30 de janeiro de 2018 em Infraestrutura

Prefeitura de Fortaleza conclui obras de drenagem no Centro

Transportes públicos e particulares voltam a circular nas ruas Rufino de Alencar e Boris


As vias passaram a contar com 15 bocas de lobo e 261m de galeria de drenagem
As vias passaram a contar com 15 bocas de lobo e 261m de galeria de drenagem

A Prefeitura de Fortaleza concluiu, na tarde desta segunda-feira (29/01), as obras de drenagem nas ruas Rufino de Alencar e Boris, no Centro. A intervenção foi finalizada antes do prazo previsto e já recebeu com êxito as primeiras chuvas, evitando alagamentos na região do entorno do Teatro São José.

Orçadas em R$ 640 mil e com obras iniciadas em dezembro do ano passado, as vias passaram a contar com 15 bocas de lobo e 261m de galeria de drenagem, bem como novo asfalto nos trechos onde houve a intervenção.

Com a liberação da via para o tráfego, o trânsito de veículos particulares e do transporte público passa a ser normalizado naquele trecho. Portanto, as oito linhas que operavam nestas ruas e deixaram de operar por conta das obras, voltarão ao seu itinerário convencional.

As linhas 054 – Praia do Futuro/Caça e Pesca (corujão), 903 - Varjota, 905 – Meireles /Centro, 906 – Caça e Pesca/Serviluz/Centro, 907 – Castelo Encantado/Centro e 909 - Praia do Futuro/Caça e Pesca/Beira Mar, 014 – Aguanambi II e 064 – Corujão/Aeroporto/Centro/Rodoviária voltaram a ter ser percurso normalizado.

Drenagem em ruas do Centro
Desde 2015, a Prefeitura de Fortaleza trabalha realizando obras de drenagem no Centro da Cidade. As ações têm como objetivo dar boas condições de infraestrutura e drenagem na região, com a implantação de obras de macrodrenagem em diversos trechos como na Rua Pinto Madeira, até o encontro com o Riacho Pajeú, seguindo pela Rua Solon Pinheiro, Antônio Pompeu, General Sampaio, Senador Pompeu, Metón de Alencar e avenidas Duque de Caxias e Heráclito Graça. No segundo semestre de 2017, as ruas Pedro I, Pedro Pereira, Senador Pompeu e o Parque das Crianças receberam obras de drenagem, facilitando o escoamento das águas da chuva até o riacho Pajeú.

Prefeitura de Fortaleza conclui obras de drenagem no Centro

Transportes públicos e particulares voltam a circular nas ruas Rufino de Alencar e Boris

As vias passaram a contar com 15 bocas de lobo e 261m de galeria de drenagem
As vias passaram a contar com 15 bocas de lobo e 261m de galeria de drenagem

A Prefeitura de Fortaleza concluiu, na tarde desta segunda-feira (29/01), as obras de drenagem nas ruas Rufino de Alencar e Boris, no Centro. A intervenção foi finalizada antes do prazo previsto e já recebeu com êxito as primeiras chuvas, evitando alagamentos na região do entorno do Teatro São José.

Orçadas em R$ 640 mil e com obras iniciadas em dezembro do ano passado, as vias passaram a contar com 15 bocas de lobo e 261m de galeria de drenagem, bem como novo asfalto nos trechos onde houve a intervenção.

Com a liberação da via para o tráfego, o trânsito de veículos particulares e do transporte público passa a ser normalizado naquele trecho. Portanto, as oito linhas que operavam nestas ruas e deixaram de operar por conta das obras, voltarão ao seu itinerário convencional.

As linhas 054 – Praia do Futuro/Caça e Pesca (corujão), 903 - Varjota, 905 – Meireles /Centro, 906 – Caça e Pesca/Serviluz/Centro, 907 – Castelo Encantado/Centro e 909 - Praia do Futuro/Caça e Pesca/Beira Mar, 014 – Aguanambi II e 064 – Corujão/Aeroporto/Centro/Rodoviária voltaram a ter ser percurso normalizado.

Drenagem em ruas do Centro
Desde 2015, a Prefeitura de Fortaleza trabalha realizando obras de drenagem no Centro da Cidade. As ações têm como objetivo dar boas condições de infraestrutura e drenagem na região, com a implantação de obras de macrodrenagem em diversos trechos como na Rua Pinto Madeira, até o encontro com o Riacho Pajeú, seguindo pela Rua Solon Pinheiro, Antônio Pompeu, General Sampaio, Senador Pompeu, Metón de Alencar e avenidas Duque de Caxias e Heráclito Graça. No segundo semestre de 2017, as ruas Pedro I, Pedro Pereira, Senador Pompeu e o Parque das Crianças receberam obras de drenagem, facilitando o escoamento das águas da chuva até o riacho Pajeú.