08 de março de 2019 em Cultura

Escola de Samba Imperadores da Parquelândia vence o Carnaval de Fortaleza

Conheça as demais agremiações vencedoras que passaram pela Avenida Domingos Olímpio durante os quatro dias de festa


Carnaval
Integrantes da Imperadores da Parquelândia comemoram o título
Depois de quatro dias de Carnaval na Avenida Domingos Olímpio, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), divulgou, nesta quinta-feira (07/03), o resultado da apuração dos desfiles dos maracatus, afoxés, blocos, escolas de samba e cordões que passaram pela avenida. A cerimônia aconteceu no Ginásio Paulo Sarasate, em parceria com a Associação Cultural das Entidades Carnavalescas do Estado do Ceará (Acecce).

Dentre os grupos de Maracatu que desfilaram no sábado (02/03), o título de campeão foi conferido ao Nação Fortaleza, que voltará a desfilar no domingo em 2020. Durante a comemoração, a Rainha da agremiação há 15 anos, Débora Sá, celebrou a conquista. “O nosso trabalho e a mensagem que levamos à Avenida são gratificantes. Homenageamos uma mulher forte, Teresa de Benguela, trazendo à tona histórias que, às vezes, as pessoas não conhecem. O Maracatu, apesar de tradicional, busca resposta para problemas atuais. Por isso, também homenageamos Marielle Franco e clamamos por justiça”, afirmou.

Já as maiores agremiações da categoria se apresentaram, conforme a tradição, no domingo (03/03). O Maracatu Vozes da África conquistou, pela sexta vez consecutiva, o primeiro lugar dentre os seis grupos concorrentes. Motivo de alegria e de renovação para Marília Severiano, representante do grupo, que, na oportunidade, celebrou o reconhecimento atribuído. “Esta vitoria é fruto de todo o esforço da equipe envolvida no trabalho do Carnaval. Agradecemos aos nossos 350 brincantes, ao apoio da Prefeitura e de todas as esferas envolvidas”, pontuou.

Na segunda-feira (04/03), desfilaram na avenida cordões e blocos. Na categoria cordões, os campeões foram os Vampiros da Princesa, que deixaram a Princesa do Frevo e As Bruxas, respectivamente, em segundo e em terceiro lugar.

A disputa entre os blocos foi uma das mais acirradas. O grupo Turma do Mamão destacou-se e assumiu o primeiro lugar dentre os oito concorrentes da categoria. O presidente do Bloco, Raimundo Mamão, durante a comemoração, ressaltou a importância deste que é o terceiro título conquistado em 9 anos. “Estou muito emocionado. Este é mais do que um bloco. É uma família do bairro Moura Brasil que se fortalece com essa vitória e irá trabalhar cada vez mais”, garantiu.

Na categoria Afoxés, o Obá Sá Rewá comemorou o primeiro título de campeão conquistado no Carnaval de Fortaleza. “Nós somos muito unidos. A palavra de ordem é determinação ao longo desses 7 anos. Nunca desistimos”, classificou Aloísio Rocha, presidente do grupo. Já Filhos de Oyá e Omôrisá Odê conquistaram o segundo e terceiro lugar, respectivamente.

A última categoria a ser revelada foi “Escolas de Samba”, cuja vencedora foi, pela primeira vez, a Imperadores da Parquelândia. Carlos Brito, presidente da Escola, avaliou o cenário de forma positiva e atribuiu a conquista inédita à perseverança e ao trabalho em equipe. “Este é o resultado de um trabalho de 9 meses, somado a todas as nossas experiências anteriores. Foi um trabalho árduo, mas recompensador. Estou muito emocionado”, declarou.

Na oportunidade, o titular da Secultfor, Gilvan Paiva, recebeu, das mãos do Rei Momo, Gil Barata, a chave da Cidade, simbolizando o término do Ciclo Carnavalesco de 2019.

Quesitos de avaliação

Os quesitos de avaliação foram:

Para Maracatus: Porta Estandarte, Rainha, Balaieiro, Loa, Batuque e Fantasia; Para Blocos e Cordões: Baliza, Porta Estandarte, Abre Alas, Letra e Música, Bateria / Orquestra, Fantasia; Afoxéspara Porta Estandarte, Orixá Patrono ou Patronesse, Harmonia, Tema, Batuque, Ala das Baianas, Fantasia, Música ou Orin / Oró; e para Escolas de Samba: Comissão de Frente, Abra Alas, Alegorias e Adereços, Mestre Sala e Porta Bandeira, Harmonia, Evolução, Fantasia, Samba Enredo, Bateria e Enredo.

Premiação

Os prêmios para os vencedores foram de R$5 mil, R$4 mil e R$3 mil para 1º, 2º e 3º lugares, respectivamente, entre Blocos, Afoxés, Escolas de Samba e os Maracatus que desfilam no domingo.

Para os Cordões, a premiação foi de R$5 mil e R$ 4 mil para 1º e 2º lugares.

Para o grupo de Maracatus que desfilam no sábado, a premiação, para o primeiro colocado, foi um troféu, a oportunidade de desfilar e competir no domingo no carnaval do ano seguinte, e o prêmio de R$3 mil.

Carnaval

De sábado (02/03) a terça-feira (05/03), a avenida Domingos Olímpio recebeu as apresentações de mais de 40 agremiações. Além de todo apoio estrutural, os grupos que passaram pelo corredor carnavalesco foram contemplados via Edital Público da Secultfor, cujos recursos são da ordem de R$916 mil.

O Ciclo Carnavalesco 2019 foi uma realização da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza, com patrocínio oficial da marca Skol. A festa homenageou Tia Simoa, figura histórica na luta pela liberdade do povo negro no Estado, e Arnaud Silvério, fomentador cultural e um dos fundadores da Associação Cultural das Entidades Carnavalescas do Estado do Ceará (Acecce).


Confira o resultado das agremiações:

Categoria Maracatus (Sábado)
1º lugar: Nação Fortaleza (115 pontos)
2º lugar: Rei Zumbi (113 pontos)
3º lugar: Kizomba (111 pontos)

Categoria Maracatus (Domingo)
1º lugar: Vozes da África (120 pontos)
2º lugar: Nação Baobab (119 pontos)
3º lugar: Nação Pici (118 pontos)

Categoria Cordão
1º lugar: Vampiros da Princesa (111 pontos)
2º lugar: Princesa no Frevo (108 pontos)
3º lugar: As Bruxas (99 pontos)

Categoria Blocos
1º lugar: Turma do Mamão (117 pontos)
2º lugar: Doido é Tu (116 pontos)
3º lugar: Balakubaku Folia (115 pontos)

Categoria Afoxés
1º lugar: Obá Sá Rewá (157 pontos)
2º lugar: Filhos de Oyá (153 pontos)
3º lugar: Omorisá Odé (151 pontos)

Escolas de Samba
1º lugar: Imperadores da Parquelândia (197 pontos)
2º lugar: Unidos do Acaracuzinho (187 pontos)
3º lugar: Girassol de Iracema (182 pontos)

 

Escola de Samba Imperadores da Parquelândia vence o Carnaval de Fortaleza

Conheça as demais agremiações vencedoras que passaram pela Avenida Domingos Olímpio durante os quatro dias de festa

Carnaval
Integrantes da Imperadores da Parquelândia comemoram o título
Depois de quatro dias de Carnaval na Avenida Domingos Olímpio, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), divulgou, nesta quinta-feira (07/03), o resultado da apuração dos desfiles dos maracatus, afoxés, blocos, escolas de samba e cordões que passaram pela avenida. A cerimônia aconteceu no Ginásio Paulo Sarasate, em parceria com a Associação Cultural das Entidades Carnavalescas do Estado do Ceará (Acecce).

Dentre os grupos de Maracatu que desfilaram no sábado (02/03), o título de campeão foi conferido ao Nação Fortaleza, que voltará a desfilar no domingo em 2020. Durante a comemoração, a Rainha da agremiação há 15 anos, Débora Sá, celebrou a conquista. “O nosso trabalho e a mensagem que levamos à Avenida são gratificantes. Homenageamos uma mulher forte, Teresa de Benguela, trazendo à tona histórias que, às vezes, as pessoas não conhecem. O Maracatu, apesar de tradicional, busca resposta para problemas atuais. Por isso, também homenageamos Marielle Franco e clamamos por justiça”, afirmou.

Já as maiores agremiações da categoria se apresentaram, conforme a tradição, no domingo (03/03). O Maracatu Vozes da África conquistou, pela sexta vez consecutiva, o primeiro lugar dentre os seis grupos concorrentes. Motivo de alegria e de renovação para Marília Severiano, representante do grupo, que, na oportunidade, celebrou o reconhecimento atribuído. “Esta vitoria é fruto de todo o esforço da equipe envolvida no trabalho do Carnaval. Agradecemos aos nossos 350 brincantes, ao apoio da Prefeitura e de todas as esferas envolvidas”, pontuou.

Na segunda-feira (04/03), desfilaram na avenida cordões e blocos. Na categoria cordões, os campeões foram os Vampiros da Princesa, que deixaram a Princesa do Frevo e As Bruxas, respectivamente, em segundo e em terceiro lugar.

A disputa entre os blocos foi uma das mais acirradas. O grupo Turma do Mamão destacou-se e assumiu o primeiro lugar dentre os oito concorrentes da categoria. O presidente do Bloco, Raimundo Mamão, durante a comemoração, ressaltou a importância deste que é o terceiro título conquistado em 9 anos. “Estou muito emocionado. Este é mais do que um bloco. É uma família do bairro Moura Brasil que se fortalece com essa vitória e irá trabalhar cada vez mais”, garantiu.

Na categoria Afoxés, o Obá Sá Rewá comemorou o primeiro título de campeão conquistado no Carnaval de Fortaleza. “Nós somos muito unidos. A palavra de ordem é determinação ao longo desses 7 anos. Nunca desistimos”, classificou Aloísio Rocha, presidente do grupo. Já Filhos de Oyá e Omôrisá Odê conquistaram o segundo e terceiro lugar, respectivamente.

A última categoria a ser revelada foi “Escolas de Samba”, cuja vencedora foi, pela primeira vez, a Imperadores da Parquelândia. Carlos Brito, presidente da Escola, avaliou o cenário de forma positiva e atribuiu a conquista inédita à perseverança e ao trabalho em equipe. “Este é o resultado de um trabalho de 9 meses, somado a todas as nossas experiências anteriores. Foi um trabalho árduo, mas recompensador. Estou muito emocionado”, declarou.

Na oportunidade, o titular da Secultfor, Gilvan Paiva, recebeu, das mãos do Rei Momo, Gil Barata, a chave da Cidade, simbolizando o término do Ciclo Carnavalesco de 2019.

Quesitos de avaliação

Os quesitos de avaliação foram:

Para Maracatus: Porta Estandarte, Rainha, Balaieiro, Loa, Batuque e Fantasia; Para Blocos e Cordões: Baliza, Porta Estandarte, Abre Alas, Letra e Música, Bateria / Orquestra, Fantasia; Afoxéspara Porta Estandarte, Orixá Patrono ou Patronesse, Harmonia, Tema, Batuque, Ala das Baianas, Fantasia, Música ou Orin / Oró; e para Escolas de Samba: Comissão de Frente, Abra Alas, Alegorias e Adereços, Mestre Sala e Porta Bandeira, Harmonia, Evolução, Fantasia, Samba Enredo, Bateria e Enredo.

Premiação

Os prêmios para os vencedores foram de R$5 mil, R$4 mil e R$3 mil para 1º, 2º e 3º lugares, respectivamente, entre Blocos, Afoxés, Escolas de Samba e os Maracatus que desfilam no domingo.

Para os Cordões, a premiação foi de R$5 mil e R$ 4 mil para 1º e 2º lugares.

Para o grupo de Maracatus que desfilam no sábado, a premiação, para o primeiro colocado, foi um troféu, a oportunidade de desfilar e competir no domingo no carnaval do ano seguinte, e o prêmio de R$3 mil.

Carnaval

De sábado (02/03) a terça-feira (05/03), a avenida Domingos Olímpio recebeu as apresentações de mais de 40 agremiações. Além de todo apoio estrutural, os grupos que passaram pelo corredor carnavalesco foram contemplados via Edital Público da Secultfor, cujos recursos são da ordem de R$916 mil.

O Ciclo Carnavalesco 2019 foi uma realização da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza, com patrocínio oficial da marca Skol. A festa homenageou Tia Simoa, figura histórica na luta pela liberdade do povo negro no Estado, e Arnaud Silvério, fomentador cultural e um dos fundadores da Associação Cultural das Entidades Carnavalescas do Estado do Ceará (Acecce).


Confira o resultado das agremiações:

Categoria Maracatus (Sábado)
1º lugar: Nação Fortaleza (115 pontos)
2º lugar: Rei Zumbi (113 pontos)
3º lugar: Kizomba (111 pontos)

Categoria Maracatus (Domingo)
1º lugar: Vozes da África (120 pontos)
2º lugar: Nação Baobab (119 pontos)
3º lugar: Nação Pici (118 pontos)

Categoria Cordão
1º lugar: Vampiros da Princesa (111 pontos)
2º lugar: Princesa no Frevo (108 pontos)
3º lugar: As Bruxas (99 pontos)

Categoria Blocos
1º lugar: Turma do Mamão (117 pontos)
2º lugar: Doido é Tu (116 pontos)
3º lugar: Balakubaku Folia (115 pontos)

Categoria Afoxés
1º lugar: Obá Sá Rewá (157 pontos)
2º lugar: Filhos de Oyá (153 pontos)
3º lugar: Omorisá Odé (151 pontos)

Escolas de Samba
1º lugar: Imperadores da Parquelândia (197 pontos)
2º lugar: Unidos do Acaracuzinho (187 pontos)
3º lugar: Girassol de Iracema (182 pontos)