19 de setembro de 2017 em Habitação

Prefeito Roberto Cláudio anuncia política habitacional inédita para servidores municipais de Fortaleza

Dois conjuntos habitacionais serão instalados no bairro Passaré, contemplando 550 servidores com renda familiar entre R$ 2.600,00 e R$ 6.500,00


Reunião
Prefeito Roberto Cláudio se reuniu com os diretores do Sindifort (Foto: Kiko Silva)

O prefeito Roberto Cláudio apresentou, nesta terça-feira (19/09), uma política habitacional inédita que vai beneficiar 550 servidores municipais de Fortaleza. Durante reunião com representantes da Frente das Entidades Representativas dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (FersepFor), na sede da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), o Prefeito confirmou um dos compromissos firmados durante a Mesa Permanente de Negociação 2017 de garantir aos servidores condições para a compra da casa própria.

Serão dois conjuntos habitacionais localizados no bairro Passaré, com toda a infraestrutura de lazer incluída, destinados a servidores de carreira com renda familiar entre R$ 2.600,00 e R$ 6.500,00. A Prefeitura irá subsidiar o financiamento dos dois empreendimentos que contemplam as faixas 1,5 e 2 do programa “Minha Casa, Minha Vida”. O Village 1 terá cinco andares e o Village 2 terá nove andares, num total de 550 unidades habitacionais.

“Na prática, a Prefeitura está garantindo aos servidores que não têm casa própria e atendam aos critérios de renda familiar, possibilidades reais de aquisição da sua casa própria, procurando zelar pelo bem-estar do servidor e buscando caminhos para garantir condições mais favoráveis de se conquistar a casa própria”, declarou o Prefeito.

O primeiro empreendimento será composto por 480 apartamento divididos em 44 blocos, dois elevadores por conjunto de quatro blocos e uma vaga de garagem por unidade. Os apartamentos terão área de 47,7m², dois quartos, um banheiro, uma sala de estar/jantar, cozinha e área de serviço. As áreas comuns serão contempladas com salão de festas, deck, piscina, praça, playground, espaço fitness e quadra de esportes. O valor de mercado do imóvel é equivalente a R$ 206 mil, mas, com o subsídio da Prefeitura, será comprado pelo servidor por R$ 109 mil.

Já o segundo contará com 70 apartamento divididos em quatro blocos, dois elevadores, uma vaga de garagem por unidade. Os apartamentos terão 52m², divididos em dois quartos, um banheiro privativo com closet, um banheiro social, ums sala de estar/jantar, cozinha e área de serviço. As áreas comuns terão salão de festas, deck, piscina, praça, playground, espaço fitness. O valor de mercado é equivalente a R$ 249 mil e, com o subsídio da Prefeitura, será vendido ao servidor por R$ 128 mil.

Definição de critérios
Uma segunda reunião ficou agendada para o próximo dia 27, com a participação da Prefeitura, FersepFor e de representantes da Caixa Econômica Federal, para a definição dos critérios que serão utilizados para a inscrição e o sorteio dos servidores que serão beneficiados pelo novo programa. A expectativa é de que, dentro de quatro meses, as obras dos dois empreendimentos sejam iniciadas.

Na avaliação do vice-presidente do Sindifort, Eriston Ferreira, a ação trará benefícios à categoria ao adaptar os valores dos empreendimentos à realidade financeira de cada setor. “A gente considera uma vitória do Sindicato. Há 20 anos, o Sindifort vem apresentando projetos à Prefeitura a respeito de habitação para os servidores. A proposta apresentada, a nosso ver, realmente é positiva, sobretudo quando comparada ao que é oferecido no mercado. É importante que a gente crie critérios para oferecer melhores condições aos servidores que mais necessitam”, avaliou.

Prefeito Roberto Cláudio anuncia política habitacional inédita para servidores municipais de Fortaleza

Dois conjuntos habitacionais serão instalados no bairro Passaré, contemplando 550 servidores com renda familiar entre R$ 2.600,00 e R$ 6.500,00

Reunião
Prefeito Roberto Cláudio se reuniu com os diretores do Sindifort (Foto: Kiko Silva)

O prefeito Roberto Cláudio apresentou, nesta terça-feira (19/09), uma política habitacional inédita que vai beneficiar 550 servidores municipais de Fortaleza. Durante reunião com representantes da Frente das Entidades Representativas dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (FersepFor), na sede da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), o Prefeito confirmou um dos compromissos firmados durante a Mesa Permanente de Negociação 2017 de garantir aos servidores condições para a compra da casa própria.

Serão dois conjuntos habitacionais localizados no bairro Passaré, com toda a infraestrutura de lazer incluída, destinados a servidores de carreira com renda familiar entre R$ 2.600,00 e R$ 6.500,00. A Prefeitura irá subsidiar o financiamento dos dois empreendimentos que contemplam as faixas 1,5 e 2 do programa “Minha Casa, Minha Vida”. O Village 1 terá cinco andares e o Village 2 terá nove andares, num total de 550 unidades habitacionais.

“Na prática, a Prefeitura está garantindo aos servidores que não têm casa própria e atendam aos critérios de renda familiar, possibilidades reais de aquisição da sua casa própria, procurando zelar pelo bem-estar do servidor e buscando caminhos para garantir condições mais favoráveis de se conquistar a casa própria”, declarou o Prefeito.

O primeiro empreendimento será composto por 480 apartamento divididos em 44 blocos, dois elevadores por conjunto de quatro blocos e uma vaga de garagem por unidade. Os apartamentos terão área de 47,7m², dois quartos, um banheiro, uma sala de estar/jantar, cozinha e área de serviço. As áreas comuns serão contempladas com salão de festas, deck, piscina, praça, playground, espaço fitness e quadra de esportes. O valor de mercado do imóvel é equivalente a R$ 206 mil, mas, com o subsídio da Prefeitura, será comprado pelo servidor por R$ 109 mil.

Já o segundo contará com 70 apartamento divididos em quatro blocos, dois elevadores, uma vaga de garagem por unidade. Os apartamentos terão 52m², divididos em dois quartos, um banheiro privativo com closet, um banheiro social, ums sala de estar/jantar, cozinha e área de serviço. As áreas comuns terão salão de festas, deck, piscina, praça, playground, espaço fitness. O valor de mercado é equivalente a R$ 249 mil e, com o subsídio da Prefeitura, será vendido ao servidor por R$ 128 mil.

Definição de critérios
Uma segunda reunião ficou agendada para o próximo dia 27, com a participação da Prefeitura, FersepFor e de representantes da Caixa Econômica Federal, para a definição dos critérios que serão utilizados para a inscrição e o sorteio dos servidores que serão beneficiados pelo novo programa. A expectativa é de que, dentro de quatro meses, as obras dos dois empreendimentos sejam iniciadas.

Na avaliação do vice-presidente do Sindifort, Eriston Ferreira, a ação trará benefícios à categoria ao adaptar os valores dos empreendimentos à realidade financeira de cada setor. “A gente considera uma vitória do Sindicato. Há 20 anos, o Sindifort vem apresentando projetos à Prefeitura a respeito de habitação para os servidores. A proposta apresentada, a nosso ver, realmente é positiva, sobretudo quando comparada ao que é oferecido no mercado. É importante que a gente crie critérios para oferecer melhores condições aos servidores que mais necessitam”, avaliou.