23 de outubro de 2018 em Turismo

Prefeitura anuncia melhorias intersetoriais para o Mercado dos Peixes de Fortaleza

Foram apresentadas aos permissionários ações no âmbito da infraestrutura, do empreendedorismo e do meio ambiente


Mercado dos Peixes
Reunião incluiu gestores municipais, estaduais e permissionários do equipamento (Foto: Kiko Silva)
A Prefeitura anunciou, na tarde desta terça-feira (23/10), um plano de melhorias intersetoriais direcionadas ao Mercado dos Peixes de Fortaleza, tradicional ponto comercial de frutos do mar da Capital. Durante reunião entre gestores municipais, estaduais e permissionários do equipamento, foram apresentadas ações no âmbito da infraestrutura, do empreendedorismo e do meio ambiente.

A iniciativa inclui a implantação de lixeiras subterrâneas, além de ações de limpeza, atividades de conscientização e cursos de capacitação destinados aos trabalhadores do equipamento. O projeto reúne esforços das secretarias municipais do Turismo (Setfor), da Infraestrutura (Seinf), do Desenvolvimento Econômico (SDE), de Urbanismo e Ambiente (Seuma), da Regional II, além da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece).

De acordo com o titular da Secretaria do Turismo de Fortaleza, Régis Medeiros, os esforços intersetoriais deverão impulsionar a importância de um dos mais importantes espaços turísticos da Capital, que, em virtude de seu potencial arquitetônico, concorre, neste ano, ao prêmio latino-americano Oscar Niemeyer. “Essa ação conjunta deverá melhorar este espaço na sua infraestrutura, na sua funcionalidade e nos serviços aqui prestados, que movimentam o turismo e a economia local. Nosso objetivo é estimular cada vez mais o crescimento da Cidade, que está recebendo cada vez mais turistas com o crescimento dos voos internacionais”, afirmou.

Conheça o conjunto de intervenções que deverá beneficiar cerca de 200 pessoas diretamente empregadas no Mercado dos Peixes, além de 2,5 mil pescadores que realizam seu abastecimento:

Infraestrutura
As obras de requalificação da Avenida Beira Mar, realizadas pela Seinf, no trecho entre a Travessa Bauxita e o Mercado dos Peixes, começaram em agosto deste ano e tiveram início na faixa da esquerda da avenida, com a construção de uma nova galeria de drenagem, além da implantação de bocas de lobo.

Com a conclusão de parte dos serviços, as equipes realizam, agora, a instalação da nova pavimentação da via nas proximidades do equipamento, onde o asfalto está sendo substituído por piso intertravado a fim de facilitar o escoamento da água e melhorar a sensação térmica da via.

Ainda compondo o primeiro trecho da obra, serão implantadas quatro lixeiras subterrâneas no Mercado dos Peixes com capacidade para armazenar 4 metros cúbicos de lixo, melhorando a higienização e garantindo o descarte correto do lixo orgânico gerado no local.

As obras contemplam, ainda, uma rede coletora de esgoto, além internalização dos fios das redes de telecomunicação e a reforma das calçadas, localizadas na Av. Beira Mar.

Para a permissionária Josinalva Pereira, as intervenções vêm em boa hora. "A gente espera e acredita que nossas condições de trabalho irão melhorar", disse.

Cursos de Capacitação
A SDE oferecerá, durante o mês de novembro, cursos de capacitação aos permissionários do Mercado dos Peixes. Dentre as habilitações, estão noções de Empreendedorismo, Finanças Básicas para Empreendedores, Como Aumentar e Gerenciar Suas Vendas e Vigilância Sanitária. “São palestras e cursos rápidos que podem fazer total diferença para o atendimento, para a conduta, para o manuseio, armazenamento dos alimentos e para a relação com os consumidores. A iniciativa deverá atrair maior número de clientes”, considerou o titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Mosiah Torgan.

Os cursos terão carga horária equivalente a 4 horas e acontecerão nas seguintes datas:

Empreendedorismo: 6 e 7 de novembro

Finanças básicas para empreendedores: 13 e 14 de novembro

Como aumentar e gerenciar suas vendas: 20 e 21 de novembro

Vigilância sanitária: 26 e 27 de novembro

Para mais informações, basta ligar para o número 0800.081.4141

Regional II
Na ocasião, o titular da Secretaria Regional II, Ferruccio Feitosa, apresentou atividades e ações executadas no local, como a lavagem do Mercado, o serviço de sugar, além de intervenções cotidianas no tocante à conservação, a reparos e à conscientização de permissionários.

O local recebe, duas vezes por semana, higienização para remover os resíduos que ficam acumulados, além dos cuidados diários de manutenção e conservação do Mercado. A limpeza/varrição na orla é feita diariamente, sete dias por semana, em dois turnos, de 8h às 16h e de 22h às 6h.

Um compactador também integra a operação nos mesmos dias e horários. Além disso uma intervenção pontual de drenagem para limpeza e desobstrução das caixas coletoras de esgotamento sanitário foi realizada. Também está sendo desenvolvido um trabalho de conscientização com os profissionais que atuam na área no sentido de orientar o descarte correto e de forma ordenada, para eliminar o mau cheiro.

Além disso, em 17 de maio deste ano, foi nomeado um profissional para gerenciar e garantir o pleno funcionamento do equipamento e, como forma de qualificar o atendimento e os produtos comercializados, recentemente foi realizada uma fiscalização da vigilância sanitária em todos os boxes.

Ferruccio Feitosa enfatizou a importância da união de esforços entre todas as esferas envolvidas a fim de promover um ambiente harmônico para trabalhadores, fortalezenses e turistas. “Não adianta o poder público agir sozinho. Precisamos agir de forma conjunta aos permissionários, cujo papel é fundamental para a manutenção do Mercado. As obras físicas nós estamos promovendo, mas eles precisam ter um cuidado diário com o equipamento. Trabalhar com frutos do mar demanda maiores cuidados. É preciso estimular a higiene e o zelo com este ambiente, de onde parte deles retira o próprio sustento”, reforçou.

Educação Ambiental
Para os permissionários do Mercado dos Peixes, a Seuma realizará uma ação de educação ambiental, sensibilizando os profissionais para o armazenamento e descarte correto de resíduos. A ação levará técnicos da Coordenadoria de Políticas Ambientais para demonstrar como é feita corretamente a separação de resíduos recicláveis, além da destinação ideal para os materiais orgânicos que devem ser descartados. A companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), também participará da ação, promovendo a conscientização no descarte de lixos na rede de esgoto.

Prefeitura anuncia melhorias intersetoriais para o Mercado dos Peixes de Fortaleza

Foram apresentadas aos permissionários ações no âmbito da infraestrutura, do empreendedorismo e do meio ambiente

Mercado dos Peixes
Reunião incluiu gestores municipais, estaduais e permissionários do equipamento (Foto: Kiko Silva)
A Prefeitura anunciou, na tarde desta terça-feira (23/10), um plano de melhorias intersetoriais direcionadas ao Mercado dos Peixes de Fortaleza, tradicional ponto comercial de frutos do mar da Capital. Durante reunião entre gestores municipais, estaduais e permissionários do equipamento, foram apresentadas ações no âmbito da infraestrutura, do empreendedorismo e do meio ambiente.

A iniciativa inclui a implantação de lixeiras subterrâneas, além de ações de limpeza, atividades de conscientização e cursos de capacitação destinados aos trabalhadores do equipamento. O projeto reúne esforços das secretarias municipais do Turismo (Setfor), da Infraestrutura (Seinf), do Desenvolvimento Econômico (SDE), de Urbanismo e Ambiente (Seuma), da Regional II, além da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece).

De acordo com o titular da Secretaria do Turismo de Fortaleza, Régis Medeiros, os esforços intersetoriais deverão impulsionar a importância de um dos mais importantes espaços turísticos da Capital, que, em virtude de seu potencial arquitetônico, concorre, neste ano, ao prêmio latino-americano Oscar Niemeyer. “Essa ação conjunta deverá melhorar este espaço na sua infraestrutura, na sua funcionalidade e nos serviços aqui prestados, que movimentam o turismo e a economia local. Nosso objetivo é estimular cada vez mais o crescimento da Cidade, que está recebendo cada vez mais turistas com o crescimento dos voos internacionais”, afirmou.

Conheça o conjunto de intervenções que deverá beneficiar cerca de 200 pessoas diretamente empregadas no Mercado dos Peixes, além de 2,5 mil pescadores que realizam seu abastecimento:

Infraestrutura
As obras de requalificação da Avenida Beira Mar, realizadas pela Seinf, no trecho entre a Travessa Bauxita e o Mercado dos Peixes, começaram em agosto deste ano e tiveram início na faixa da esquerda da avenida, com a construção de uma nova galeria de drenagem, além da implantação de bocas de lobo.

Com a conclusão de parte dos serviços, as equipes realizam, agora, a instalação da nova pavimentação da via nas proximidades do equipamento, onde o asfalto está sendo substituído por piso intertravado a fim de facilitar o escoamento da água e melhorar a sensação térmica da via.

Ainda compondo o primeiro trecho da obra, serão implantadas quatro lixeiras subterrâneas no Mercado dos Peixes com capacidade para armazenar 4 metros cúbicos de lixo, melhorando a higienização e garantindo o descarte correto do lixo orgânico gerado no local.

As obras contemplam, ainda, uma rede coletora de esgoto, além internalização dos fios das redes de telecomunicação e a reforma das calçadas, localizadas na Av. Beira Mar.

Para a permissionária Josinalva Pereira, as intervenções vêm em boa hora. "A gente espera e acredita que nossas condições de trabalho irão melhorar", disse.

Cursos de Capacitação
A SDE oferecerá, durante o mês de novembro, cursos de capacitação aos permissionários do Mercado dos Peixes. Dentre as habilitações, estão noções de Empreendedorismo, Finanças Básicas para Empreendedores, Como Aumentar e Gerenciar Suas Vendas e Vigilância Sanitária. “São palestras e cursos rápidos que podem fazer total diferença para o atendimento, para a conduta, para o manuseio, armazenamento dos alimentos e para a relação com os consumidores. A iniciativa deverá atrair maior número de clientes”, considerou o titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Mosiah Torgan.

Os cursos terão carga horária equivalente a 4 horas e acontecerão nas seguintes datas:

Empreendedorismo: 6 e 7 de novembro

Finanças básicas para empreendedores: 13 e 14 de novembro

Como aumentar e gerenciar suas vendas: 20 e 21 de novembro

Vigilância sanitária: 26 e 27 de novembro

Para mais informações, basta ligar para o número 0800.081.4141

Regional II
Na ocasião, o titular da Secretaria Regional II, Ferruccio Feitosa, apresentou atividades e ações executadas no local, como a lavagem do Mercado, o serviço de sugar, além de intervenções cotidianas no tocante à conservação, a reparos e à conscientização de permissionários.

O local recebe, duas vezes por semana, higienização para remover os resíduos que ficam acumulados, além dos cuidados diários de manutenção e conservação do Mercado. A limpeza/varrição na orla é feita diariamente, sete dias por semana, em dois turnos, de 8h às 16h e de 22h às 6h.

Um compactador também integra a operação nos mesmos dias e horários. Além disso uma intervenção pontual de drenagem para limpeza e desobstrução das caixas coletoras de esgotamento sanitário foi realizada. Também está sendo desenvolvido um trabalho de conscientização com os profissionais que atuam na área no sentido de orientar o descarte correto e de forma ordenada, para eliminar o mau cheiro.

Além disso, em 17 de maio deste ano, foi nomeado um profissional para gerenciar e garantir o pleno funcionamento do equipamento e, como forma de qualificar o atendimento e os produtos comercializados, recentemente foi realizada uma fiscalização da vigilância sanitária em todos os boxes.

Ferruccio Feitosa enfatizou a importância da união de esforços entre todas as esferas envolvidas a fim de promover um ambiente harmônico para trabalhadores, fortalezenses e turistas. “Não adianta o poder público agir sozinho. Precisamos agir de forma conjunta aos permissionários, cujo papel é fundamental para a manutenção do Mercado. As obras físicas nós estamos promovendo, mas eles precisam ter um cuidado diário com o equipamento. Trabalhar com frutos do mar demanda maiores cuidados. É preciso estimular a higiene e o zelo com este ambiente, de onde parte deles retira o próprio sustento”, reforçou.

Educação Ambiental
Para os permissionários do Mercado dos Peixes, a Seuma realizará uma ação de educação ambiental, sensibilizando os profissionais para o armazenamento e descarte correto de resíduos. A ação levará técnicos da Coordenadoria de Políticas Ambientais para demonstrar como é feita corretamente a separação de resíduos recicláveis, além da destinação ideal para os materiais orgânicos que devem ser descartados. A companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), também participará da ação, promovendo a conscientização no descarte de lixos na rede de esgoto.