24 de setembro de 2018 em Meio ambiente

Prefeitura de Fortaleza participa de missão na Espanha para captar boas práticas do Distrito de Inovação 22@ Barcelona

A comitiva cearense participará de agenda na Espanha entre os dias 24 e 28 de setembro


Secretários estaduais e municipais de Fortaleza e da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), além de estudiosos da área médica irão participar de missão na Espanha, entre os dias 24 e 28 de setembro. A iniciativa visa captar as boas práticas aplicadas no desenvolvimento do Distrito de Inovação 22@ Barcelona, no bairro Poble Nou.

A Prefeitura Municipal de Fortaleza estará representada pela secretária municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Águeda Muniz e a diretora de Planejamento do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Lia Parente. Já a Prefeitura Municipal do Eusébio enviará os secretários de Meio Ambiente e Controle Urbano, Celso Rodrigues e de Desenvolvimento Econômico, Eilson Gurgel.

A comitiva cearense também será composta por Eduardo Neves, presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), a diretora de tecnologia e inovação em saúde do órgão, Robertta Mota e o coordenador de projetos da instituição, Roberto Martins Rodrigues (Dr. Cabeto), além dos membros da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Carlile Lavor e Paulo Gadelha.

Em Barcelona, a delegação será recepcionada pelo presidente da Associação Internacional de Parques Tecnológicos e Áreas de Inovação (IASP), Josep Piqué, que apresentará as transformações urbanísticas no bairro Poble Nou, que antes da implantação do Distrito de Inovação 22@ Barcelona era uma área industrial e atualmente comporta espaços modernos para concentração estratégica de atividades destinadas ao conhecimento.

“Nosso objetivo é trazer a experiência benéficas para Fortaleza. Visamos melhorias para o bairro Porangabussu, com foco na área da Saúde, já que a região possui incentivos para hospitais, clínicas e faculdades, regulamentadas por meio da Zona Especial de Dinamização Urbanística e Socioeconômica (Zedus Porangabussu)”, afirma Águeda Muniz.

Prefeitura de Fortaleza participa de missão na Espanha para captar boas práticas do Distrito de Inovação 22@ Barcelona

A comitiva cearense participará de agenda na Espanha entre os dias 24 e 28 de setembro

Secretários estaduais e municipais de Fortaleza e da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), além de estudiosos da área médica irão participar de missão na Espanha, entre os dias 24 e 28 de setembro. A iniciativa visa captar as boas práticas aplicadas no desenvolvimento do Distrito de Inovação 22@ Barcelona, no bairro Poble Nou.

A Prefeitura Municipal de Fortaleza estará representada pela secretária municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Águeda Muniz e a diretora de Planejamento do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Lia Parente. Já a Prefeitura Municipal do Eusébio enviará os secretários de Meio Ambiente e Controle Urbano, Celso Rodrigues e de Desenvolvimento Econômico, Eilson Gurgel.

A comitiva cearense também será composta por Eduardo Neves, presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), a diretora de tecnologia e inovação em saúde do órgão, Robertta Mota e o coordenador de projetos da instituição, Roberto Martins Rodrigues (Dr. Cabeto), além dos membros da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Carlile Lavor e Paulo Gadelha.

Em Barcelona, a delegação será recepcionada pelo presidente da Associação Internacional de Parques Tecnológicos e Áreas de Inovação (IASP), Josep Piqué, que apresentará as transformações urbanísticas no bairro Poble Nou, que antes da implantação do Distrito de Inovação 22@ Barcelona era uma área industrial e atualmente comporta espaços modernos para concentração estratégica de atividades destinadas ao conhecimento.

“Nosso objetivo é trazer a experiência benéficas para Fortaleza. Visamos melhorias para o bairro Porangabussu, com foco na área da Saúde, já que a região possui incentivos para hospitais, clínicas e faculdades, regulamentadas por meio da Zona Especial de Dinamização Urbanística e Socioeconômica (Zedus Porangabussu)”, afirma Águeda Muniz.