22 de setembro de 2019 em Fortaleza

Prefeitura conclui realocação dos ambulantes da Praça José de Alencar

Equipamento vai ser reformado e comerciantes foram transferidos para novo espaço de comércio popular, chamado Feirão São Paulo


operários colocam tapumes na Praça José de Alencar
Os tapumes começaram a ser colocados, neste domingo (22/09), para que as obras da reforma da Praça José de Alencar sejam iniciadas

A Prefeitura de Fortaleza concluiu a realocação dos ambulantes da Praça José de Alencar para um prédio comercial localizado na esquina da Rua São Paulo com a Avenida Tristão Gonçalves, no Centro. Equipamento vai ser reformado e tapumes começaram a ser colocados, neste domingo (22/09), para que as obras sejam iniciadas.

O novo espaço de comércio popular que receberá os ambulantes, chamado Feirão São Paulo, funcionará a partir de terça-feira (24/09), em um prédio com 2.500 m² divididos em três andares. O sorteio dos boxes foi realizado pela Secretaria Regional do Centro, na última quinta-feira (19/09), no Ginásio Paulo Sarasate.

Os ambulantes já haviam levado suas mercadorias direitamente da praça para os boxes, segundo Dalbernon Cajado, assistente da gerência de Fiscalização do Centro. “A maioria dos ambulantes foi contemplada com um boxe no Feirão São Paulo, construído pela Prefeitura, exclusivamente, para receber as pessoas que trabalhavam aqui na praça. Ainda temos também algumas vagas no Beco da Poeira, caso alguém queira ir pra lá” afirmou o servidor da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis).

No momento em que os fiscais chegaram à Praça José de Alencar havia apenas cinco estruturas de bancas e alguns pertences de moradores. O material foi recolhido e encaminhado ao depósito da Agefis. “Nosso trabalho, hoje, é preparar a Praça para iniciar a reforma. Por isso, as coisas que foram deixadas aqui precisam ser removidas”, afirmou Dalbernon Cajado.

Oito equipes da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) estiveram no local para garantir os trabalhos da Agefis. No entanto, não foi preciso os guardas intervirem, porque a operação se deu com tranquilidade.

A vendedora ambulante Cristina Sousa foi até a praça no momento da operação pegar alguns manequins, que não tinha conseguido levar junto com a estrutura de sua barraca. “Já tinha sido avisado. Quase todo mundo levou as barracas, para não deixar para a última hora. Já consegui meu boxe no prédio que a Prefeitura está oferecendo e estou terminando de montar minha lojinha lá”, afirmou.

Reforma

O projeto de reforma prevê uma série de melhorias urbanísticas, como pintura, substituição do piso existente, instalação de novos postes de iluminação em LED e a requalificação viária das ruas do entorno. As intervenções terão duração de 15 meses.

Também no dia do sorteio, foi realizado o sorteio foram entregues as documentações dos boxes aos 360 ambulantes, que já haviam sido cadastrados anteriormente. Eles se tornaram permissionários da Prefeitura de Fortaleza. A ação faz parte do pacote de intervenções do Projeto Novo Centro, no eixo de Ordenamento do Comércio Informal.

Além dos 360 boxes, dos quais 155 ficam no térreo, 163 no primeiro andar e 42 no segundo, o prédio do Feirão conta com 11 lanchonetes, elevadores e banheiros acessíveis.

Prefeitura conclui realocação dos ambulantes da Praça José de Alencar

Equipamento vai ser reformado e comerciantes foram transferidos para novo espaço de comércio popular, chamado Feirão São Paulo

operários colocam tapumes na Praça José de Alencar
Os tapumes começaram a ser colocados, neste domingo (22/09), para que as obras da reforma da Praça José de Alencar sejam iniciadas

A Prefeitura de Fortaleza concluiu a realocação dos ambulantes da Praça José de Alencar para um prédio comercial localizado na esquina da Rua São Paulo com a Avenida Tristão Gonçalves, no Centro. Equipamento vai ser reformado e tapumes começaram a ser colocados, neste domingo (22/09), para que as obras sejam iniciadas.

O novo espaço de comércio popular que receberá os ambulantes, chamado Feirão São Paulo, funcionará a partir de terça-feira (24/09), em um prédio com 2.500 m² divididos em três andares. O sorteio dos boxes foi realizado pela Secretaria Regional do Centro, na última quinta-feira (19/09), no Ginásio Paulo Sarasate.

Os ambulantes já haviam levado suas mercadorias direitamente da praça para os boxes, segundo Dalbernon Cajado, assistente da gerência de Fiscalização do Centro. “A maioria dos ambulantes foi contemplada com um boxe no Feirão São Paulo, construído pela Prefeitura, exclusivamente, para receber as pessoas que trabalhavam aqui na praça. Ainda temos também algumas vagas no Beco da Poeira, caso alguém queira ir pra lá” afirmou o servidor da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis).

No momento em que os fiscais chegaram à Praça José de Alencar havia apenas cinco estruturas de bancas e alguns pertences de moradores. O material foi recolhido e encaminhado ao depósito da Agefis. “Nosso trabalho, hoje, é preparar a Praça para iniciar a reforma. Por isso, as coisas que foram deixadas aqui precisam ser removidas”, afirmou Dalbernon Cajado.

Oito equipes da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) estiveram no local para garantir os trabalhos da Agefis. No entanto, não foi preciso os guardas intervirem, porque a operação se deu com tranquilidade.

A vendedora ambulante Cristina Sousa foi até a praça no momento da operação pegar alguns manequins, que não tinha conseguido levar junto com a estrutura de sua barraca. “Já tinha sido avisado. Quase todo mundo levou as barracas, para não deixar para a última hora. Já consegui meu boxe no prédio que a Prefeitura está oferecendo e estou terminando de montar minha lojinha lá”, afirmou.

Reforma

O projeto de reforma prevê uma série de melhorias urbanísticas, como pintura, substituição do piso existente, instalação de novos postes de iluminação em LED e a requalificação viária das ruas do entorno. As intervenções terão duração de 15 meses.

Também no dia do sorteio, foi realizado o sorteio foram entregues as documentações dos boxes aos 360 ambulantes, que já haviam sido cadastrados anteriormente. Eles se tornaram permissionários da Prefeitura de Fortaleza. A ação faz parte do pacote de intervenções do Projeto Novo Centro, no eixo de Ordenamento do Comércio Informal.

Além dos 360 boxes, dos quais 155 ficam no térreo, 163 no primeiro andar e 42 no segundo, o prédio do Feirão conta com 11 lanchonetes, elevadores e banheiros acessíveis.