24 de agosto de 2022 em Meio ambiente

Mês da Primeira Infância: Projeto Uma Criança, Uma Árvore já entregou mais de 5 mil mudas em maternidades

Iniciativa conta com a parceria da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL)


A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), já fez a entrega de mais de 5 mil mudas do projeto Uma Criança, Uma Árvore, que faz parte do Plano de Arborização de Fortaleza. Nesta terça-feira (23/08), uma equipe da Prefeitura visitou uma das unidades participantes, o Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns, dentro da programação do Mês da Primeira Infância, para celebrar a conquista ao lado da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL), parceira da iniciativa.

A titular da Seuma, Luciana Lobo, fez a entrega de mudas para duas mães da unidade hospitalar, acompanhada do presidente da CDL Fortaleza, Assis Cavalcante, da assessora técnica da Coordenadoria Especial da Primeira Infância, Angélica Leal, e da diretora-executiva do Hospital da Mulher, Dra. Meg Saraiva. Em ato simbólico, as mães Paloma Farias e Fernanda Oliveira receberam as mudas 5.000 e 5.001 do Uma Criança, Uma Árvore.

"Já imagino ele crescendo com a árvore. Vai crescer e sempre saber desta árvore", disse Fernanda, olhando para o pequeno Lucas, com um dia de vida. Enquanto Paloma já deu até nome para a futura árvore, Jasmine, que acompanhará o crescimento da filha. "A planta vai gerar outra vida e dar oportunidade para minha filha aprender cada vez coisas melhores sobre a árvore. Conforme a gente gera uma vida, vocês também estão gerando vida pra gente", comentou.

Para a secretária Luciana Lobo, o Uma Criança, Uma Árvore reforça o compromisso da atual gestão com o verde da cidade. "O projeto é mais um braço do nosso Plano de Arborização, que também conta com o Árvore na Minha Calçada, a doação de mudas, o projeto de plantio de árvores de grande porte que a Secretaria de Infraestrutura está fazendo. A gente está trabalhando em muitos braços para que Fortaleza seja uma cidade cada vez mais verde", comemorou.

O presidente da CDL Fortaleza, Assis Cavalcante, é outro entusiasta do projeto. "É um momento muito rico, de muita emoção, onde a gente vê a coparticipação da entidade CDL com a Prefeitura, com a cidade e com
a sociedade", disse Cavalcante. Já a Dra. Meg Saraiva, que acompanha diariamente o sentimento das famílias, destaca a simbologia da ação. "A gente consegue fortalecer esse vínculo familiar e fortalecer o vínculo dessa família com a cidade, porque vão estar trabalhando ativamente na melhoria da qualidade de vida da nossa cidade".

Sobre o projeto

Nascido em 2016, o projeto Uma Criança, Uma Árvore conta com o apoio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), e busca estreitar, desde o nascimento das crianças, a relação das famílias com o meio ambiente, ao mesmo tempo em que amplia a cobertura arbórea da nossa cidade. De junho a agosto, 210 kits com muda, adubo e uma cartilha explicativa foram entregues às mães dentro de unidades hospitalares participantes, como Hospital da Mulher, Maternidade-Escola Assis Chateaubriand, Hospital José Martiniano de Alencar, Hospital Nossa Senhora da Conceição, Maternidade São Camilo e Maternidade do Gonzaguinha da Barra do Ceará.

Mês da Primeira Infância: Projeto Uma Criança, Uma Árvore já entregou mais de 5 mil mudas em maternidades

Iniciativa conta com a parceria da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL)

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), já fez a entrega de mais de 5 mil mudas do projeto Uma Criança, Uma Árvore, que faz parte do Plano de Arborização de Fortaleza. Nesta terça-feira (23/08), uma equipe da Prefeitura visitou uma das unidades participantes, o Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns, dentro da programação do Mês da Primeira Infância, para celebrar a conquista ao lado da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL), parceira da iniciativa.

A titular da Seuma, Luciana Lobo, fez a entrega de mudas para duas mães da unidade hospitalar, acompanhada do presidente da CDL Fortaleza, Assis Cavalcante, da assessora técnica da Coordenadoria Especial da Primeira Infância, Angélica Leal, e da diretora-executiva do Hospital da Mulher, Dra. Meg Saraiva. Em ato simbólico, as mães Paloma Farias e Fernanda Oliveira receberam as mudas 5.000 e 5.001 do Uma Criança, Uma Árvore.

"Já imagino ele crescendo com a árvore. Vai crescer e sempre saber desta árvore", disse Fernanda, olhando para o pequeno Lucas, com um dia de vida. Enquanto Paloma já deu até nome para a futura árvore, Jasmine, que acompanhará o crescimento da filha. "A planta vai gerar outra vida e dar oportunidade para minha filha aprender cada vez coisas melhores sobre a árvore. Conforme a gente gera uma vida, vocês também estão gerando vida pra gente", comentou.

Para a secretária Luciana Lobo, o Uma Criança, Uma Árvore reforça o compromisso da atual gestão com o verde da cidade. "O projeto é mais um braço do nosso Plano de Arborização, que também conta com o Árvore na Minha Calçada, a doação de mudas, o projeto de plantio de árvores de grande porte que a Secretaria de Infraestrutura está fazendo. A gente está trabalhando em muitos braços para que Fortaleza seja uma cidade cada vez mais verde", comemorou.

O presidente da CDL Fortaleza, Assis Cavalcante, é outro entusiasta do projeto. "É um momento muito rico, de muita emoção, onde a gente vê a coparticipação da entidade CDL com a Prefeitura, com a cidade e com
a sociedade", disse Cavalcante. Já a Dra. Meg Saraiva, que acompanha diariamente o sentimento das famílias, destaca a simbologia da ação. "A gente consegue fortalecer esse vínculo familiar e fortalecer o vínculo dessa família com a cidade, porque vão estar trabalhando ativamente na melhoria da qualidade de vida da nossa cidade".

Sobre o projeto

Nascido em 2016, o projeto Uma Criança, Uma Árvore conta com o apoio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), e busca estreitar, desde o nascimento das crianças, a relação das famílias com o meio ambiente, ao mesmo tempo em que amplia a cobertura arbórea da nossa cidade. De junho a agosto, 210 kits com muda, adubo e uma cartilha explicativa foram entregues às mães dentro de unidades hospitalares participantes, como Hospital da Mulher, Maternidade-Escola Assis Chateaubriand, Hospital José Martiniano de Alencar, Hospital Nossa Senhora da Conceição, Maternidade São Camilo e Maternidade do Gonzaguinha da Barra do Ceará.