07 de junho de 2018 em Saúde

Prefeitura de Fortaleza entrega 300 cadeiras de rodas para pessoas com deficiência

Com a entrega, o Município zera a fila de espera pela cadeira de rodas e contribui para a transformação social, levando mais qualidade de vida para as pessoas com deficiência.


prefeito roberto cláudio e primeira dama Carol Bezerra
Esta é a terceira etapa do projeto "Fortaleza pela Inclusão" que contemplou 1.121 usuários

O prefeito Roberto Cláudio, acompanhado da primeira-dama Carol Bezerra, entregou, nesta quinta-feira (07/06), em solenidade no Ginásio Paulo Sarasate, 300 cadeiras de rodas para pessoas com deficiência. Esta é a terceira etapa do projeto "Fortaleza pela Inclusão", que envolve o Gabinete da Primeira-Dama de Fortaleza e as Secretarias Municipal da Saúde (SMS) e de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS).

Com a entrega, o Município zera a fila de espera pela cadeira de rodas e contribui para a transformação social, levando mais qualidade de vida para as pessoas com deficiência. “Muitas das pessoas que estavam na fila nunca tiveram uma cadeira e a entrega é a possibilidade de lazer, passeio, educação e emprego para elas”, destacou o prefeito Roberto Cláudio.

A entrega desta quinta-feira marca a última etapa do projeto que contemplou 1.121 usuários. Todos foram medidos e pesados para que as cadeiras fossem confeccionadas na medida para suas necessidades físicas. Maiara Martins cuida da filha de cinco anos que sofre de uma desordem genética que afeta o desenvolvimento cerebral de meninas. A cadeira de rodas, adaptada exclusivamente para a filha, deixou a dona de casa emocionada. “Vai ser melhor para o desenvolvimento dela e também vai me dar um bom descanso. Tudo que faço é com ela no colo e não é fácil”, explicou.

A Prefeitura de Fortaleza está desenvolvendo uma série de políticas públicas para resolver as questões de acessibilidade na Cidade. Uma delas é o Plano Municipal de Caminhabilidade que visa incentivar os deslocamentos a pé, por meio da qualificação dos passeios nas calçadas, garantindo a completude nos bairros, relacionando moradia e trabalho. Além disso, todas os prédios públicos construídos desde 2013 contam com projetos acessíveis e as obras de mobilidade são fiscalizadas antes, durante e depois da entrega do projeto por equipes da Coordenadoria Especial de Pessoas com Deficiência (Copedef), para garantir que as mudanças na infraestrutura tenham acessibilidade.

“Fico muito feliz porque por ser cadeirante também eu sei a dificuldade que é. Eu tenho a sorte e condição econômica de ter cadeira de rodas, mas essa não é a realidade da maioria. Nossa luta é para que outros protocolos sejam assinados para que Fortaleza tenha um Centro de Referência Especializado”, destacou Emerson Damasceno, titular da Copedef.

A Prefeitura, em parceria com o hospital de reabilitação Sarah Kubitschek, treinou médicos especializados e demais profissionais de saúde para atender novas demandas, que devem ser encaminhadas para o Posto Carlos Ribeiro, no Bairro Jacarecanga (Regional I). O cidadão que necessitar de uma cadeira de rodas deve fazer o agendamento de uma consulta com o médico, levar a documentação pessoal, comprovante de endereço de Fortaleza e laudo médico para que suas medidas sejam tiradas e a cadeira confeccionada. No caso dos pacientes acamados, a visita é feita pelo médico de saúde da família, que auxiliará no pedido para o benefício.

Prefeitura de Fortaleza entrega 300 cadeiras de rodas para pessoas com deficiência

Com a entrega, o Município zera a fila de espera pela cadeira de rodas e contribui para a transformação social, levando mais qualidade de vida para as pessoas com deficiência.

prefeito roberto cláudio e primeira dama Carol Bezerra
Esta é a terceira etapa do projeto "Fortaleza pela Inclusão" que contemplou 1.121 usuários

O prefeito Roberto Cláudio, acompanhado da primeira-dama Carol Bezerra, entregou, nesta quinta-feira (07/06), em solenidade no Ginásio Paulo Sarasate, 300 cadeiras de rodas para pessoas com deficiência. Esta é a terceira etapa do projeto "Fortaleza pela Inclusão", que envolve o Gabinete da Primeira-Dama de Fortaleza e as Secretarias Municipal da Saúde (SMS) e de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS).

Com a entrega, o Município zera a fila de espera pela cadeira de rodas e contribui para a transformação social, levando mais qualidade de vida para as pessoas com deficiência. “Muitas das pessoas que estavam na fila nunca tiveram uma cadeira e a entrega é a possibilidade de lazer, passeio, educação e emprego para elas”, destacou o prefeito Roberto Cláudio.

A entrega desta quinta-feira marca a última etapa do projeto que contemplou 1.121 usuários. Todos foram medidos e pesados para que as cadeiras fossem confeccionadas na medida para suas necessidades físicas. Maiara Martins cuida da filha de cinco anos que sofre de uma desordem genética que afeta o desenvolvimento cerebral de meninas. A cadeira de rodas, adaptada exclusivamente para a filha, deixou a dona de casa emocionada. “Vai ser melhor para o desenvolvimento dela e também vai me dar um bom descanso. Tudo que faço é com ela no colo e não é fácil”, explicou.

A Prefeitura de Fortaleza está desenvolvendo uma série de políticas públicas para resolver as questões de acessibilidade na Cidade. Uma delas é o Plano Municipal de Caminhabilidade que visa incentivar os deslocamentos a pé, por meio da qualificação dos passeios nas calçadas, garantindo a completude nos bairros, relacionando moradia e trabalho. Além disso, todas os prédios públicos construídos desde 2013 contam com projetos acessíveis e as obras de mobilidade são fiscalizadas antes, durante e depois da entrega do projeto por equipes da Coordenadoria Especial de Pessoas com Deficiência (Copedef), para garantir que as mudanças na infraestrutura tenham acessibilidade.

“Fico muito feliz porque por ser cadeirante também eu sei a dificuldade que é. Eu tenho a sorte e condição econômica de ter cadeira de rodas, mas essa não é a realidade da maioria. Nossa luta é para que outros protocolos sejam assinados para que Fortaleza tenha um Centro de Referência Especializado”, destacou Emerson Damasceno, titular da Copedef.

A Prefeitura, em parceria com o hospital de reabilitação Sarah Kubitschek, treinou médicos especializados e demais profissionais de saúde para atender novas demandas, que devem ser encaminhadas para o Posto Carlos Ribeiro, no Bairro Jacarecanga (Regional I). O cidadão que necessitar de uma cadeira de rodas deve fazer o agendamento de uma consulta com o médico, levar a documentação pessoal, comprovante de endereço de Fortaleza e laudo médico para que suas medidas sejam tiradas e a cadeira confeccionada. No caso dos pacientes acamados, a visita é feita pelo médico de saúde da família, que auxiliará no pedido para o benefício.