05 de novembro de 2019 em Cultura

Definida a ordem de apresentação dos selecionados para as eliminatórias do Festival da Música de Fortaleza 2019

Etapa acontecerá nos dias 29 e 30 de novembro, no Teatro São José


senhor de óculos sorteando papéis em urna transparente
O diretor geral do Festival de Música de Fortaleza, Moacir Maia, realizou o sorteio

Na tarde desta terça-feira (05/11), a Prefeitura de Fortaleza definiu, por meio de sorteio, a ordem das apresentações dos selecionados para as eliminatórias do Festival da Música de Fortaleza 2019. A etapa acontecerá nos dias 29 e 30 de novembro, no Teatro São José. Dentre 340 músicas autorais inscritas, 30 foram selecionadas para esta fase.

Confira como ficou a ordem das apresentações

Os candidatos irão disputar, diante de júri composto por profissionais da música, 12 vagas destinadas aos finalistas. A grande final está prevista para o dia 6 de dezembro.

senhor de óculos e chapéu sorrindo para a foto
O compositor cearense Joaquim Ernesto terá sua música apresentada no primeiro dia do Festival

O compositor cearense Joaquim Ernesto (64) compareceu ao sorteio, realizado pelo diretor-geral do Festival de Música de Fortaleza, Moacir Maia. O artista, que participa de festivais há 20 anos, coleciona um repertório variado. Samba e Música Popular Brasileira encabeçam a lista de seu repertório. Sua música "A Procissão dos Casais" é uma das que serão apresentadas no palco do Teatro São José no primeiro dia do Festival. “A expectativa é a melhor possível. Encontrar os amigos que participam de festivais há muitos anos é o objetivo maior. Tenho uma música que será defendida pelo Edmar Gonçalves e outra pelo Eudes Fraga”, comentou.

Para João Victor Barroso, compositor da canção “Mucuripe Sem Teu Cais”, uma das concorrentes, a presença no Festival já é motivo de alegria. “É uma oportunidade bem legal porque eu já tive uma banda e cantei muito. Alguns meses atrás, voltei a me reunir com alguns amigos e coincidiu com a seleção. Só pela experiência e participação já é um sinal, um apoio bem legal. Já estou no lucro”, destacou.

Premiação

O vencedor do Festival da Música de Fortaleza 2019 receberá como prêmio um contrato no valor de R$ 30 mil para apresentação na abertura do Réveillon 2020 da Capital. O classificado em 2º lugar receberá uma premiação no valor de R$ 10 mil e o 3º colocado será contemplado com o prêmio de R$ 5 mil.

Na edição de 2018 do Festival da Música de Fortaleza, o grande vencedor foi o músico Tom Drummond, com a canção “Menino Bonito”.

Alcance da iniciativa

De acordo com o diretor geral do Festival de Música de Fortaleza e coordenador de Comunicação Social da Prefeitura, Moacir Maia, o alcance da iniciativa no cenário local e nacional fortalece a sistematização da produção musical no Brasil. “O número de composições vindas de outros estados brasileiros foi bastante representativo. São 23 unidades da Federação participantes. Isso dá a certeza de que o Festival ganhou credibilidade e se revelou uma política pública vitoriosa”, apontou, acrescentando a garantia dada pelo prefeito Roberto Cláudio acerca da realização da terceira edição do Festival em 2020.

Definida a ordem de apresentação dos selecionados para as eliminatórias do Festival da Música de Fortaleza 2019

Etapa acontecerá nos dias 29 e 30 de novembro, no Teatro São José

senhor de óculos sorteando papéis em urna transparente
O diretor geral do Festival de Música de Fortaleza, Moacir Maia, realizou o sorteio

Na tarde desta terça-feira (05/11), a Prefeitura de Fortaleza definiu, por meio de sorteio, a ordem das apresentações dos selecionados para as eliminatórias do Festival da Música de Fortaleza 2019. A etapa acontecerá nos dias 29 e 30 de novembro, no Teatro São José. Dentre 340 músicas autorais inscritas, 30 foram selecionadas para esta fase.

Confira como ficou a ordem das apresentações

Os candidatos irão disputar, diante de júri composto por profissionais da música, 12 vagas destinadas aos finalistas. A grande final está prevista para o dia 6 de dezembro.

senhor de óculos e chapéu sorrindo para a foto
O compositor cearense Joaquim Ernesto terá sua música apresentada no primeiro dia do Festival

O compositor cearense Joaquim Ernesto (64) compareceu ao sorteio, realizado pelo diretor-geral do Festival de Música de Fortaleza, Moacir Maia. O artista, que participa de festivais há 20 anos, coleciona um repertório variado. Samba e Música Popular Brasileira encabeçam a lista de seu repertório. Sua música "A Procissão dos Casais" é uma das que serão apresentadas no palco do Teatro São José no primeiro dia do Festival. “A expectativa é a melhor possível. Encontrar os amigos que participam de festivais há muitos anos é o objetivo maior. Tenho uma música que será defendida pelo Edmar Gonçalves e outra pelo Eudes Fraga”, comentou.

Para João Victor Barroso, compositor da canção “Mucuripe Sem Teu Cais”, uma das concorrentes, a presença no Festival já é motivo de alegria. “É uma oportunidade bem legal porque eu já tive uma banda e cantei muito. Alguns meses atrás, voltei a me reunir com alguns amigos e coincidiu com a seleção. Só pela experiência e participação já é um sinal, um apoio bem legal. Já estou no lucro”, destacou.

Premiação

O vencedor do Festival da Música de Fortaleza 2019 receberá como prêmio um contrato no valor de R$ 30 mil para apresentação na abertura do Réveillon 2020 da Capital. O classificado em 2º lugar receberá uma premiação no valor de R$ 10 mil e o 3º colocado será contemplado com o prêmio de R$ 5 mil.

Na edição de 2018 do Festival da Música de Fortaleza, o grande vencedor foi o músico Tom Drummond, com a canção “Menino Bonito”.

Alcance da iniciativa

De acordo com o diretor geral do Festival de Música de Fortaleza e coordenador de Comunicação Social da Prefeitura, Moacir Maia, o alcance da iniciativa no cenário local e nacional fortalece a sistematização da produção musical no Brasil. “O número de composições vindas de outros estados brasileiros foi bastante representativo. São 23 unidades da Federação participantes. Isso dá a certeza de que o Festival ganhou credibilidade e se revelou uma política pública vitoriosa”, apontou, acrescentando a garantia dada pelo prefeito Roberto Cláudio acerca da realização da terceira edição do Festival em 2020.