04 de outubro de 2019 em Meio ambiente

Florada dos Ipês na primavera transforma a paisagem de Fortaleza

A floração já pode ser vista nos parques, praças, canteiros e avenidas


duas mulheres caminhando em meio a árvores e ipês roxo florido
O Ipê se adequa perfeitamente ao espaço urbano, podendo ser plantada em diversas áreas, inclusive calçadas, pois sua raiz não compromete o passeio
O florescimento dos Ipês nos meses de setembro e outubro traz um colorido especial para Fortaleza e transforma o paisagismo da Capital em atração para turistas e fortalezenses. O visual, típico dessa época do ano, modifica a paisagem urbana e decora praças, avenidas, calçadas e canteiros centrais de vias públicas.

A árvore nativa, também conhecida como Pau d'Arco, adequa-se perfeitamente ao espaço urbano, podendo ser plantada em diversas áreas, inclusive calçadas, pois sua raiz não compromete o passeio. Além disso, o Ipê é atrativo de fauna e alcança a maturação rapidamente, atingindo a idade adulta em até dois anos, fase em que desenvolve a floração. “Assim como as cerejeiras no Japão, a floração dos Ipês, no Brasil, em especial, em Fortaleza, é um espetáculo para contemplação, transformando e colorindo o espaço urbano”, afirma Águeda Muniz, titular da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma).

A Prefeitura de Fortaleza, por meio do Plano de Arborização, realiza o plantio de Ipês, sistematicamente, em vias e imóveis, como também em obras públicas, onde muitos deles alcançaram, neste ano, sua floração. É o exemplo do Ipê plantado na Rua Emídio Lobo, no bairro Papicu, pela adotante Denise Maria Nogueira, por meio do Programa Árvore na Minha Calçada. “Acho lindo o Ipê, principalmente a florada. Eu era síndica do meu condomínio e plantamos um na calçada, todos os condôminos aprovaram. A rua fica mais bonita, todo mundo elogia. Eu fico muito feliz em olhar para nossa árvore e pensar que fui eu que plantei. Todos os dias vejo o resultado desta ação da minha varanda. Quem gosta de planta e ama a natureza deve participar do Programa Árvore na Minha Calçada”, afirma Denise.

O Ipê adotado pela senhora Denise foi doado e o plantio auxiliado pela Seuma, por meio do Projeto Árvore na Minha Calçada, que visa incentivar o plantio em calçadas, canteiros e imóveis. Além da doação da muda, o Projeto realiza o plantio, que também pode ser feito pelo cidadão, estreitando a relação afetiva com a vegetação. O voluntário se torna colaborador na manutenção da nova árvore e recebe todas as orientações sobre os cuidados necessários.

Projeto Árvore na Minha Calçada

Os interessados em adotar uma árvore, que pode ser Ipê ou outra espécie, podem se cadastrar na Seuma (Av. Dep. Paulino Rocha, 1343, Cajazeiras) ou enviar e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O telefone para contato é 3452.6910.

“O Projeto Árvore na Minha Calçada, desde seu lançamento, já realizou o plantio de mais de 4 mil novas árvores. É uma demanda voluntária da população que busca a Seuma para obter a nova vegetação. Somente esta parceria, poder público e cidadão, pode transformar nossa cidade em um local cada dia mais verde”, afirma Águeda Muniz, titular da Seuma.

Florada dos Ipês na primavera transforma a paisagem de Fortaleza

A floração já pode ser vista nos parques, praças, canteiros e avenidas

duas mulheres caminhando em meio a árvores e ipês roxo florido
O Ipê se adequa perfeitamente ao espaço urbano, podendo ser plantada em diversas áreas, inclusive calçadas, pois sua raiz não compromete o passeio
O florescimento dos Ipês nos meses de setembro e outubro traz um colorido especial para Fortaleza e transforma o paisagismo da Capital em atração para turistas e fortalezenses. O visual, típico dessa época do ano, modifica a paisagem urbana e decora praças, avenidas, calçadas e canteiros centrais de vias públicas.

A árvore nativa, também conhecida como Pau d'Arco, adequa-se perfeitamente ao espaço urbano, podendo ser plantada em diversas áreas, inclusive calçadas, pois sua raiz não compromete o passeio. Além disso, o Ipê é atrativo de fauna e alcança a maturação rapidamente, atingindo a idade adulta em até dois anos, fase em que desenvolve a floração. “Assim como as cerejeiras no Japão, a floração dos Ipês, no Brasil, em especial, em Fortaleza, é um espetáculo para contemplação, transformando e colorindo o espaço urbano”, afirma Águeda Muniz, titular da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma).

A Prefeitura de Fortaleza, por meio do Plano de Arborização, realiza o plantio de Ipês, sistematicamente, em vias e imóveis, como também em obras públicas, onde muitos deles alcançaram, neste ano, sua floração. É o exemplo do Ipê plantado na Rua Emídio Lobo, no bairro Papicu, pela adotante Denise Maria Nogueira, por meio do Programa Árvore na Minha Calçada. “Acho lindo o Ipê, principalmente a florada. Eu era síndica do meu condomínio e plantamos um na calçada, todos os condôminos aprovaram. A rua fica mais bonita, todo mundo elogia. Eu fico muito feliz em olhar para nossa árvore e pensar que fui eu que plantei. Todos os dias vejo o resultado desta ação da minha varanda. Quem gosta de planta e ama a natureza deve participar do Programa Árvore na Minha Calçada”, afirma Denise.

O Ipê adotado pela senhora Denise foi doado e o plantio auxiliado pela Seuma, por meio do Projeto Árvore na Minha Calçada, que visa incentivar o plantio em calçadas, canteiros e imóveis. Além da doação da muda, o Projeto realiza o plantio, que também pode ser feito pelo cidadão, estreitando a relação afetiva com a vegetação. O voluntário se torna colaborador na manutenção da nova árvore e recebe todas as orientações sobre os cuidados necessários.

Projeto Árvore na Minha Calçada

Os interessados em adotar uma árvore, que pode ser Ipê ou outra espécie, podem se cadastrar na Seuma (Av. Dep. Paulino Rocha, 1343, Cajazeiras) ou enviar e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O telefone para contato é 3452.6910.

“O Projeto Árvore na Minha Calçada, desde seu lançamento, já realizou o plantio de mais de 4 mil novas árvores. É uma demanda voluntária da população que busca a Seuma para obter a nova vegetação. Somente esta parceria, poder público e cidadão, pode transformar nossa cidade em um local cada dia mais verde”, afirma Águeda Muniz, titular da Seuma.