05 de agosto de 2019 em Saúde

Gonzaguinha do José Walter recebe a 10ª Sala de Apoio à Mulher que Amamenta de Fortaleza

Entrega da sala ocorre nesta quarta-feira (07/08), às 10h, e encerra as ações de sensibilização promovidas em alusão à Semana Mundial de Amamentação


mulher amamentando criança
O serviço reforça a importância da amamentação e incentiva a doação de leite

O Hospital Distrital Gonzaga Mota José Walter, o Gonzaguinha do José Walter, recebe nesta quarta-feira (07/08), às 10 horas, a 10º Sala de Apoio à Mulher que Amamenta/Posto de Coleta de Leite Humano. A entrega do equipamento encerra as ações de sensibilização promovidas pela Prefeitura de Fortaleza em alusão à Semana Mundial de Amamentação, nas 113 Unidades de Atenção Primária à Saúde e nas maternidades do Município.

A iniciativa busca ampliar o serviço voltado para o compartilhamento de informações sobre os benefícios do aleitamento materno, além de divulgar técnicas que auxiliam para uma boa amamentação. O aleitamento materno proporciona muitos benefícios cruciais à mãe e ao bebê. Pensando nisso, a sala conta com um enfermeiro e técnico de enfermagem, capacitados, que proporcionam um melhor acolhimento às mulheres, esclarecendo dúvidas e repassando orientações sobre o assunto. A importância da doação de leite também é reforçada nesses espaços. Cada litro de leite doado é suficiente para amamentar 10 bebês que estejam internados e/ou não podem ser amamentados pelas próprias mães.

A coordenadora da Saúde da Criança da Secretaria Muniicpal da Saúde (SMS), Riteméia Mesquita, reforça a importância da iniciativa. “Desde o pré-natal essas mães já podem procurar esse serviço a fim de compreender a amamentação e suas intercorrências. Além disso, as mamães recebem toda orientação de como retirar o leite da forma correta, de como armazená-lo e da importância da doação do leite materno”, esclarece.

O leite materno é considerado o alimento mais completo para o bebê. Contém substâncias como anticorpos e glóbulos brancos, essenciais para proteger a criança contra várias doenças. O próprio ato de mamar promove uma melhor flexibilidade na articulação das estruturas da fala e estimula o padrão respiratório nasal da criança.

Saiba mais

As Salas de Apoio à Mulher que Amamenta/Postos de Coleta de Leite Humano estão localizadas nos postos de saúde Rigoberto Romero (Regional II), Roberto Bruno (Regional IV), Dom Aloísio Lorscheider (Regional IV), Ronaldo Albuquerque (Regional V), Luis Franklin (Regional VI), além do Hospital e Maternidade Zilda Arns, Hospital Nossa Senhora da Conceição e nos Gonzaguinhas da Barra do Ceará e de Messejana. As salas recebem, em média, de 4 a 5 litros de leite por mês. Os equipamentos estão conveniados aos bancos de leite dos Hospitais Albert Sabin, Dr. Cesar Cals e Maternidade Escola Assis Chateaubriand.

Serviço
Entrega da 10ª Sala de Apoio à Mulher que Amamenta de Fortaleza
Data: 07/08 (quarta-feira)
Horário: 10h
Local: Hospital Distrital Gonzaga Mota José Walter - Gonzaguinha do José Walter (Av. D, 440 – 2ª etapa José Walter)

Gonzaguinha do José Walter recebe a 10ª Sala de Apoio à Mulher que Amamenta de Fortaleza

Entrega da sala ocorre nesta quarta-feira (07/08), às 10h, e encerra as ações de sensibilização promovidas em alusão à Semana Mundial de Amamentação

mulher amamentando criança
O serviço reforça a importância da amamentação e incentiva a doação de leite

O Hospital Distrital Gonzaga Mota José Walter, o Gonzaguinha do José Walter, recebe nesta quarta-feira (07/08), às 10 horas, a 10º Sala de Apoio à Mulher que Amamenta/Posto de Coleta de Leite Humano. A entrega do equipamento encerra as ações de sensibilização promovidas pela Prefeitura de Fortaleza em alusão à Semana Mundial de Amamentação, nas 113 Unidades de Atenção Primária à Saúde e nas maternidades do Município.

A iniciativa busca ampliar o serviço voltado para o compartilhamento de informações sobre os benefícios do aleitamento materno, além de divulgar técnicas que auxiliam para uma boa amamentação. O aleitamento materno proporciona muitos benefícios cruciais à mãe e ao bebê. Pensando nisso, a sala conta com um enfermeiro e técnico de enfermagem, capacitados, que proporcionam um melhor acolhimento às mulheres, esclarecendo dúvidas e repassando orientações sobre o assunto. A importância da doação de leite também é reforçada nesses espaços. Cada litro de leite doado é suficiente para amamentar 10 bebês que estejam internados e/ou não podem ser amamentados pelas próprias mães.

A coordenadora da Saúde da Criança da Secretaria Muniicpal da Saúde (SMS), Riteméia Mesquita, reforça a importância da iniciativa. “Desde o pré-natal essas mães já podem procurar esse serviço a fim de compreender a amamentação e suas intercorrências. Além disso, as mamães recebem toda orientação de como retirar o leite da forma correta, de como armazená-lo e da importância da doação do leite materno”, esclarece.

O leite materno é considerado o alimento mais completo para o bebê. Contém substâncias como anticorpos e glóbulos brancos, essenciais para proteger a criança contra várias doenças. O próprio ato de mamar promove uma melhor flexibilidade na articulação das estruturas da fala e estimula o padrão respiratório nasal da criança.

Saiba mais

As Salas de Apoio à Mulher que Amamenta/Postos de Coleta de Leite Humano estão localizadas nos postos de saúde Rigoberto Romero (Regional II), Roberto Bruno (Regional IV), Dom Aloísio Lorscheider (Regional IV), Ronaldo Albuquerque (Regional V), Luis Franklin (Regional VI), além do Hospital e Maternidade Zilda Arns, Hospital Nossa Senhora da Conceição e nos Gonzaguinhas da Barra do Ceará e de Messejana. As salas recebem, em média, de 4 a 5 litros de leite por mês. Os equipamentos estão conveniados aos bancos de leite dos Hospitais Albert Sabin, Dr. Cesar Cals e Maternidade Escola Assis Chateaubriand.

Serviço
Entrega da 10ª Sala de Apoio à Mulher que Amamenta de Fortaleza
Data: 07/08 (quarta-feira)
Horário: 10h
Local: Hospital Distrital Gonzaga Mota José Walter - Gonzaguinha do José Walter (Av. D, 440 – 2ª etapa José Walter)