03 de junho de 2022 em Mobilidade

Opção de lazer com acessibilidade, projeto Bike sem Barreiras tem mais uma edição neste sábado (04/06)

O programa funciona de 8h às 12h, na Praia de Iracema. A tenda da ação está instalada ao lado do Centro Cultural Belchior


instrutor levando uma pessoa numa bike adaptada
A atividade, com três modelos de bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida ou autistas, é realizada por meio de parceria da AMC e Uninassau (Foto: Thiago Gaspar)

Para promover a prática de esporte com inclusão e lazer, a Prefeitura de Fortaleza oferece, neste sábado (04/06), mais uma edição do projeto Bike sem Barreiras. A atividade, com três modelos de bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida ou autistas, é realizada por meio de parceria da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e Uninassau.

O programa funciona de 8h às 12h, na Praia de Iracema. Para participar, os interessados devem apresentar documento de identificação - sem a necessidade de agendamento prévio - na tenda da ação, instalada ao lado do Centro Cultural Belchior e em frente ao projeto Praia Acessível, idealizado pelo pelo Governo do Estado, via Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), e executado em parceria com a Secretaria Municipal do Turismo (Setfor).

Modelos

São oferecidos três modelos diferentes de bicicletas adaptadas. Um triciclo adaptado para ser pedalado com as mãos, conhecido como handbike; uma bicicleta dupla, que é pedalada por uma pessoa com deficiência visual e pelo acompanhante; e uma bike adaptada composta por uma cadeira de rodas no lugar da roda dianteira, voltada para usuários com tetraplegia ou deficiência múltipla, chamada de The Duet.

Os usuários têm o suporte de profissionais e estudantes do curso de fisioterapia da Uninassau, disponíveis para orientá-los e conduzir as bicicletas, quando necessário.

Opção de lazer com acessibilidade, projeto Bike sem Barreiras tem mais uma edição neste sábado (04/06)

O programa funciona de 8h às 12h, na Praia de Iracema. A tenda da ação está instalada ao lado do Centro Cultural Belchior

instrutor levando uma pessoa numa bike adaptada
A atividade, com três modelos de bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida ou autistas, é realizada por meio de parceria da AMC e Uninassau (Foto: Thiago Gaspar)

Para promover a prática de esporte com inclusão e lazer, a Prefeitura de Fortaleza oferece, neste sábado (04/06), mais uma edição do projeto Bike sem Barreiras. A atividade, com três modelos de bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida ou autistas, é realizada por meio de parceria da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e Uninassau.

O programa funciona de 8h às 12h, na Praia de Iracema. Para participar, os interessados devem apresentar documento de identificação - sem a necessidade de agendamento prévio - na tenda da ação, instalada ao lado do Centro Cultural Belchior e em frente ao projeto Praia Acessível, idealizado pelo pelo Governo do Estado, via Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), e executado em parceria com a Secretaria Municipal do Turismo (Setfor).

Modelos

São oferecidos três modelos diferentes de bicicletas adaptadas. Um triciclo adaptado para ser pedalado com as mãos, conhecido como handbike; uma bicicleta dupla, que é pedalada por uma pessoa com deficiência visual e pelo acompanhante; e uma bike adaptada composta por uma cadeira de rodas no lugar da roda dianteira, voltada para usuários com tetraplegia ou deficiência múltipla, chamada de The Duet.

Os usuários têm o suporte de profissionais e estudantes do curso de fisioterapia da Uninassau, disponíveis para orientá-los e conduzir as bicicletas, quando necessário.