10 de dezembro de 2019 em Social

Prefeitura assina termo de doação de benfeitoria para construção de abrigo institucional

O local será utilizado para acolher crianças e adolescentes em vulnerabilidade social em Fortaleza


A Prefeitura de Fortaleza assinou termo de doação de benfeitoria com a Associação Viva Vida para a construção de unidade modelo de acolhimento institucional para crianças e adolescentes de 0 a 12 anos de idade, de ambos os sexos, que estiverem em situação de risco e vulnerabilidade social na cidade. Além de ser responsável pela construção do prédio, a Associação vai doar toda a mobília permanente da unidade. O espaço tem área de 1.464,44m² e fica localizado no bairro Jardim das Oliveiras.

A assinatura ocorreu nesta segunda-feira (09/12) e teve articulação da secretarias dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS) e do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog) e do Gabinete da primeira-dama Carol Bezerra. A iniciativa vai gerar o primeiro acolhimento institucional infantil em terreno próprio da Prefeitura. “Estamos muito felizes com esse momento. Será um grande investimento em benefício das crianças e adolescentes que tanto precisam desse acolhimento”, afirmou a coordenadora do Gabinete, Márcia Dias.

Para o titular da SDHDS, Elpídio Nogueira, o acordo é importante para que juntos, setor público e privado, possam cuidar das crianças e dos adolescentes em situação de risco pessoal, social e de abandono. "Vamos ampliar a rede socioassistencial da Cidade e garantir mais proteção. Vai ser o primeiro acolhimento modelo, padronizado e diferenciado dos demais. Vamos preconizar para que todas as crianças e adolescentes acolhidos no equipamento tenham prioridade nas vagas de matrícula nas escolas municipais próximas à unidade’’, ressaltou.

Adauto Farias Junior, presidente da Companhia Industrial de Cimento Apodi e da Associação Viva Vida, comemorou a parceria com a Prefeitura. "É só um pequeno passo, mas as consequências virão com essa nossa ação. Vai mudar a história dos abrigos do nosso Munícipio. É uma satisfação enorme ser parceiro de uma equipe tão esforçada para desempenhar um trabalho para que tudo dê certo’’, afirmou.

Já o titular da Sepog, Philipe Nottingham, destacou o trabalho em conjunto para instalação de um equipamento de grande importância social. "Trabalhamos nos bastidores para que a turma chute a gol. Estamos ajudando os parceiros a realizarem suas atividades e ao mesmo tempo atendendo às necessidades da sociedade. É uma experiência idealizada como o prefeito sonhava’’, finalizou.

Associação Viva Vida é formada por um grupo de amigos empresários e conta com o apoio do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon-CE).

Prefeitura assina termo de doação de benfeitoria para construção de abrigo institucional

O local será utilizado para acolher crianças e adolescentes em vulnerabilidade social em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza assinou termo de doação de benfeitoria com a Associação Viva Vida para a construção de unidade modelo de acolhimento institucional para crianças e adolescentes de 0 a 12 anos de idade, de ambos os sexos, que estiverem em situação de risco e vulnerabilidade social na cidade. Além de ser responsável pela construção do prédio, a Associação vai doar toda a mobília permanente da unidade. O espaço tem área de 1.464,44m² e fica localizado no bairro Jardim das Oliveiras.

A assinatura ocorreu nesta segunda-feira (09/12) e teve articulação da secretarias dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS) e do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog) e do Gabinete da primeira-dama Carol Bezerra. A iniciativa vai gerar o primeiro acolhimento institucional infantil em terreno próprio da Prefeitura. “Estamos muito felizes com esse momento. Será um grande investimento em benefício das crianças e adolescentes que tanto precisam desse acolhimento”, afirmou a coordenadora do Gabinete, Márcia Dias.

Para o titular da SDHDS, Elpídio Nogueira, o acordo é importante para que juntos, setor público e privado, possam cuidar das crianças e dos adolescentes em situação de risco pessoal, social e de abandono. "Vamos ampliar a rede socioassistencial da Cidade e garantir mais proteção. Vai ser o primeiro acolhimento modelo, padronizado e diferenciado dos demais. Vamos preconizar para que todas as crianças e adolescentes acolhidos no equipamento tenham prioridade nas vagas de matrícula nas escolas municipais próximas à unidade’’, ressaltou.

Adauto Farias Junior, presidente da Companhia Industrial de Cimento Apodi e da Associação Viva Vida, comemorou a parceria com a Prefeitura. "É só um pequeno passo, mas as consequências virão com essa nossa ação. Vai mudar a história dos abrigos do nosso Munícipio. É uma satisfação enorme ser parceiro de uma equipe tão esforçada para desempenhar um trabalho para que tudo dê certo’’, afirmou.

Já o titular da Sepog, Philipe Nottingham, destacou o trabalho em conjunto para instalação de um equipamento de grande importância social. "Trabalhamos nos bastidores para que a turma chute a gol. Estamos ajudando os parceiros a realizarem suas atividades e ao mesmo tempo atendendo às necessidades da sociedade. É uma experiência idealizada como o prefeito sonhava’’, finalizou.

Associação Viva Vida é formada por um grupo de amigos empresários e conta com o apoio do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon-CE).