11 de fevereiro de 2019 em Cultura

Ciclo Carnavalesco tem 12 horas de folia neste domingo

A festa começou as 10 horas no Raimundo do Queijo e se estendeu até as 22 horas nos demais polos do evento


várias pessoasna frente de um palco onde se apresenta um grupo de cantoras
A Travessa Crato, no Centro de Fortaleza, entrou oficialmente na programação do carnaval este ano
O dia foi longo para quem curtiu tudo que o Ciclo Carnavalesco 2019 ofereceu neste domingo (10/02). A festa começou às 10 horas no Raimundo dos Queijos e se estendeu até 22 horas nos demais polos do evento.

A Travessa Crato, no Centro de Fortaleza, entrou oficialmente na programação do carnaval este ano. Mas há 40 anos, o espaço é sinônimo de cultura, boa música e muita animação, graças ao bar Raimundo dos Queijos, localizado ali. Que o diga a professora Jane Chaves que é frequentadora assídua do bar. “Eu já curto aqui há muito tempo, mas trazer o carnaval pra cá foi uma ideia maravilhosa. Estou conhecendo novas bandas, pessoas que tocam na noite de Fortaleza e não tinham espaço, como essas meninas maravilhosas no palco”, disse a professora. 

As meninas as quais a professora se refere são as integrantes da banda Samba Delas, primeira atração deste domingo. O grupo é um coletivo de mulheres que se formou em 2018 para pensar, debater e tocar samba. De acordo com a idealizadora do grupo, Michelle Militão, para além disso, o grupo quer empoderar as mulheres com talento para música. “A ideia é que a gente possa fazer com que as mulheres criem vontade e se empoderem de ir para as rodas de samba da cidade. Temos mulheres incríveis, ritmistas, compositoras, instrumentistas, mulheres que tem anos de experiência e muito talento”, disse a produtora.

A banda tem uma base fixa, mas mais de 70 mulheres já tocaram no coletivo que abre espaço para outras integrantes. Uma delas é a cantora Alê Eloy, a segunda atração deste domingo. No cenário musical há mais de 20 anos, Alê retornou aos palcos em 2014 após uma longa parada e se reencontrou na música. “É a minha segunda vez no carnaval de Fortaleza e eu sou muito grata a esse novo momento da nossa cidade que está envolvendo o Centro nesse circuito. O centro é um lugar vivo, que pulsa e que merecia essa revitalização. Olha em volta, temos famílias inteiras, crianças, todas curtindo em paz tudo que temos para oferecer”, falou Alê Eloy antes de subir no palco.

Outros polos

Além da festa na Travessa Crato, as outras opções de carnaval no domingo durante o Pré-Carnaval são o Largo dos Tremembés e o Mercado da Aerolândia. Neste domingo, as atrações do Largo foram Filhos de Xandhy, Caravana Cultural e Bloco Camaleões Selvagens (com a banda Selvagens à Procura de Lei e com o bloco Camaleões do Vila). Na Aerolândia, Renato Black e Banda foram responsáveis por levar um repertório de clássicos carnavalescos.

Com o tema “Liberdade que faz Brilhar Nossa Alegria”, o Ciclo Carnavalesco 2019 presta uma homenagem a Tia Simoa, figura histórica na luta pela liberdade do povo negro cearense, e Arnaud Silvério, fomentador cultural e um dos fundadores da Associação Cultural das Entidades Carnavalescas do Estado do Ceará (Acecce).

O evento é uma realização da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), com patrocínio oficial da marca Skol.

Ciclo Carnavalesco tem 12 horas de folia neste domingo

A festa começou as 10 horas no Raimundo do Queijo e se estendeu até as 22 horas nos demais polos do evento

várias pessoasna frente de um palco onde se apresenta um grupo de cantoras
A Travessa Crato, no Centro de Fortaleza, entrou oficialmente na programação do carnaval este ano
O dia foi longo para quem curtiu tudo que o Ciclo Carnavalesco 2019 ofereceu neste domingo (10/02). A festa começou às 10 horas no Raimundo dos Queijos e se estendeu até 22 horas nos demais polos do evento.

A Travessa Crato, no Centro de Fortaleza, entrou oficialmente na programação do carnaval este ano. Mas há 40 anos, o espaço é sinônimo de cultura, boa música e muita animação, graças ao bar Raimundo dos Queijos, localizado ali. Que o diga a professora Jane Chaves que é frequentadora assídua do bar. “Eu já curto aqui há muito tempo, mas trazer o carnaval pra cá foi uma ideia maravilhosa. Estou conhecendo novas bandas, pessoas que tocam na noite de Fortaleza e não tinham espaço, como essas meninas maravilhosas no palco”, disse a professora. 

As meninas as quais a professora se refere são as integrantes da banda Samba Delas, primeira atração deste domingo. O grupo é um coletivo de mulheres que se formou em 2018 para pensar, debater e tocar samba. De acordo com a idealizadora do grupo, Michelle Militão, para além disso, o grupo quer empoderar as mulheres com talento para música. “A ideia é que a gente possa fazer com que as mulheres criem vontade e se empoderem de ir para as rodas de samba da cidade. Temos mulheres incríveis, ritmistas, compositoras, instrumentistas, mulheres que tem anos de experiência e muito talento”, disse a produtora.

A banda tem uma base fixa, mas mais de 70 mulheres já tocaram no coletivo que abre espaço para outras integrantes. Uma delas é a cantora Alê Eloy, a segunda atração deste domingo. No cenário musical há mais de 20 anos, Alê retornou aos palcos em 2014 após uma longa parada e se reencontrou na música. “É a minha segunda vez no carnaval de Fortaleza e eu sou muito grata a esse novo momento da nossa cidade que está envolvendo o Centro nesse circuito. O centro é um lugar vivo, que pulsa e que merecia essa revitalização. Olha em volta, temos famílias inteiras, crianças, todas curtindo em paz tudo que temos para oferecer”, falou Alê Eloy antes de subir no palco.

Outros polos

Além da festa na Travessa Crato, as outras opções de carnaval no domingo durante o Pré-Carnaval são o Largo dos Tremembés e o Mercado da Aerolândia. Neste domingo, as atrações do Largo foram Filhos de Xandhy, Caravana Cultural e Bloco Camaleões Selvagens (com a banda Selvagens à Procura de Lei e com o bloco Camaleões do Vila). Na Aerolândia, Renato Black e Banda foram responsáveis por levar um repertório de clássicos carnavalescos.

Com o tema “Liberdade que faz Brilhar Nossa Alegria”, o Ciclo Carnavalesco 2019 presta uma homenagem a Tia Simoa, figura histórica na luta pela liberdade do povo negro cearense, e Arnaud Silvério, fomentador cultural e um dos fundadores da Associação Cultural das Entidades Carnavalescas do Estado do Ceará (Acecce).

O evento é uma realização da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), com patrocínio oficial da marca Skol.