21 de fevereiro de 2020 em Juventude

Prefeitura de Fortaleza distribui apitos no Carnaval em campanha contra assédio

A ação começa nesta sexta-feira (21/02) para alertar à população quanto ao combate ao assédio sexual e incentivar as vítimas a denunciarem


arte com mensagem da campanha e foto de busto de mulher segurando apito

A Prefeitura de Fortaleza lança, por meio da Coordenadoria de Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ), nesta sexta-feira (21/02), a campanha “Não é não. Apite em caso de assédio”, contra assédio sexual no Carnaval. 

A ação, que ocorrerá até a próxima quarta-feira (26/02), tem como objetivo chamar a atenção da população sobre a importância do combate ao assédio, alertando para o respeito aos direitos das mulheres e incentivando as vítimas a denunciarem. Os apitos serão distribuídos em diversos locais de Fortaleza durante os dias de folia.

A campanha de conscientização ocorre dentro da programação de aniversário de seis anos da Rede Cuca, que trabalha durante todo o ano na promoção de direitos humanos e na construção de uma Fortaleza mais justa.

Sobre a Rede Cuca

É uma rede de proteção social e oportunidades formada por três Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cucas), localizados nos bairros Jangurussu, Mondubim e Barra do Ceará, que atende, prioritariamente, jovens entre 15 e 29 anos.

Os equipamentos ofertam cursos, práticas esportivas e produções na área de comunicação e atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e garantia de direitos humanos.

Rede Cuca visa, ainda, levar à periferia de Fortaleza possibilidades e alternativas de fruição cultural por meio da realização de eventos, festivais, mostras, exposições, sessões de cinema, espetáculos de dança e apresentações musicais.

O objetivo da Prefeitura de Fortaleza é que a Rede Cuca funcione como um espaço de diálogo e enfrentamento dos problemas, visando à eliminação ou atenuação das situações de vulnerabilidade social pela promoção de ações imediatas. Nos seis anos de Rede Cuca, foram realizado mais de três milhões de atendimentos.

Serviço:
Prefeitura de Fortaleza lança campanha contra assédio sexual no carnaval

Data: 21 a 26 de fevereiro
Locais: Cuca Barra (Av. Presidente Castelo Branco, 6417, Barra do Ceará); Cuca Mondubim (Rua Santa Marlucia,s/n, Mondubim) e Cuca Jangurussu (Av. Castelo de Castro esquina c/ Av. Contorno Leste, s/n, Jangurussu)
Aterrinho
Largo dos Tremembés (Praia de Iracema)
Mercado dos Pinhões (Praça Visconde de Pelotas, entre as ruas Gonçalves Ledo e Nogueira Acioli – Centro)

Prefeitura de Fortaleza distribui apitos no Carnaval em campanha contra assédio

A ação começa nesta sexta-feira (21/02) para alertar à população quanto ao combate ao assédio sexual e incentivar as vítimas a denunciarem

arte com mensagem da campanha e foto de busto de mulher segurando apito

A Prefeitura de Fortaleza lança, por meio da Coordenadoria de Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ), nesta sexta-feira (21/02), a campanha “Não é não. Apite em caso de assédio”, contra assédio sexual no Carnaval. 

A ação, que ocorrerá até a próxima quarta-feira (26/02), tem como objetivo chamar a atenção da população sobre a importância do combate ao assédio, alertando para o respeito aos direitos das mulheres e incentivando as vítimas a denunciarem. Os apitos serão distribuídos em diversos locais de Fortaleza durante os dias de folia.

A campanha de conscientização ocorre dentro da programação de aniversário de seis anos da Rede Cuca, que trabalha durante todo o ano na promoção de direitos humanos e na construção de uma Fortaleza mais justa.

Sobre a Rede Cuca

É uma rede de proteção social e oportunidades formada por três Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cucas), localizados nos bairros Jangurussu, Mondubim e Barra do Ceará, que atende, prioritariamente, jovens entre 15 e 29 anos.

Os equipamentos ofertam cursos, práticas esportivas e produções na área de comunicação e atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e garantia de direitos humanos.

Rede Cuca visa, ainda, levar à periferia de Fortaleza possibilidades e alternativas de fruição cultural por meio da realização de eventos, festivais, mostras, exposições, sessões de cinema, espetáculos de dança e apresentações musicais.

O objetivo da Prefeitura de Fortaleza é que a Rede Cuca funcione como um espaço de diálogo e enfrentamento dos problemas, visando à eliminação ou atenuação das situações de vulnerabilidade social pela promoção de ações imediatas. Nos seis anos de Rede Cuca, foram realizado mais de três milhões de atendimentos.

Serviço:
Prefeitura de Fortaleza lança campanha contra assédio sexual no carnaval

Data: 21 a 26 de fevereiro
Locais: Cuca Barra (Av. Presidente Castelo Branco, 6417, Barra do Ceará); Cuca Mondubim (Rua Santa Marlucia,s/n, Mondubim) e Cuca Jangurussu (Av. Castelo de Castro esquina c/ Av. Contorno Leste, s/n, Jangurussu)
Aterrinho
Largo dos Tremembés (Praia de Iracema)
Mercado dos Pinhões (Praça Visconde de Pelotas, entre as ruas Gonçalves Ledo e Nogueira Acioli – Centro)