22 de dezembro de 2017 em Habitação

Prefeito Roberto Cláudio e governador Camilo Santana entregam 560 unidades do Conjunto Residencial Euclides Ferreira Gomes

1.488 fortalezenses já foram contemplados com apartamentos no complexo habitacional, e outras 944 unidades serão entregues no próximo ano


Residencial
Ao todo, o complexo habitacional acolherá 2.992 famílias (Foto: Marcos Moura)

O prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana entregaram 560 unidades habitacionais às famílias contempladas com a segunda etapa do Residencial José Euclides Ferreira Gomes, na manhã desta sexta-feira (22/12), no bairro Jangurussu. Com a atividade, os moradores oriundos de áreas de risco e em situação de vulnerabilidade social poderão passar a noite de Natal com suas famílias nas novas casas, concretizando o sonho de uma vida.

“Estão de parabéns o governador Camilo e os beneficiários pela entrega de um sonho realizado. Quantos aqui não esperaram 50, 60 anos para ter um teto, para dar dignidade à família, e hoje estão realizando este sonho? Estou muito feliz em a Prefeitura ter de alguma maneira apoiado essa iniciativa do Governo, com o Minha Casa Minha Vida, com a Caixa Econômica, e hoje estarmos acompanhado a felicidade desse povo maravilhoso”, afirmou o Roberto Cláudio.

Ao todo, foram entregues 560 unidades do Conjunto Residencial Euclides Ferreira Gomes, que possibilitarão uma vida nova a fortalezenses em uma data tão especial, como explicou Camilo Santana. “A ideia é que as famílias já pudessem se mudar antes do Natal, até para estarem na casa nova, junto aos filhos e familiares e se confraternizarem na noite de Natal. Em parceria com Prefeitura e Caixa Econômica Federal, Fortaleza tem ganhado muitas unidades habitacionais. Já tivemos várias unidades habitacionais inauguradas neste ano e teremos mais várias outras ano que vem. Isso é uma política pública que garante moradia digna às famílias mais pobres e carentes”, completou o Governador.

O complexo habitacional acolherá, ao todo, 2.992 famílias. Destas, 1.488 já foram contempladas com seus imóveis em agosto deste ano e 560 receberão seus apartamentos nesta sexta-feira. A expectativa é que no próximo ano, as últimas 944 unidades deste residencial sejam sorteadas e entregues. As unidades habitacionais foram construídas com dois quartos, uma sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Todos os cômodos possuem piso em cerâmica e revestimento (cozinha e banheiro).

Maria Aline de Oliveira, mãe de duas filhas que morava na área de risco do Cocó e hoje recebeu a chave da casa, comentou a realização do sonho de uma vida. “Estou muito feliz. Desde que fiz a vistoria estou muito feliz, não consegui nem dormir. Oito anos que estava ali, enfrentei enchente, enfrentei tudo com as minhas filhas e agora estou muito feliz por ter minha casa. Agora, é só alegria, arranjar um trabalho, não vou precisar estar na casa dos outros e vou viver bem na minha casa, dando moradia digna às minhas filhas”, completou.

O investimento total para construção do residencial foi de R$ 206,448 milhões, sendo R$ 188,496 milhões do Governo Federal e R$ 17,952 milhões de contrapartida do Governo do Estado. As famílias beneficiadas com o empreendimento são oriundas dos projetos Maranguapinho, Cocó e entidades não vinculadas.

Prefeitura e Governo juntos tem mais de 20 mil casas populares em construção, em uma parceria administrativa com o apoio do Minha Casa Minha Vida que tem garantido esse sonho a milhares de pessoas em toda Fortaleza.

Prefeito Roberto Cláudio e governador Camilo Santana entregam 560 unidades do Conjunto Residencial Euclides Ferreira Gomes

1.488 fortalezenses já foram contemplados com apartamentos no complexo habitacional, e outras 944 unidades serão entregues no próximo ano

Residencial
Ao todo, o complexo habitacional acolherá 2.992 famílias (Foto: Marcos Moura)

O prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana entregaram 560 unidades habitacionais às famílias contempladas com a segunda etapa do Residencial José Euclides Ferreira Gomes, na manhã desta sexta-feira (22/12), no bairro Jangurussu. Com a atividade, os moradores oriundos de áreas de risco e em situação de vulnerabilidade social poderão passar a noite de Natal com suas famílias nas novas casas, concretizando o sonho de uma vida.

“Estão de parabéns o governador Camilo e os beneficiários pela entrega de um sonho realizado. Quantos aqui não esperaram 50, 60 anos para ter um teto, para dar dignidade à família, e hoje estão realizando este sonho? Estou muito feliz em a Prefeitura ter de alguma maneira apoiado essa iniciativa do Governo, com o Minha Casa Minha Vida, com a Caixa Econômica, e hoje estarmos acompanhado a felicidade desse povo maravilhoso”, afirmou o Roberto Cláudio.

Ao todo, foram entregues 560 unidades do Conjunto Residencial Euclides Ferreira Gomes, que possibilitarão uma vida nova a fortalezenses em uma data tão especial, como explicou Camilo Santana. “A ideia é que as famílias já pudessem se mudar antes do Natal, até para estarem na casa nova, junto aos filhos e familiares e se confraternizarem na noite de Natal. Em parceria com Prefeitura e Caixa Econômica Federal, Fortaleza tem ganhado muitas unidades habitacionais. Já tivemos várias unidades habitacionais inauguradas neste ano e teremos mais várias outras ano que vem. Isso é uma política pública que garante moradia digna às famílias mais pobres e carentes”, completou o Governador.

O complexo habitacional acolherá, ao todo, 2.992 famílias. Destas, 1.488 já foram contempladas com seus imóveis em agosto deste ano e 560 receberão seus apartamentos nesta sexta-feira. A expectativa é que no próximo ano, as últimas 944 unidades deste residencial sejam sorteadas e entregues. As unidades habitacionais foram construídas com dois quartos, uma sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Todos os cômodos possuem piso em cerâmica e revestimento (cozinha e banheiro).

Maria Aline de Oliveira, mãe de duas filhas que morava na área de risco do Cocó e hoje recebeu a chave da casa, comentou a realização do sonho de uma vida. “Estou muito feliz. Desde que fiz a vistoria estou muito feliz, não consegui nem dormir. Oito anos que estava ali, enfrentei enchente, enfrentei tudo com as minhas filhas e agora estou muito feliz por ter minha casa. Agora, é só alegria, arranjar um trabalho, não vou precisar estar na casa dos outros e vou viver bem na minha casa, dando moradia digna às minhas filhas”, completou.

O investimento total para construção do residencial foi de R$ 206,448 milhões, sendo R$ 188,496 milhões do Governo Federal e R$ 17,952 milhões de contrapartida do Governo do Estado. As famílias beneficiadas com o empreendimento são oriundas dos projetos Maranguapinho, Cocó e entidades não vinculadas.

Prefeitura e Governo juntos tem mais de 20 mil casas populares em construção, em uma parceria administrativa com o apoio do Minha Casa Minha Vida que tem garantido esse sonho a milhares de pessoas em toda Fortaleza.