DOIS ALUNOS E O PROFESSOR TOCANDO VIOLÃO
As vagas estão distribuídas nos Cucas Barra, Mondubim, Jangurussu, José Walter e Pici

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Juventude, dá início ao período de matrículas para cursos de formação e práticas esportivas na Rede Cuca. As matrículas para os cursos começam nesta quinta-feira (01/12) e para esportes iniciam na sexta-feira (02/12). As inscrições neste mês serão feitas presencialmente em uma das salas de matrículas dos Cucas. Todas as atividades da Rede Cuca são gratuitas.

São oferecidos cursos nas áreas de tecnologia e artes. Já na área de esportes, são 29 opções de modalidades, como natação, jiu-jitsu, muay thai, taekwondo, handebol, futsal, basquete, vôlei, cross cuca, treinamento funcional, natação e mais.

As vagas estão distribuídas nos Cucas Barra, Mondubim, Jangurussu, José Walter e Pici.

Confira os cursos

Calendário de matrícula da Rede Cuca

Cursos de tecnologias e artes: a partir de quinta-feira (01/12)
- Início das aulas: quinta-feira (08/09)

Esporte: a partir de sexta-feira (02/12)
- Início imediato

Para as modalidades de e natação, hidroginástica e triátlon, é necessário realizar um teste de aptidão que pode ser marcado a partir de sexta-feira (02/12), ligando para o Cuca do seu interesse.

Como se matricular
Para se matricular, é necessário ter o número Juvi, e-mail e CPF válidos, além de estar portando um documento oficial com foto. Cada aluno poderá participar de apenas um curso de formação e/ou uma modalidade esportiva por mês.

Alunos já matriculados nas atividades de esporte com pelo menos 75% de presença no mês anterior têm a sua matrícula automaticamente renovada. As vagas remanescentes são abertas a novos alunos. Caso todas as vagas sejam preenchidas, os interessados poderão ficar no cadastro de reservas para possível liberação de novas vagas.

Atendimento das salas de matrícula: terça a sexta-feira, de 9h às 19h, e sábado, de 9h às 12h.

Serviço
Matrículas presenciais
Cuca Jangurussu - Av. Castelo de Castro, s/n (esquina com Av. Contorno Leste) - Jangurussu
Cuca José Walter - R. 69 - Pref. José Walter
Cuca Barra - Av. Pres. Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará
Cuca Mondubim - Rua Santa Marlúcia, s/n - Mondubim
Cuca Pici - R. Cel. Matos Dourado, 1499 - Pici

Publicado em Juventude

Como parte da programação da 5° edição do Festival de Música da Juventude, a Rede Cuca, política pública da Prefeitura de Fortaleza executada pela Secretaria Municipal da Juventude, promove atividades de formação ministradas pelo curador e produtor Rolinha e a coordenadora de projetos Gaby Morenah, ambos do Circo Voador (RJ). Referência para a cultura nacional, os profissionais compartilham suas experiências e conversam sobre a tradição musical no Circo Voador em dois encontros: quarta-feira (30/11), às 18h, no Cuca Mondubim, e na quinta-feira (01/12), às 18h, no Cuca Barra. Serão 30 vagas gratuitas abertas ao público, por ordem de chegada.

Coordenadora de projetos e produtora do Circo Voador desde 2002, Gaby Morenah vê uma identificação entre o Circo Voador e a Rede Cuca. Ela espera que o momento seja uma grande troca de vivências. “O Circo Voador é fruto de sonhos coletivos. Nossa escola sempre foi a coragem e a experimentação. Acredito que a Rede Cuca representa muitas das lutas que nós do Circo compartilhamos, então, é um prazer enorme poder trocar ideias, falar de cultura, produção cultural em um local com uma identificação com o que também acreditamos. Vai ser uma experiência e um momento de troca muito especial”, diz.

Sobre o Circo Voador

Inaugurado em 1982, na praia do Arpoador, em Ipanema (RJ), o Circo Voador é um símbolo de arte e cultura. O palco foi erguido para que jovens artistas divulgassem sua arte. No mesmo ano, o Circo Voador foi transferido e instalado no bairro da Lapa. Com um local fixo, passou a ser palco para futuros grandes artistas, como Barão Vermelho, Legião Urbana, Blitz, Os Paralamas do Sucesso, Capital Inicial, Lobão, Débora Colker, Engenheiros do Hawaii, Intrépida Trupe, e outros.

O Circo passou a ser uma referência de democracia e diversidade cultural, mantendo o espaço em permanente ebulição, seja em eventos ou em projetos sociais. Ícone da cultura popular carioca, sua história está ligada à renovação da música brasileira nas últimas quatro décadas.

Para além de um espaço de apresentações culturais, o Circo desenvolve projetos de educação, como a Creche Brincar e Aprender, que atende uma média de cem crianças por ano, com três refeições diárias, e atividades educativas, culturais e esportivas.

Serviço
Formação Circo Voador
Cuca Mondubim - quarta-feira (30/11), às 18h
Cuca Barra - quinta-feira (01/12), às 18h
30 vagas gratuitas e abertas ao público

Publicado em Juventude

Durante o último fim de semana, a Rede Cuca, política pública da Prefeitura de Fortaleza executada pela Secretaria Municipal da Juventude, teve 15 atletas que foram destaques em competições locais e internacionais. Os jovens competiram em modalidades como judô, kickboxing, paranatação, levantamento de peso olímpico (LPO) e skate.

No 11º Campeonato Panamericano de Kickboxing, que aconteceu na cidade de Cascavel, Paraná, foram duas medalhas de pratas e uma de bronze. A equipe de kickboxing da Rede Cuca é comandada pelo professor Carlos Frota e foi representada pelas atletas Gracyanne Maia (prata - categoria até 52kg low kick), Diana Maria (prata - categoria +70kg kick-light) e Mariano Neto (bronze - categoria até 57kg Kick light). Para chegarem ao Panamericano, os jovens foram campeões no Cearense e Brasileiro de Kickboxing.

Diana Berreto, 24 anos, começou a treinar no Cuca Jangurussu há pouco mais de um ano e vem se destacando em diversas competições. A jovem está feliz com mais uma vitória e destaca o apoio da equipe. “A experiência no Panamericano foi uma surpresa magnífica. Estou feliz em ter chegado até aqui, ter conquistado a medalha de prata e ter ficado em 2° lugar no ranking, em uma luta duríssima. Desde a preparação com o nosso treinador Carlos Frota, aos meus colegas de treino, que me ajudaram na preparação para esse campeonato, sou muito grata por tudo e todos que fizeram com que eu, meus colegas e meu treinador chegássemos até aqui. Gratidão é o sentimento”, diz. Para participarem da competição, os alunos receberam o apoio da Sejuv e da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer (Secel).

Ainda nas artes marciais, sete atletas do judô competiram no Desafio Unifor de Escolas 2022: Maria Rebeca dos Santos, 48kg, 1º lugar; Paula Kemily Carvalho Ripardo, 57 Kg, 2º lugar; Thainá Pimenta de Castro, 57 Kg, 3º lugar; Emanuel Ferreira Silva, 66Kg, 3º Lugar; Lucas Calixto, 55 Kg, 3º Lugar; Lucas Cavalcante Almeida, 66 Kg, 5º Lugar e Maria Eduarda, 57kg, 7º lugar.

Paranatação

Já no XII Meeting Cearense de Paranatação foram oito medalhas, sendo dois ouros, duas pratas e quatro bronzes conquistados por Sheldon Brenno. Atleta experiente e com diversas conquistas internacionais, o nadador fecha o ciclo de competições de 2022 conquistando medalha em todas as provas que participou durante o Meeting de Paranatação, que aconteceu no Clube do Náutico, em Fortaleza. Sheldon garantiu dois de ouros nos 50m costas e 100m costas, duas de pratas nos 200m livre e 100m peito e quatro de bronzes nos 100m livre, 50m livre, 50m peito e quatro por 50m revezamento.

O jovem foi destaque em várias competições durante o ano e fala com orgulho sobre o momento. “Ano excepcional. Conquistei medalhas internacionais na Argentina, fui Bi campeão brasileiro universitário na Paraíba. Conquistei o índice técnico para participar do Brasileiro próximo ano, em São Paulo. Meeting Loterias Caixa, que aconteceu aqui no nosso Estado. E fechei com chave de ouro melhorando minhas marcas para subir no ranking brasileiro do CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro)”, destaca.

Skate e LPO

Na praça da Gentilândia aconteceu o Rei da Praça 2022 e a Rede Cuca marcou presença com o Juliano Prado, que garantiu a Melhor Manobra e 2º lugar( Amador), e com o Ítalo Lima, conquistando o 2° lugar (Mirin).

Já no Campeonato Cearense de LPO realizado no Centro de Formação Olímpica (CFO), Maria do Carmo, ficou em 4° lugar no LPO Barra 55kg e David Pereira em 5° na Barra 67kg.

Publicado em Juventude

O Rede Cuca Vôlei iniciou, na semana passada, preparação para temporada 2022/2023, que tem como grande desafio a Superliga 1XBET (Superliga A), principal competição brasileira da modalidade e uma das cinco maiores do mundo. A equipe conta com o comando técnico do campeão olímpico pela seleção brasileira em Barcelona 92, Marcelo Negrão.

No primeiro dia de trabalhos, os atletas visitaram o Cuca José Walter, palco das partidas da equipe na Superliga B 2021/2022, e tiveram um momento de avaliação e apresentação com a comissão técnica comandada por Marcelo Negrão. Os treinos físicos e com bola iniciaram na quarta-feira (07/09), divididos entre trabalhos na academia e em quadras de areia.

"Por ter sido uma situação atípica, nossa preparação começou um pouco depois se comparada com a das demais equipes, mas estamos tirando força disso. Estamos realizando treinamento intenso na areia e academia, aprimorando a parte física, e ainda esta semana vamos para a quadra. O grupo é bom, os treinamentos estão excelentes, está todo mundo confiante, tanto jogadores, quanto comissão", explica Negrão.

Na programação, a equipe deve continuar com os trabalhos na areia até esta quarta-feira (14/09), já iniciando a preparação na quadra a partir da quinta-feira (15/09), em local ainda não definido. De acordo com Malbha Tahan, coordenador técnico do Rede Cuca Vôlei, o elenco está se formando, com uma boa quantidade de atletas já treinando, mas a equipe ainda está no mercado buscando contratações.

Rede Cuca Vôlei

O Rede Cuca Vôlei nasceu em 2021, fruto do trabalho desenvolvido nas práticas esportivas dentro dos equipamentos da Rede Cuca há mais de 10 anos, através das políticas públicas da Prefeitura de Fortaleza executadas pela Secretaria Municipal de Juventude.

Formada apenas por cearenses, com boa parte sendo de jovens que tiveram sua formação dentro dos equipamentos da Rede, a equipe foi campeã da Superliga C em 2021 e terceiro lugar na Superliga B em 2022. A convite da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), o time disputa agora a temporada 2022/2023 da Superliga 1XBET (Superliga A). Para a competição, o time está recebendo reforços de atletas do Ceará e de outros estados. O Rede Cuca Vôlei será o único representante das regiões Norte e Nordeste na elite do voleibol nacional.

Publicado em Juventude
Imagem com jovens participantes do JuvFest
Em 2021, foi realizada a primeira edição do JuvFest, festival formativo para as juventudes

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Juventude, desenvolveu várias ações e projetos com objetivo de promover proteção social e oferecer oportunidades às juventudes do município em 2021. Ao todo, 326.229 jovens foram beneficiados com as políticas públicas implementadas na cidade. O fomento ao protagonismo social e econômico fez de programas como Bolsa Jovem, Juventude na Onda, Cria Juventude, Voa Juventude e Academia Enem aliados no processo de apoio e formação das juventudes.

“Foi um ano desafiador, mas de muitas conquistas. Conseguimos ampliar o Bolsa Jovem e tivemos mais de cinco mil jovens participando do Academia Enem, com aulas presenciais e virtuais. Ampliamos também o Juventude na Onda para 20 escolinhas. Na Rede Cuca, foram mais de 600 mil atendimentos e mais de 230 mil jovens atendidos. Lançamos também novos programas, como o Cria Juventude, que selecionou 25 projetos de impacto social. No Voa Juventude, mais de 270 jovens representaram a juventude de Fortaleza em congressos e campeonatos pelo Brasil e outros países. Foram muitas ações, e a expectativa é que em 2022 sejam ainda mais, com mais oportunidades para os jovens da cidade”, celebra o secretário da Juventude. Davi Gomes.

O Academia Enem é um curso gratuito, voltado para orientar e preparar os jovens estudantes, em especial os da rede pública de ensino, para o ingresso na educação superior através do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vestibulares em geral. Implementado em 2013, o AE já beneficiou mais de 70 mil jovens. Neste ano, em razão da pandemia de Covid-19 e a necessidade de isolamento social, o projeto ocorreu de forma híbrida, com aulas virtuais e presenciais. Cerca de 5.174 jovens foram beneficiados pelo AE, que contou com 52 aulas virtuais e 32 presenciais.

Com o retorno das atividades após o isolamento rígido, a Pasta retomou o programa Voa Juventude, que desde 2019 já levou jovens para vários estados do Brasil e para o exterior, concedendo passagens (aéreas e terrestres) e hospedagens (nacionais e internacionais) para que possam desenvolver suas habilidades e formações contínuas, participando de eventos, congressos, campeonatos, seminários, feiras, mostras ou cursos. Até novembro deste ano, 272 foram beneficiados com o programa.

Criado em 2019, o Programa Bolsa Jovem tem o objetivo de garantir aos jovens de Fortaleza em situação de vulnerabilidade condições para o pleno desenvolvimento das suas habilidades individuais, por meio da concessão de benefício financeiro e formação, visando à redução das desigualdades e promovendo a inclusão juvenil. Em sua 2ª edição, iniciada em 2021, os jovens foram selecionados para receberem bolsas mensais de R$ 300,00 pelo período de um ano. Essa edição contou com aumento em 50% do número de vagas (passando de 2 mil para 3 mil) e três vezes mais áreas de interesse (aumentando de três para nove): Arte e Cultura; Cidadania e Participação Social; Ciência, Educação e Tecnologia; Comunicação; Comunidades e Povos Tradicionais; Práticas Recreativas e Lazer; Meio Ambiente e Sustentabilidade; Saúde e Bem-Estar; Economia Criativa e Empreendedorismo.

No Juventude na Onda, que neste ano ampliou sua atuação para atender 20 escolinhas de surf da orla de Fortaleza, foram selecionados 20 instrutores e 20 monitores para ministrar, durante o período da ajuda de custo, aulas de surf ou bodyboarding em uma das escolas selecionadas pelo projeto, que além da cessão de material, também receberam apoio logístico. O CRIA Juventude, por sua vez, selecionou 25 projetos criativos de impacto social para receber apoio financeiro de R$ 7.300,00 para sua execução e serem submetidos ao processo de incubação e mentoria, oportunizando aos participantes condições de desenvolverem seus próprios negócios e iniciativas, com todo suporte necessário para um caminho de sucesso e contribuindo com o desenvolvimento, também, dos territórios da cidade.

Em dezembro, foi realizado o JuvFest, primeiro festival das juventudes da Capital. O evento, de caráter formativo, ocorreu em todos os espaços do Cuca José Walter e contou com palestras, bate-papos, oficinas, lançamentos, experiências imersivas, exibição de filmes, ações culturais e muitas outras atividades.

Rede Cuca

A Rede Cuca é o maior programa da Secretaria de Juventude. Trata-se de uma rede de proteção social e de oportunidades formada por quatro Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte - Cucas (Barra, Mondubim, Jangurussu e José Walter), dois Faróis de Juventude (Praia de Iracema e Benfica) e dois Centros de Juventude (Ozório de Paiva-Canindezinho e Bela Vista). Em 2022, o bairro Pici receberá o quinto equipamento da rede. O complexo oferece cursos, práticas esportivas, difusão cultural, formações e produções na área de comunicação e atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e a garantia de direitos humanos.

Prioritariamente, a Rede Cuca atende jovens entre 15 e 29 anos, mas também oferta atividades e serviços para o público em geral. Em 2021, foram realizados 658.237 atendimentos na rede, que contou com a participação de 290.754 jovens. Neste ano, foram ofertadas 64.263 vagas em cursos de formação e práticas esportivas (com 32 modalidades). Até novembro deste ano, 8.065 jovens foram beneficiados com formação e qualificação profissional nos equipamentos. O Futuros, da Rede Cuca, é um programa de monitoria para jovens atuarem em projetos nas áreas de comunicação, educação, artes, esportes, direitos humanos, saúde e meio ambiente. No ano passado, 267 jovens foram contemplados pelo projeto.

Publicado em Juventude
grupo de pessoas em pé dentro do gabinete
"É mais uma política para a capacitação e inclusão da nossa juventude", destacou Sarto (Foto: Thiago Gaspar)

O prefeito de Fortaleza, José Sarto, lançou, nesta terça-feira (05/10), mais uma edição do programa Jovens Talentos, que vai possibilitar a contratação, por meio de seleção pública, de novos estagiários para a Prefeitura de Fortaleza. No total, são ofertadas 2.092 vagas para estudantes de diversos cursos. As inscrições ocorrerão, exclusivamente, pela internet, a partir desta quarta-feira (06/10), às 14h, até dia 30 de outubro.

Assista à matéria da TV Terra do Sol

A iniciativa é mais uma medida da Prefeitura para a recuperação do fluxo econômico. "É mais uma política para a capacitação e inclusão da nossa juventude. Há 10 anos, o valor da bolsa não era ajustado, aumentamos para R$ 750. Também ampliamos a oferta de bolsistas e o número de cursos contemplados. São mais de R$ 20 milhões em investimento”, afirmou o prefeito.

De acordo com o prefeito, com o programa, a Prefeitura oferece oportunidade para alunos universitários se iniciarem em suas profissões, um esforço que se soma a outras ações voltadas para os jovens da Capital.

“Só na área da juventude, nós temos três mil bolsas para jovens, 1.100 para atletas, duas mil bolsas para monitores que cursam o 9º ano do Ensino Fundamental e também temos 1.050 agentes de educação. Tudo isso no sentido de fortalecer a economia e cumprir nosso compromisso para esse primeiro ano de mandato, que inclui a proteção da saúde, a retomada das aulas presenciais e ações para o crescimento econômico", ressaltou o prefeito.

Podem participar da seleção, os estudantes que estejam devidamente matriculados, a partir do 4º semestre, ou ter cursado, no mínimo, 80 créditos ou 40% da carga horária em um curso de graduação referente à vaga para a qual querem concorrer e que tenham disponibilidade mínima de seis meses, desde que permaneçam matriculados na Instituição de Ensino Superior. Também é necessário que os candidatos não tenham estagiado em órgão ou entidade da Prefeitura de Fortaleza por período superior a doze meses e que não sejam ocupantes de cargo público, função pública ou emprego público.

A seleção consistirá na aplicação de prova objetiva, exceto para os candidatos dos cursos de Comunicação Social (Jornalismo e Publicidade, Audiovisual e Design Gráfico), Direito e Turismo, que farão uma prova discursiva composta por duas questões que versarão sobre temas do seu curso de graduação, seguida de entrevista, para todos os candidatos. A data prevista para aplicação da prova é 14 de novembro.

O estágio terá duração de um ano e a bolsa-estágio será no valor de R$ 750,00, além do auxílio transporte, correspondentes à carga horária de 20 horas semanais.

Inscrições

A inscrição deverá ser realizada em duas etapas: primeiro, o candidato deverá fazer o Cadastro Único das Políticas Públicas de Juventude, disponível no Portal da Juventude e gerar seu número de Cadastro Social. Em seguida, deverá preencher o formulário eletrônico de inscrição, disponível no Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura e pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 50.

O edital destina 10% das vagas para pessoas com deficiência (PcD). Os candidatos aprovados nessa categoria serão submetidos a exame médico e deverão apresentar laudo médico, expedido pelo Instituto de Previdência do Município (IPM), ao órgão em que serão lotados. Já os candidatos transgêneros que desejarem ser tratados por nome social, durante a realização da prova, deverão solicitar atendimento diferenciado.

Links
Clique para acessar o Portal da Juventude
Clique para acessar o Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura

Mais informações
Diretoria de Concursos e Seleções (Dices)
Endereço: Av. João Pessoa, 5609 – Damas
Telefone: 3433.2987

Publicado em Concursos e Seleções

A Prefeitura de Fortaleza promove a Semana de Dança da Rede Cuca. A programação gratuita acontece de quarta a sexta-feira (27 a 20/04) de forma virtual.

O evento faz alusão ao Dia Internacional da Dança, comemorado em 29 de abril, e tem como objetivo difundir e potencializar a linguagem artística.

Dentre as atividades presentes na programação, o público pode conferir oficinas, workshops, bate-papos, apresentações, aulões e lives transmitidas ao vivo. Para participar, os interessados podem acompanhar a programação pelo canal no YouTube, Juv.Tv, e pela plataforma Google Meet, acessada pelo Portal da Juventude.

Serviço
Semana de Dança da Rede Cuca
27, 28, 29 e 30/04 (terça a sexta-feira)
Local: https://www.youtube.com/juvtv e https://portaldajuventude.fortaleza.ce.gov.br 

Publicado em Juventude
banner com dados

Mesmo neste período de pandemia, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ), continua ofertando cursos na Rede Cuca. Neste mês de março, são 992 vagas para cursos on-line gratuitos. As matrículas devem ser feitas de forma virtual pelo Portal da Juventude.

Ao todo, são oferecidas 65 opções de cursos que abrangem diversas áreas como: formação e tecnologia; artes e empregabilidade. Dentre os cursos disponibilizados, estão Fotografia de gastronomia, Produção de filmes curtos, Dança, Teatro, Circo, Inglês, Libras, Design Gráfico, Linguagem de programação PHP , Rede de computadores para iniciantes e Gestão comercial, administrativa e de pessoal.

Confira a lista dos cursos

Em razão do novo decreto Estadual para o enfrentamento à Covid-19, a Rede Cuca permanece sem atividades presenciais. Durante este mês, não serão ofertadas vagas nas modalidades esportivas, o público poderá acompanhar lives e reprises no Instagram e no canal Juv.Tv, no YouTube. 

Matrículas
As matrículas serão divididas por áreas em datas diferentes: as vagas de Formação e Tecnologia acontecem na terça-feira (02/03) e as vagas nas áreas de Artes e Empregabilidade, ficam disponíveis na quarta-feira (03/03). 

Para se matricular nos cursos da Rede Cuca, é necessário fazer o cadastro no Portal da Juventude e ter e-mail e CPF válidos. Cada aluno poderá participar de um curso por mês. 

Caso as vagas sejam preenchidas, os interessados poderão ficar no cadastro de reservas para possível liberação de novas vagas.
 
Sobre a Rede Cuca
A Rede Cuca é uma rede de proteção social e oportunidades formada por três Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cucas), mantidos pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude.


Geridos pelo Instituto Cuca, os Cucas Barra, Mondubim, Jangurussu e José Walter atendem, prioritariamente, jovens de 15 a 29 anos, oferecendo cursos, práticas esportivas, difusão cultural, formações e produções na área de comunicação e atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e a garantia de direitos humanos.


Além disso, a Rede Cuca também visa levar para a periferia de Fortaleza possibilidades e alternativas de fruição cultural por meio da realização de eventos estratégicos, festivais, mostras, exposições e programação permanente de shows, espetáculos e cinema.

Serviço:
Matrículas para cursos na Rede Cuca
On-line: portaldajuventude.fortaleza.ce.gov.br

Publicado em Juventude

Para estimular e aumentar o número de doadores de sangue, a Prefeitura de Fortaleza promove, em parceria com Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), a campanha Jovem Doador da Rede Cuca. Jovens, colaboradores e usuários dos equipamentos podem se inscrever e participar da ação, que será realizada pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ).

As inscrições ocorrem de 02 a 18 de fevereiro Os interessados devem procurar o sala do setor de Direitos Humanos (DPDHC) nos Cuca Barra, Mondubim, Jangurussu ou José Walter e levar um documento com foto. 

As doações devem acontecer na própria unidade do Hemoce e serão disponibilizadas vans que sairão dos Cucas para transportar os grupos de voluntários. As ações ocorrem pela manhã e tarde em diferentes datas:
- 23/02 Cuca Mondubim
- 24/02 Cuca Barra
- 25/02 Cuca Jangurussu
- 26/02 Cuca José Walter

Quem pode doar?

Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos, estar saudável, bem alimentado, pesar acima de 50kg e portar um documento oficial com foto. Os candidatos menores de 18 anos devem apresentar o Termo de Consentimento assinado pelo responsável.

Cuca Saudável 

A Diretoria de Promoção de Direitos Humanos da Rede Cuca realiza atendimentos por meio do Cuca Saudável para a promoção de saúde, como aconselhamentos, redução de danos e realização de testagens rápidas de HIV, Sífilis, Hepatite B e C. A ação é uma parceria com o programa Fique Sabendo Jovem!. 

Os serviços de promoção de saúde são gratuitos e têm o objetivo de conscientizar os jovens e a comunidade para que possam além de prevenir, disseminar a informação e também buscar aconselhamento ou tratamento na rede de saúde, caso seja necessário. 

Serviço
Campanha Jovem Doador
Período de inscrição: 02 a 18 de fevereiro
Locais: 
Cuca Barra - Av. Presidente Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará 
Cuca Mondubim - Rua Santa Marlúcia S/n - Mondubim 
Cuca Jangurussu - Av. Castelo de Castro s/n - jangurussu 
Cuca José Walter - Rua 69 - 2a etapa - José Walter

 

Publicado em Juventude

As alunas Ana Camila (27) e Nicole Sá (19), do curso básico de Libras da Rede Cuca, foram aprovadas para o curso avançado do Centro de Profissionalização Inclusiva para a Pessoa com Deficiência (Cepid), do Governo do Estado do Ceará. 

Foram ofertadas 15 vagas e o processo seletivo contou com uma entrevista toda na língua de sinais.
 
Foi por meio dos cursos na Rede Cuca que as jovens tiveram o primeiro contato com a língua de sinais. “Eu nunca tinha feito um curso de libras. Quando vi o curso no Portal da Juventude, pensei logo em fazer. Tinha acabado de passar por uma experiência recente que exigiu esse conhecimento e eu não tinha”, diz Camila.
 
Antes de iniciar o curso básico em Libras, Nicole participou de um curso na Rede Cuca sobre a cultura surda e acredita que Libras vai além de usar os sinais. “Esses dois cursos me ajudaram muito a desenvolver Libras porque eu acredito que não é só estar fazendo os sinais, você precisa conhecer”, afirma.
 
Mesmo preferindo cursos presenciais, Camila conta que a experiência on-line fez com que ela visse a importância das Libras no cotidiano. “Sempre prefiro os cursos presenciais. Mas nessa experiência, parecia que quanto mais eu assistia aula, mais eu queria aprender e continuar assistindo. Você vai se apaixonando pela Libras e visualizando como ela é fundamental para o nosso cotidiano, enquanto pessoas e  profissionais”, relata. 
 
Apesar da pouca experiência com a língua, a dedicação das alunas e o suporte oferecido pelo curso básico fizeram a diferença, afirma Erika Teodósio (37), professora da Rede Cuca. “Como se esforçaram, sempre tirando dúvidas, sempre dedicadas, conseguiram a aprovação. E antes de ter contato com o curso básico, nenhuma das duas sabia a língua. Então, realmente foi ele que deu o suporte para que elas conseguissem aprovação no curso avançado”.
 
Cursos na Rede Cuca
 
A Rede Cuca oferta cursos de formação em oito áreas de atuação diferentes e 29 modalidades esportivas para jovens de 15 a 29 anos. Mensalmente, é oferecida uma média de 5 mil vagas distribuídas nos Cucas Barra, Mondubim, Jangurussu e no recém inaugurado Cuca José Walter.
Publicado em Juventude
Página 1 de 9