29 de junho de 2020 em Habitação

Habitafor inicia acolhimento presencial a famílias vinculadas ao projeto Alto da Paz

Ação dá continuidade ao processo de entrega do residencial


A recepção também foi preparada para receber os usuários
Somente as pessoas que receberam a ligação devem comparecer à Habitafor

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor) inicia, nesta segunda-feira (29/6), o acolhimento presencial a famílias vinculadas ao projeto Alto da Paz. O atendimento é exclusivo àqueles beneficiários que receberam a ligação da equipe técnica e confirmaram o agendamento.

O objetivo dar continuidade nos trabalhos para entregar o residencial Alto da Paz, localizado no Vicente Pinzón. “Este atendimento foi agendado previamente pela nossa equipe e, portanto, somente devem comparecer à Habitafor aquelas pessoas que receberam a nossa ligação”, explica a coordenadora de Programas Sociais da Secretaria, Andrea Cialdini.

Entre as principais pendências que deverão ser analisadas pelos profissionais, estão questões relacionadas à atualização de documentos, ajustes com o agente financeiro e confirmação de dossiês.

Além do agendamento prévio para evitar aglomeração, a Habitafor mantém um aparato de segurança para evitar a propagação da Covid-19, com os funcionários utilizando equipamentos proteção individual como face shield e álcool em gel, bem como foram instaladas barreiras de acrílico entre os atendentes e usuários.

O residencial Alto da Paz

Com 1.111 unidades o residencial Alto da Paz está com 100% da obra física concluída, inclusive com aprovações do Habite-se, do Corpo de Bombeiros, das concessionárias da água e luz. Recentemente, teve as matrículas de cada apartamento liberadas pelo Cartório de Registro de Imóveis da 5ª Zona.

No último dia 1º de junho, o prefeito Roberto Cláudio realizou, juntamente com a secretária do Desenvolvimento Habitacional Olinda Marques e representantes da Caixa Econômica Federal, o sorteio de loteamento dos apartamentos. A Habitafor e a Caixajá estudam um plano para executar os próximos passos, que são a vistoria e a assinatura de contratos.

Além de abrigar as famílias que estavam no terreno, o Alto da Paz também receberá moradores beneficiados com a urbanização do Serviluz e de outras áreas de riscos do entorno, além de beneficiários de intervenções urbanísticas nas lagoas do Papicu e Gengibre.

Habitafor inicia acolhimento presencial a famílias vinculadas ao projeto Alto da Paz

Ação dá continuidade ao processo de entrega do residencial

A recepção também foi preparada para receber os usuários
Somente as pessoas que receberam a ligação devem comparecer à Habitafor

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor) inicia, nesta segunda-feira (29/6), o acolhimento presencial a famílias vinculadas ao projeto Alto da Paz. O atendimento é exclusivo àqueles beneficiários que receberam a ligação da equipe técnica e confirmaram o agendamento.

O objetivo dar continuidade nos trabalhos para entregar o residencial Alto da Paz, localizado no Vicente Pinzón. “Este atendimento foi agendado previamente pela nossa equipe e, portanto, somente devem comparecer à Habitafor aquelas pessoas que receberam a nossa ligação”, explica a coordenadora de Programas Sociais da Secretaria, Andrea Cialdini.

Entre as principais pendências que deverão ser analisadas pelos profissionais, estão questões relacionadas à atualização de documentos, ajustes com o agente financeiro e confirmação de dossiês.

Além do agendamento prévio para evitar aglomeração, a Habitafor mantém um aparato de segurança para evitar a propagação da Covid-19, com os funcionários utilizando equipamentos proteção individual como face shield e álcool em gel, bem como foram instaladas barreiras de acrílico entre os atendentes e usuários.

O residencial Alto da Paz

Com 1.111 unidades o residencial Alto da Paz está com 100% da obra física concluída, inclusive com aprovações do Habite-se, do Corpo de Bombeiros, das concessionárias da água e luz. Recentemente, teve as matrículas de cada apartamento liberadas pelo Cartório de Registro de Imóveis da 5ª Zona.

No último dia 1º de junho, o prefeito Roberto Cláudio realizou, juntamente com a secretária do Desenvolvimento Habitacional Olinda Marques e representantes da Caixa Econômica Federal, o sorteio de loteamento dos apartamentos. A Habitafor e a Caixajá estudam um plano para executar os próximos passos, que são a vistoria e a assinatura de contratos.

Além de abrigar as famílias que estavam no terreno, o Alto da Paz também receberá moradores beneficiados com a urbanização do Serviluz e de outras áreas de riscos do entorno, além de beneficiários de intervenções urbanísticas nas lagoas do Papicu e Gengibre.