eletrônica, além de prática, costuma ser mais segura para os cidadãos porque evita fraudes e preços exorbitantes”, esclarece o superintendente da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Arcelino Lima. Os cartões de papel devem valer somente até o fim do ano.

O procedimento é rápido, cabendo ao usuário realizar um cadastro inicial em que deve informar os dados pessoais e a placa do veículo. Após ser cadastrado, o condutor precisa adquirir o Cartão Azul Digital (CAD), que pode ser pago por meio de cartões de crédito, débito ou boleto. Em seguida, é necessário apenas ativá-lo e já vai receber um comprovante confirmando que o processo deu certo.

Um lembrete importante: diferentemente do que é feito atualmente, não será necessário imprimir o comprovante nem colocá-lo no painel do veículo. À medida que o período for se esgotando, o tempo poderá ser renovado a distância, pois um alerta avisará quando estiver expirando. Quem não possui smartphone ou tiver dificuldade no acesso à internet terá a opção de comprar o Cartão Azul Digital (CAD) nos Pontos de Venda Credenciados (PDVs) devidamente padronizados que estarão conectados à rede.

Tempo de permanência
O tempo de permanência nas vagas de Zona Azul é de uma ou duas horas, podendo ser prorrogado por igual período. Ainda existe a possibilidade de esse tempo ser de cinco horas, dependendo da área, não havendo prorrogação neste caso. Cada Cartão Azul Digital (CAD) custará R$ 2,00. No caso dos espaços em que é permitido prorrogar o tempo, um segundo CAD deve ser adquirido.

Aplicativos

Estacionamento Digital

Digipare

ZAE Fortaleza Digital

ZUL Digital

FAZ - Zona Azul Fortaleza

Zona Azul Fortaleza

Zona Fácil

Vantagens em usar o Cartão Azul Digital (CAD):

• Pagar o preço oficial da tarifa - R$ 2,00;

• Economizar tempo;

• Não precisa manter o comprovante de pagamento no interior do veículo;

• Não é necessário retornar ao veículo para colocar o segundo CAD;

• Poder escolher entre várias empresas credenciadas e formas de pagamento disponíveis;

• É possível comprar o CAD individualmente ou em quantidades maiores para poder usar depois.

Publicado em Mobilidade

A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) informa que a Av. Almirante Henrique Saboia (Via Expressa) ficará bloqueada provisoriamente neste domingo (16/08), das 07h às 18h, no trecho compreendido entre as ruas Gilberto Studart e Bento Albuquerque. Apenas o sentido praia-sertão será interditado. A medida é necessária para viabilizar a passagem dos dutos da rede elétrica subterrânea utilizada para a iluminação do túnel longitudinal.

Para o condutor que deseja continuar na Via Expressa em direção à Av. Gov. Raul Barbosa, a orientação é dobrar à esquerda na Rua Gilberto Studart, à direita na Av. Engenheiro Santana Jr., seguindo pela alça que dá acesso a Av. Padre Antônio Tomás e retornar à esquerda para a Via Expressa.

Segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), as linhas (069) Lagoa/Papicu/Via Expressa, (089) Expresso/Parangaba/Papicu e (094) Expresso/Parangaba/Aldeota terão o itinerário alterado e devem seguir a rota sugerida pela AMC. 

Publicado em Mobilidade

Com o objetivo de proporcionar maior segurança na travessia de pedestres ao longo da Av. Dioguinho, a Prefeitura de Fortaleza inicia a implantação de novos semáforos na via. Os equipamentos semafóricos exclusivos para pedestres serão implantados em locais definidos por meio de estudo técnico realizado pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), por meio do Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (CTAFOR).

A medida integra um pacote de intervenções viárias que está sendo executado para reduzir o número de atropelamentos e resguardar a integridade dos pedestres, permitindo um deslocamento mais seguro durante as travessias. Somente no ano de 2017 foram registrados sete atropelamentos na Av. Dioguinho, além de 110 colisões, sendo 59 com vítima e uma morte.

Os novos semáforos exclusivos para pedestres serão instalados nas proximidades das seguintes vias:

  • Av. Dioguinho próximo à Escola Estadual de Educação Profissional;

  • Av. Dioguinho próx. à Rua Grito do Ipiranga (Vila Galé);

  • Av. Dioguinho próx. à Rua Murilo Silveira;

  • Av. Dioguinho entre as ruas Paulo Mendes e Turbai Barreira.

As implantações, que também incluem renovação da sinalização da faixa de pedestres e reforço na fiscalização, estão previstas para ocorrer entre os dias 11 de setembro e 2 de outubro. Com esses equipamentos, a Av. Dioguinho possuirá um total de dez semáforos ao longo de sua extensão, sendo oito exclusivos para pedestres. 

Publicado em Mobilidade
App
A orientação é baixar a plataforma e acessar o menu Bateu para que os próprios condutores envolvidos possam realizar o registro da ocorrência

Lançado em janeiro deste ano, o aplicativo AMC Móvel tem otimizado o registro de acidentes sem vítima na cidade ao mesmo tempo em que garante a fluidez e segurança viária nos pontos onde ocorrem essas colisões. Em vez de ficar aguardando a presença dos agentes de trânsito, a orientação é baixar a plataforma e acessar o menu Bateu (Boletim de Acidente de Trânsito Eletrônico Unificado de Fortaleza) para que os próprios condutores envolvidos possam realizar o registro da ocorrência. Já foram efetuados mais de 15 mil downloads.

Uma vez instalado o aplicativo, o usuário deve cadastrar seus dados e preencher o passo a passo do procedimento, informando um breve relato da ocorrência e anexando as imagens necessárias retiradas no momento da colisão. Ao preencher as informações exigidas, a via deve ser desobstruída imediatamente.

O condutor terá a opção de preencher as informações no modo offline, a fim de que sejam enviadas no momento em que o dispositivo conectar-se à internet. Quem desejar registrar o acidente posteriormente, deve fazer em um prazo de até 30 dias após a colisão pelo site centralamc.com.br.

Os dados lançados pelo aplicativo são analisados por técnicos da AMC que avaliam sua consistência e liberam sua impressão em sítio eletrônico em até cinco dias úteis, podendo ser usado pela seguradora e usado como prova em ações judiciais.

Para os acidentes que tenham ocorrido nas vias internas de condomínios, em estacionamentos privados, mesmo que de uso coletivo, ou em qualquer outro espaço que não esteja inserido na jurisdição do Município, assim como as rodovias federais ou estaduais, não serão registrados pelo aplicativo.

Segundo o Art. 178 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), “deixar o condutor, envolvido em acidente sem vítima, de adotar providência para remover o veículo do local, quando necessária tal medida para assegurar a segurança e a fluidez do trânsito, está sujeito à infração de natureza média, quatro pontos na carteira de habilitação e multa no valor de R$ 130,16”.

De acordo com o superintendente da AMC, Arcelino Lima, o novo aplicativo permite “seguir o que diz a legislação de trânsito. A exemplo das demais cidades do País, temos que promover uma mudança de cultura e priorizar o interesse coletivo. Uma pequena colisão gera, muitas vezes, grandes impactos, prejudicando a fluidez e a segurança de todos”, esclarece.

Outras funções
O aplicativo também vai permitir que o usuário possa consultar dados referentes aos investimentos no trânsito, bem como receitas e custos, através do “AMC Transparente”. Além disso, de forma mais cômoda, será permitido recorrer de uma multa ou verificar se o seu veículo foi rebocado em operações cotidianas desenvolvidas pelo órgão e denunciar veículos abandonados.

Fortaleza é a primeira cidade do País a englobar todos os serviços na área de trânsito numa mesma plataforma, que vai facilitar a vida dos cidadãos, garantindo um ir e vir com mais agilidade e segurança.

Publicado em Mobilidade

A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) realiza nos próximos dias 12, 13 e 14 de setembro o segundo leilão de veículos que se encontram apreendidos há mais de dois meses no depósito do órgão, sem manifestação dos proprietários, conforme previsão legal contida no Art. 328 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O leilão será realizado às 9h nas modalidades presencial no Pátio do Leiloeiro (Rua Coronel Zacarias José de França, nº 255A, no bairro Cajazeiras) e online por meio do site www.celsocunhaleiloes.com.br. As sessões ocorrem simultaneamente. 

Poderão participar da concorrência pessoas físicas maiores de idade ou emancipadas que estejam portando documento de identidade, CPF e comprovante de endereço. No caso de empresas, é necessário que estas sejam devidamente inscritas no CNPJ e regulares junto ao INSS.

O lance varia de acordo com o tipo de veículo e condição do mesmo. Ao todo, serão leiloados 730 lotes, sendo 58 automóveis, 539 motocicletas e 133 sucatas. Os bens serão entregues no estado de preservação em que foram recolhidos, cabendo aos participantes estarem cientes das características dos mesmos. A visitação pública acontece nesta segunda-feira (10/09) e terça-feira (11/09), das 8h às 16h.

Serviço
Leilão Público da AMC (presencial)
Datas: 12, 13, 14 de setembro
Horário: 9h
Local: Rua Coronel Zacarias José de França, nº 255A - Cajazeiras

Publicado em Mobilidade
Página 1 de 8