09 de junho de 2017 em Gestão

Prefeitura de Fortaleza antecipa primeira parcela do 13º salário

A antecipação do 13º é compromisso que vem sendo cumprido desde o início da primeira gestão Roberto Cláudio


Como em todos os anos de gestão Roberto Cláudio, a Prefeitura cumpre o compromisso de antecipar 40% do valor do 13º salário no próximo dia 19 de junho, um total de R$ 81,2 milhões.

De acordo com o presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), Cid Alves, a antecipação da primeira parcela do 13º representa uma notícia boa para o comércio, uma vez que muitos consumidores deverão quitar dívidas, pagar contas e fazer novas compras. "São notícias positivas como essas que geram otimismo na população. Sem dúvida, vai haver aumento nas vendas com essa primeira parcela", afirmou Alves.

"Mesmo num cenário econômico adverso, o prefeito Roberto Cláudio garantiu o cumprimento desse compromisso com o servidor que já faz parte do calendário de sua gestão e acaba beneficiando indiretamente a Cidade porque é um volume considerável de recursos que entra no mercado local", afirma o secretário do planejamento, orçamento e gestão, Philipe Nottingham.

Na folha de pagamento do dia 1º de julho, será depositado também o valor das férias coletivas do magistério, mais R$ 16,8 milhões.

Somando ainda as folhas pagas no dia 1º de junho e 1º de julho, a Prefeitura irá injetar cerca de R$ 627 milhões na economia da Cidade no intervalo de 30 dias.

Prefeitura de Fortaleza antecipa primeira parcela do 13º salário

A antecipação do 13º é compromisso que vem sendo cumprido desde o início da primeira gestão Roberto Cláudio

Como em todos os anos de gestão Roberto Cláudio, a Prefeitura cumpre o compromisso de antecipar 40% do valor do 13º salário no próximo dia 19 de junho, um total de R$ 81,2 milhões.

De acordo com o presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), Cid Alves, a antecipação da primeira parcela do 13º representa uma notícia boa para o comércio, uma vez que muitos consumidores deverão quitar dívidas, pagar contas e fazer novas compras. "São notícias positivas como essas que geram otimismo na população. Sem dúvida, vai haver aumento nas vendas com essa primeira parcela", afirmou Alves.

"Mesmo num cenário econômico adverso, o prefeito Roberto Cláudio garantiu o cumprimento desse compromisso com o servidor que já faz parte do calendário de sua gestão e acaba beneficiando indiretamente a Cidade porque é um volume considerável de recursos que entra no mercado local", afirma o secretário do planejamento, orçamento e gestão, Philipe Nottingham.

Na folha de pagamento do dia 1º de julho, será depositado também o valor das férias coletivas do magistério, mais R$ 16,8 milhões.

Somando ainda as folhas pagas no dia 1º de junho e 1º de julho, a Prefeitura irá injetar cerca de R$ 627 milhões na economia da Cidade no intervalo de 30 dias.