02 de dezembro de 2021 em Meio ambiente

Prefeito vistoria obras do Parque Urbano Rachel de Queiroz; primeira fase do projeto será entregue em janeiro

Obras estão com 90% dos serviços concluídos. O parque Rachel de Queiroz é o maior gerido pelo município


pessoas andando na obra do parque rachel de queiroz
"Será o mais belo parque de Fortaleza, atendendo a centenas de moradores do entorno que poderão vir aqui usufruir da beleza e do lazer que esse espaço irá proporcionar (Foto: Marcos Moura)

O prefeito de Fortaleza, José Sarto, vistoriou, na manhã desta quinta-feira (02/12), as obras do Parque Rachel de Queiroz, maior gerido pelo município, que conta com 10 km de extensão e área total de aproximadamente 203 hectares. As intervenções de urbanização e paisagismo, que englobam os trechos 1, 2, 5 e 6 do projeto, estão 90% concluídas. A previsão é entregar a primeira fase do Parque Rachel de Queiroz em janeiro de 2022.

"Será o mais belo parque de Fortaleza, atendendo a centenas de moradores do entorno que poderão vir aqui usufruir da beleza e do lazer que esse espaço irá proporcionar. Eu andava aqui tempos atrás e estou surpreso, mesmo sem a obra estar concluída, já imaginando esses lagos iluminados à noite, tudo arborizado, com um paisagismo diferenciado e moderno para o passeio das famílias e da população que utiliza os espaços comerciais do entorno", declarou o prefeito.

Localizado na região oeste de Fortaleza, o Rachel de Queiroz passa por intervenções que irão beneficiar diretamente 285 mil pessoas dos bairros Monte Castelo, Alagadiço/São Gerardo, Presidente Kennedy, Pici, Antônio Bezerra, Dom Lustosa, Henrique Jorge, Autran Nunes, Vila Ellery, Parquelândia, Amadeu Furtado, Bela Vista, Padre Andrade e Genibaú.

Os trechos 1 e 2 estão totalmente prontos e já foram entregues à população. O trecho 5 acabou de ser 100% terminado e o trecho 6, está com 79% de evolução. As obras incluem serviços de drenagem, terraplanagem e calçamento. Estão sendo construídos espaços de lazer, como quadras esportivas, Areninha, calçadão, anfiteatro e pista de caminhada. Está prevista também a instalação de equipamentos para a prática de alongamento, bicicletário, playground, espaço de leitura, viveiros de mudas e mobiliário urbano diverso.

Harmonizar e preservar

Para a secretária do Urbanismo e Meio Ambiente, Luciana Lobo, o espaço servirá como "um oásis para a cidade ter uma área verde dessas proporções incrustada em uma área tão urbanizada".

De acordo com ela, o trecho 6 do Parque Rachel de Queiroz, visitado nesta manhã pelo Prefeito e a Secretária, é o mais representativo da obra, tanto pela sua extensão, quanto pelas cerca de nove áreas molhadas que irão servir para filtrar toda a água que passa no riacho das proximidades.

“É o trecho do parque que tem a maior extensão e nós conseguimos colocar dois elementos que conversam muito com a missão da Seuma, que é harmonizar o meio ambiente natural com o ambiente construído. Essas estruturas molhadas, que funcionam como área filtrante, combinadas com as intervenções estruturais que fizemos, mostram que é possível trabalhar a cidade trazendo melhorias, mas também preservando o meio ambiente”, frisou a titular da Seuma.

A requalificação do Parque Rachel de Queiroz é uma obra do Programa Fortaleza Cidade Sustentável, que tem financiamento do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), e é gerido pela Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). A obra acontece em parceria com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf).

Prefeito vistoria obras do Parque Urbano Rachel de Queiroz; primeira fase do projeto será entregue em janeiro

Obras estão com 90% dos serviços concluídos. O parque Rachel de Queiroz é o maior gerido pelo município

pessoas andando na obra do parque rachel de queiroz
"Será o mais belo parque de Fortaleza, atendendo a centenas de moradores do entorno que poderão vir aqui usufruir da beleza e do lazer que esse espaço irá proporcionar (Foto: Marcos Moura)

O prefeito de Fortaleza, José Sarto, vistoriou, na manhã desta quinta-feira (02/12), as obras do Parque Rachel de Queiroz, maior gerido pelo município, que conta com 10 km de extensão e área total de aproximadamente 203 hectares. As intervenções de urbanização e paisagismo, que englobam os trechos 1, 2, 5 e 6 do projeto, estão 90% concluídas. A previsão é entregar a primeira fase do Parque Rachel de Queiroz em janeiro de 2022.

"Será o mais belo parque de Fortaleza, atendendo a centenas de moradores do entorno que poderão vir aqui usufruir da beleza e do lazer que esse espaço irá proporcionar. Eu andava aqui tempos atrás e estou surpreso, mesmo sem a obra estar concluída, já imaginando esses lagos iluminados à noite, tudo arborizado, com um paisagismo diferenciado e moderno para o passeio das famílias e da população que utiliza os espaços comerciais do entorno", declarou o prefeito.

Localizado na região oeste de Fortaleza, o Rachel de Queiroz passa por intervenções que irão beneficiar diretamente 285 mil pessoas dos bairros Monte Castelo, Alagadiço/São Gerardo, Presidente Kennedy, Pici, Antônio Bezerra, Dom Lustosa, Henrique Jorge, Autran Nunes, Vila Ellery, Parquelândia, Amadeu Furtado, Bela Vista, Padre Andrade e Genibaú.

Os trechos 1 e 2 estão totalmente prontos e já foram entregues à população. O trecho 5 acabou de ser 100% terminado e o trecho 6, está com 79% de evolução. As obras incluem serviços de drenagem, terraplanagem e calçamento. Estão sendo construídos espaços de lazer, como quadras esportivas, Areninha, calçadão, anfiteatro e pista de caminhada. Está prevista também a instalação de equipamentos para a prática de alongamento, bicicletário, playground, espaço de leitura, viveiros de mudas e mobiliário urbano diverso.

Harmonizar e preservar

Para a secretária do Urbanismo e Meio Ambiente, Luciana Lobo, o espaço servirá como "um oásis para a cidade ter uma área verde dessas proporções incrustada em uma área tão urbanizada".

De acordo com ela, o trecho 6 do Parque Rachel de Queiroz, visitado nesta manhã pelo Prefeito e a Secretária, é o mais representativo da obra, tanto pela sua extensão, quanto pelas cerca de nove áreas molhadas que irão servir para filtrar toda a água que passa no riacho das proximidades.

“É o trecho do parque que tem a maior extensão e nós conseguimos colocar dois elementos que conversam muito com a missão da Seuma, que é harmonizar o meio ambiente natural com o ambiente construído. Essas estruturas molhadas, que funcionam como área filtrante, combinadas com as intervenções estruturais que fizemos, mostram que é possível trabalhar a cidade trazendo melhorias, mas também preservando o meio ambiente”, frisou a titular da Seuma.

A requalificação do Parque Rachel de Queiroz é uma obra do Programa Fortaleza Cidade Sustentável, que tem financiamento do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), e é gerido pela Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). A obra acontece em parceria com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf).