04 de maio de 2022 em Meio ambiente

Prefeitura de Fortaleza alcança 600 ligações à rede de esgoto pelo projeto Se Liga na Rede

Iniciativa já chegou a 1.561 aceites de moradores


sarto conversa com uma moradora na frente da casa dela onde ocorre uma obra
O prefeito José Sarto esteve, nesta quarta-feira (04/05), no bairro Cristo Redentor, para acompanhar o andamento das obras e conversar com os moradores (Foto: Rodrigo Carvalho)
A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), já realizou 600 ligações gratuitas de casas à rede de esgoto dentro do projeto Se Liga na Rede. O prefeito José Sarto esteve, nesta quarta-feira (04/05), no bairro Cristo Redentor, para acompanhar o andamento das obras e conversar com os moradores. Além das ligações feitas, o programa está executando o serviço em mais 71 imóveis e já conseguiu 1.561 aceites para novas ligações.

"São sistemas condominiais ou unitários que são negociados com as famílias para que a obra aconteça, e o responsável pode até escolher a cerâmica que quer. Já temos mais de 1.500 residências que aceitaram fazer a nova ligação, que se traduz em saúde, por meio desse programa, beneficiando bairros que possuem maior necessidade de infraestrutura. Então percebemos, nesta visita, a alegria das pessoas que agora têm suas redes de esgoto coletadas da maneira correta", detalhou Sarto.

A ação faz parte do Programa Fortaleza Cidade Sustentável, que tem financiamento do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). Ao todo, 2.500 famílias de baixa renda, residentes na bacia da vertente marítima na zona oeste da cidade, serão beneficiadas nos bairros Barra do Ceará, Carlito Pamplona, Cristo Redentor, Jacarecanga e Pirambu.

A interligação de domicílios à rede coletora de esgotamento sanitário é fundamental para evitar que os resíduos produzidos nas casas sejam lançados de forma incorreta em galerias de drenagem de águas pluviais ou na rua, em simultâneo, garante saneamento básico e, consequentemente, melhor qualidade de vida à família beneficiada. A Prefeitura de Fortaleza também atua na fiscalização de imóveis em situação de irregularidade quanto ao saneamento.

A secretária da Seuma, Luciana Lobo, que acompanha as obras permanentemente, esteve no local, ao lado do prefeito José Sarto, para reforçar a importância do projeto no saneamento da cidade e na preservação dos recursos hídricos da capital.

"Este é um trabalho incrível que impacta diretamente não só a saúde aqui do bairro, mas também a balneabilidade do mar de toda a cidade. Também realizamos inspeção nas galerias pluviais, outro projeto que faz parte do Fortaleza Cidades Sustentável, e assim reafirmamos o nosso compromisso com o meio ambiente e a melhora dos mares balneáveis da nossa orla", enfatizou Luciana Lobo.

Satisfação

Jeane Costa mora com a mãe Iracema em uma das residências visitadas pelo prefeito Sarto no Pirambu. A ligação já teve a obra concluída e ela elogia a iniciativa da Prefeitura para resolver a situação da falta de saneamento no bairro. "A gente entendeu a importância da obra, não se importou com a quebradeira, tudo foi muito rápido rápida e muito importante. Nós tínhamos muito a preocupação porque com essa rede condominial, com três casas interligadas, quando entupia um, todo mundo tinha que aguardar a Cagece pra fazer esse desentupimento. Agora fica fácil resolver", declarou.

Mais projetos

Assim como o Se Liga na Rede, a Prefeitura de Fortaleza também realiza a Vídeo Inspeção de Galerias Pluviais, que localiza pontos onde despejos indevidos estão ocorrendo. Em alguns casos é possível identificar e notificar o imóvel que comete a infração por ausência de ligação à rede de esgotos.

Já a Captação em Tempo Seco faz a interceptação dos efluentes nas saídas das galerias pluviais em área de praia, e redireciona a uma estação de tratamento. A Prefeitura também possui o Monitoramento da Qualidade da Água, que acompanha recursos hídricos e as Estações de Tratamento de Efluentes (ETEs) existentes no município de Fortaleza.

Prefeitura de Fortaleza alcança 600 ligações à rede de esgoto pelo projeto Se Liga na Rede

Iniciativa já chegou a 1.561 aceites de moradores

sarto conversa com uma moradora na frente da casa dela onde ocorre uma obra
O prefeito José Sarto esteve, nesta quarta-feira (04/05), no bairro Cristo Redentor, para acompanhar o andamento das obras e conversar com os moradores (Foto: Rodrigo Carvalho)
A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), já realizou 600 ligações gratuitas de casas à rede de esgoto dentro do projeto Se Liga na Rede. O prefeito José Sarto esteve, nesta quarta-feira (04/05), no bairro Cristo Redentor, para acompanhar o andamento das obras e conversar com os moradores. Além das ligações feitas, o programa está executando o serviço em mais 71 imóveis e já conseguiu 1.561 aceites para novas ligações.

"São sistemas condominiais ou unitários que são negociados com as famílias para que a obra aconteça, e o responsável pode até escolher a cerâmica que quer. Já temos mais de 1.500 residências que aceitaram fazer a nova ligação, que se traduz em saúde, por meio desse programa, beneficiando bairros que possuem maior necessidade de infraestrutura. Então percebemos, nesta visita, a alegria das pessoas que agora têm suas redes de esgoto coletadas da maneira correta", detalhou Sarto.

A ação faz parte do Programa Fortaleza Cidade Sustentável, que tem financiamento do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). Ao todo, 2.500 famílias de baixa renda, residentes na bacia da vertente marítima na zona oeste da cidade, serão beneficiadas nos bairros Barra do Ceará, Carlito Pamplona, Cristo Redentor, Jacarecanga e Pirambu.

A interligação de domicílios à rede coletora de esgotamento sanitário é fundamental para evitar que os resíduos produzidos nas casas sejam lançados de forma incorreta em galerias de drenagem de águas pluviais ou na rua, em simultâneo, garante saneamento básico e, consequentemente, melhor qualidade de vida à família beneficiada. A Prefeitura de Fortaleza também atua na fiscalização de imóveis em situação de irregularidade quanto ao saneamento.

A secretária da Seuma, Luciana Lobo, que acompanha as obras permanentemente, esteve no local, ao lado do prefeito José Sarto, para reforçar a importância do projeto no saneamento da cidade e na preservação dos recursos hídricos da capital.

"Este é um trabalho incrível que impacta diretamente não só a saúde aqui do bairro, mas também a balneabilidade do mar de toda a cidade. Também realizamos inspeção nas galerias pluviais, outro projeto que faz parte do Fortaleza Cidades Sustentável, e assim reafirmamos o nosso compromisso com o meio ambiente e a melhora dos mares balneáveis da nossa orla", enfatizou Luciana Lobo.

Satisfação

Jeane Costa mora com a mãe Iracema em uma das residências visitadas pelo prefeito Sarto no Pirambu. A ligação já teve a obra concluída e ela elogia a iniciativa da Prefeitura para resolver a situação da falta de saneamento no bairro. "A gente entendeu a importância da obra, não se importou com a quebradeira, tudo foi muito rápido rápida e muito importante. Nós tínhamos muito a preocupação porque com essa rede condominial, com três casas interligadas, quando entupia um, todo mundo tinha que aguardar a Cagece pra fazer esse desentupimento. Agora fica fácil resolver", declarou.

Mais projetos

Assim como o Se Liga na Rede, a Prefeitura de Fortaleza também realiza a Vídeo Inspeção de Galerias Pluviais, que localiza pontos onde despejos indevidos estão ocorrendo. Em alguns casos é possível identificar e notificar o imóvel que comete a infração por ausência de ligação à rede de esgotos.

Já a Captação em Tempo Seco faz a interceptação dos efluentes nas saídas das galerias pluviais em área de praia, e redireciona a uma estação de tratamento. A Prefeitura também possui o Monitoramento da Qualidade da Água, que acompanha recursos hídricos e as Estações de Tratamento de Efluentes (ETEs) existentes no município de Fortaleza.