12 de fevereiro de 2019 em Habitação

Prefeito Roberto Cláudio visita obras do Residencial Maria Alves Carioca

Empreendimento está na fase final de acabamento e deve ser entregue no início do segundo semestre


várias pessoas caminham no canteiro de obras de apartamentos
"Esta é uma obra social de extrema importância e faz parte de uma grande ação na Cidade, que, ainda este ano, vai entregar 8 mil casas populares para moradores de baixa renda de Fortaleza”, destacou Roberto Cláudio
O prefeito Roberto Cláudio visitou, na manhã desta terça-feira (12/02), as obras do Residencial Maria Alves Carioca, no bairro Granja Lisboa (Regional V). O empreendimento faz parte do Programa “Minha Casa Minha Vida” faixa 1, que favorece famílias com renda mensal de até R$ 1.800,00.

O Residencial tem 192 unidades habitacionais divididas em quatro blocos. Cada apartamento tem dois quartos, sala, cozinha e banheiro divididos em 50 m2. Todos os apartamentos são adaptáveis para portadores de necessidades especiais e 3% deles já estão adaptados para os novos moradores.

A obra, orçada em R$ 15 milhões, tem financiamento da Prefeitura de Fortaleza com recursos de Contrapartida de Obras do PAC (CPAC) e do Governo Federal. A previsão é de que o Residencial seja entregue no início do segundo semestre.

“Estamos na fase final de acabamento e de ações hidrossanitárias. Além disso, o entorno está recebendo obras de urbanização e a ligação de água e esgoto. Esta é uma obra social de extrema importância e faz parte de uma grande ação na Cidade, que, ainda este ano, vai entregar outras 8 mil casas populares para moradores de baixa renda de Fortaleza”, destacou Roberto Cláudio.

Para se cadastrar e concorrer ao sorteio que dá direito a um apartamento no residencial, os moradores precisam comparecer à sede da Secretaria Regional V (Av. Augusto dos Anjos, 2466 - Bonsucesso), portando RG, CPF, comprovante de residência e de renda, além do NIS dos companheiros e cônjuges.

“Até 24 horas antes do sorteio, as famílias que se encaixem nos critérios podem procurar a Secretaria com sua documentação. O cadastro é analisado e entra no sistema para concorrer ao sorteio, que geralmente é feito na Câmara Municipal”, detalhou a secretária do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza, Olinda Marques.

Instituto Katiana Pena

O prefeito Roberto Cláudio aproveitou a ida até o empreendimento e visitou o Instituto Katiana Pena. A ideia é cadastrar a entidade no projeto Mais Educação Fortaleza, que oferece atividades no contraturno escolar para reduzir o abandono da escola, a reprovação dos estudantes e a distorção de idade e ano.

O Instituto Katiana Pena existe desde 2015 e foi idealizado pela bailarina Katiana Pena para usar a dança como instrumento de socialização. Além das 19 turmas de balé, também oferece atividades complementares como aulas de pintura, de artes e de violão. Atualmente, atende 600 crianças da comunidade de forma gratuita e todas elas recebem um lanche no final das aulas, que são oferecidas no contraturno escolar, por meio de parceria com as escolas da Granja Lisboa.

Prefeito Roberto Cláudio visita obras do Residencial Maria Alves Carioca

Empreendimento está na fase final de acabamento e deve ser entregue no início do segundo semestre

várias pessoas caminham no canteiro de obras de apartamentos
"Esta é uma obra social de extrema importância e faz parte de uma grande ação na Cidade, que, ainda este ano, vai entregar 8 mil casas populares para moradores de baixa renda de Fortaleza”, destacou Roberto Cláudio
O prefeito Roberto Cláudio visitou, na manhã desta terça-feira (12/02), as obras do Residencial Maria Alves Carioca, no bairro Granja Lisboa (Regional V). O empreendimento faz parte do Programa “Minha Casa Minha Vida” faixa 1, que favorece famílias com renda mensal de até R$ 1.800,00.

O Residencial tem 192 unidades habitacionais divididas em quatro blocos. Cada apartamento tem dois quartos, sala, cozinha e banheiro divididos em 50 m2. Todos os apartamentos são adaptáveis para portadores de necessidades especiais e 3% deles já estão adaptados para os novos moradores.

A obra, orçada em R$ 15 milhões, tem financiamento da Prefeitura de Fortaleza com recursos de Contrapartida de Obras do PAC (CPAC) e do Governo Federal. A previsão é de que o Residencial seja entregue no início do segundo semestre.

“Estamos na fase final de acabamento e de ações hidrossanitárias. Além disso, o entorno está recebendo obras de urbanização e a ligação de água e esgoto. Esta é uma obra social de extrema importância e faz parte de uma grande ação na Cidade, que, ainda este ano, vai entregar outras 8 mil casas populares para moradores de baixa renda de Fortaleza”, destacou Roberto Cláudio.

Para se cadastrar e concorrer ao sorteio que dá direito a um apartamento no residencial, os moradores precisam comparecer à sede da Secretaria Regional V (Av. Augusto dos Anjos, 2466 - Bonsucesso), portando RG, CPF, comprovante de residência e de renda, além do NIS dos companheiros e cônjuges.

“Até 24 horas antes do sorteio, as famílias que se encaixem nos critérios podem procurar a Secretaria com sua documentação. O cadastro é analisado e entra no sistema para concorrer ao sorteio, que geralmente é feito na Câmara Municipal”, detalhou a secretária do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza, Olinda Marques.

Instituto Katiana Pena

O prefeito Roberto Cláudio aproveitou a ida até o empreendimento e visitou o Instituto Katiana Pena. A ideia é cadastrar a entidade no projeto Mais Educação Fortaleza, que oferece atividades no contraturno escolar para reduzir o abandono da escola, a reprovação dos estudantes e a distorção de idade e ano.

O Instituto Katiana Pena existe desde 2015 e foi idealizado pela bailarina Katiana Pena para usar a dança como instrumento de socialização. Além das 19 turmas de balé, também oferece atividades complementares como aulas de pintura, de artes e de violão. Atualmente, atende 600 crianças da comunidade de forma gratuita e todas elas recebem um lanche no final das aulas, que são oferecidas no contraturno escolar, por meio de parceria com as escolas da Granja Lisboa.