Av. Eduardo Girão recebe nova ciclofaixa

07 de abril de 2021 em Mobilidade

Av. Eduardo Girão recebe nova ciclofaixa

Após o término da intervenção, a malha cicloviária de Fortaleza passa a ser de 364,9 km


A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), conclui neste sábado (10/04) a implantação de uma nova ciclofaixa na Av. Eduardo Girão para garantir um deslocamento mais seguro aos usuários de bicicleta. Serão 2,6 km de extensão conectando os bairros Fátima, Benfica e Jardim América. Após o término da intervenção, a malha cicloviária passa a ser de 364,9 km, um aumento de 436% em relação ao que havia em 2013.

A ciclofaixa, que será unidirecional situada junto ao canteiro central nos dois sentidos da avenida, vai se interligar à existente na Rua Damasceno Girão e à ciclovia da Av. José Jatahy, assegurando continuidade em direção à região da Av. Bezerra de Menezes.

Durante o mês de abril estão previstas ciclofaixas nas ruas Dep. Oswaldo Studart, Mário Mamede e Ministro Joaquim Bastos. Elas também se conectarão à ciclofaixa da Av. Eduardo Girão e às ciclofaixas concluídas recentemente nas Ruas Jaime Benévolo e Barão de Aratanha. Com isso, ampliam-se as opções de infraestrutura cicloviária no Bairro de Fátima.

A meta é de que sejam implantados 150 km de ciclovias e ciclofaixas ao longo de quatro anos, chegando a uma malha total de 500 km ao final de 2024. Segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), Fortaleza é a capital brasileira onde as pessoas vivem mais próximas à infraestrutura cicloviária, com mais de 50% dos habitantes morando a menos de 300 metros de alguma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota ou passeio compartilhado.

Legislação de trânsito 

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar com o veículo automotor em ciclofaixa ou ciclovia é uma infração de natureza gravíssima com fator multiplicativo três, somando sete pontos na carteira e multa no valor de R$ 880,41. Estacionar nestas áreas corresponde a uma infração grave, cinco pontos no prontuário do condutor e multa de R$ 195,23.

Av. Eduardo Girão recebe nova ciclofaixa

Após o término da intervenção, a malha cicloviária de Fortaleza passa a ser de 364,9 km

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), conclui neste sábado (10/04) a implantação de uma nova ciclofaixa na Av. Eduardo Girão para garantir um deslocamento mais seguro aos usuários de bicicleta. Serão 2,6 km de extensão conectando os bairros Fátima, Benfica e Jardim América. Após o término da intervenção, a malha cicloviária passa a ser de 364,9 km, um aumento de 436% em relação ao que havia em 2013.

A ciclofaixa, que será unidirecional situada junto ao canteiro central nos dois sentidos da avenida, vai se interligar à existente na Rua Damasceno Girão e à ciclovia da Av. José Jatahy, assegurando continuidade em direção à região da Av. Bezerra de Menezes.

Durante o mês de abril estão previstas ciclofaixas nas ruas Dep. Oswaldo Studart, Mário Mamede e Ministro Joaquim Bastos. Elas também se conectarão à ciclofaixa da Av. Eduardo Girão e às ciclofaixas concluídas recentemente nas Ruas Jaime Benévolo e Barão de Aratanha. Com isso, ampliam-se as opções de infraestrutura cicloviária no Bairro de Fátima.

A meta é de que sejam implantados 150 km de ciclovias e ciclofaixas ao longo de quatro anos, chegando a uma malha total de 500 km ao final de 2024. Segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), Fortaleza é a capital brasileira onde as pessoas vivem mais próximas à infraestrutura cicloviária, com mais de 50% dos habitantes morando a menos de 300 metros de alguma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota ou passeio compartilhado.

Legislação de trânsito 

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar com o veículo automotor em ciclofaixa ou ciclovia é uma infração de natureza gravíssima com fator multiplicativo três, somando sete pontos na carteira e multa no valor de R$ 880,41. Estacionar nestas áreas corresponde a uma infração grave, cinco pontos no prontuário do condutor e multa de R$ 195,23.