06 de agosto de 2018 em Fortaleza

Prefeitura de Fortaleza realiza 6.283 atendimentos com o VetMóvel em dois meses de atividades

Desde 4 de junho, o equipamento atende cães e gatos em diversos bairros da Capital


Em dois meses, foram realizadas cerca de 2.200 consultas
Em dois meses, o equipamento itinerante já se estabelece como referência de serviços clínico-veterinários e castração de animais pertencentes a tutores de baixa renda

A Prefeitura de Fortaleza vem realizando as atividades itinerantes do VetMóvel, já tendo proporcionado 6.283 atendimentos gratuitos a cães e gatos em diversos bairros da Cidade. Com dois meses de atividades, o equipamento itinerante já se estabelece como referência de serviços clínico-veterinários e castração de animais pertencentes a tutores de baixa renda.

Desenvolvido pela Coordenadoria Especial de Proteção e Bem-Estar Animal (Coepa), que é vinculada à Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), o VetMóvel já passou pelo Shopping RioMar Fortaleza, Parque Adahil Barreto, Cuca Barra, Parque Del Sol, Instituto Municipal de Pesquisa, Administração e Recursos Humanos (Imparh), Escola Professora Lireda Facó, Paço Municipal, Parque Rio Branco, Lar Torres de Melo e está estacionado nesta semana no Dragão do Mar para a realização dos atendimentos.

Com isso, desde 4 de junho deste ano, o equipamento proporcionou atendimentos a cães e gatos em bairros, como Barra do Ceará, Cristo Redentor, Bom Jardim, Granja Lisboa, Granja Portugal, Centro, Jacarecanga, Moura Brasil, Damas, Jardim América, Montese, Bom Futuro, Parreão, Cambeba, Cidade 2000, Joaquim Távora, São João do Tauape, Cidade dos Funcionários, Jardim das Oliveiras, Cajazeiras, Parque Manibura, Varjota, Papicu, Cocó, Dionísio Torres e Aldeota, dentre outros.

Do total de 6.283 atendimentos realizados nesse período, foram 2.261 vacinas, 2.200 consultas, 1.244 exames e 578 castrações. Ao todo, foram atendidos 4.368 cães e 1.915 gatos. Das 578 castrações, 280 animais pertencem a tutores de baixa renda do público em geral, 192 têm o auxílio de protetores independentes e 106 são oriundos de ONGs.

A coordenadora especial de Proteção e Bem-Estar Animal, Toinha Rocha, explica que as atividades itinerantes têm o objetivo de conscientizar a população de Fortaleza para a causa animal em todos os bairros. “Em pouco tempo, os resultados alcançados pelo VetMóvel mostram que a cidade ama seus animais e que há uma demanda que precisa ser atendida. Nosso principal objetivo, além das castrações gratuitas para animais de tutores de baixa renda e oriundos de ONGs e protetores independentes, é melhorar a cada dia o oferecimento deste serviço, envolvendo ainda mais o cidadão no combate contra os maus tratos e abandono de animais”, afirma Toinha.

Para que os atendimentos ocorram, atuam no VetMóvel quatro médicos veterinários, sendo um clínico geral, um anestesista e dois cirurgiões. O equipamento também oferece, gratuitamente, registro geral animal e distribuição de material educativo com informações sobre bem-estar animal e guarda responsável.

Atendimentos no VetMóvel
As atividades gratuitas de consulta veterinária, vacinação antirrábica e exame para diagnóstico do Calazar são disponibilizadas aos animais de tutores do público em geral. Já as castrações são destinadas exclusivamente aos animais de tutores de baixa renda e oriundos de ONGs e protetores independentes, sendo obrigatória a apresentação do NIS, RG, CPF e comprovante de endereço dos tutores para a realização do serviço. As castrações precisam ser agendadas pelo número (85) 3272-3356.

Normalmente, as atividades são desenvolvidas da seguinte forma:

- Segunda-feira
Atendimento clínico para animais com tutores e atendimento cirúrgico para os animais de ONGs de caninos (cães);

- Terça-feira
Atendimento cirúrgico previamente agendado para caninos (cães) de tutores de baixa renda;

- Quarta-feira
Atendimento clínico para animais com tutores e atendimento cirúrgico para os animais de ONGs de felinos (gatos);

- Quinta-feira
Atendimento cirúrgico previamente agendado para felinos (gatos) de tutores de baixa renda;

- Sexta-feira
a) Atendimento cirúrgico previamente agendado para felinos (gatos) de tutores de baixa renda;
b) Acompanhamento pós-cirúrgico no local da semana anterior.

Documentação e regras para atendimento
I – As atividades de consulta veterinária, vacinação antirrábica e exame para diagnóstico do Calazar são disponibilizadas aos animais do público em geral;

II – As castrações são destinadas exclusivamente aos animais de tutores de baixa renda e oriundos de ONGs e protetores independentes. É obrigatório a apresentação do NIS, RG, CPF e comprovante de endereço do tutor;

III – O retorno para o acompanhamento pós-cirúrgico será feito por um médico cirúrgico-veterinário no local da semana anterior, sempre das 8h às 10h. Caso o animal não seja levado ao local marcado para avaliação, o tutor poderá levá-lo aonde o VetMóvel estiver em atividade, tendo prioridade no atendimento. Durante a semana, os animais que precisarem retornar ao VetMóvel para avaliação pós-cirúrgica, poderão ir ao equipamento ou entrar em contato para orientação pelo telefone da Coepa: (85) 3272-3356;

IV – O VetMóvel irá atender os animais oriundos das ONGs e protetores independentes cadastrados na Coepa, cujo controle está sendo feito por meio de parceria com a ONG Deixa Viver, no sentido de encaminhar os animais para serem castrados, enquanto não for feito o chamamento público para credenciamento das clínicas veterinárias. Os protetores independentes cadastrados encaminharão suas demandas diretamente à Coepa;

V – Os animais deverão ter jejum alimentar de 12 horas e jejum hídrico (água) de 6 horas para as castrações previamente agendadas;

VI – Os animais de ponto de abandono só serão castrados se tiverem protetor independente que ofereçam lar temporário para o pós-operatório e assinem termo de responsabilidade, após passarem por avaliação clínica e exames complementares.

Prefeitura de Fortaleza realiza 6.283 atendimentos com o VetMóvel em dois meses de atividades

Desde 4 de junho, o equipamento atende cães e gatos em diversos bairros da Capital

Em dois meses, foram realizadas cerca de 2.200 consultas
Em dois meses, o equipamento itinerante já se estabelece como referência de serviços clínico-veterinários e castração de animais pertencentes a tutores de baixa renda

A Prefeitura de Fortaleza vem realizando as atividades itinerantes do VetMóvel, já tendo proporcionado 6.283 atendimentos gratuitos a cães e gatos em diversos bairros da Cidade. Com dois meses de atividades, o equipamento itinerante já se estabelece como referência de serviços clínico-veterinários e castração de animais pertencentes a tutores de baixa renda.

Desenvolvido pela Coordenadoria Especial de Proteção e Bem-Estar Animal (Coepa), que é vinculada à Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), o VetMóvel já passou pelo Shopping RioMar Fortaleza, Parque Adahil Barreto, Cuca Barra, Parque Del Sol, Instituto Municipal de Pesquisa, Administração e Recursos Humanos (Imparh), Escola Professora Lireda Facó, Paço Municipal, Parque Rio Branco, Lar Torres de Melo e está estacionado nesta semana no Dragão do Mar para a realização dos atendimentos.

Com isso, desde 4 de junho deste ano, o equipamento proporcionou atendimentos a cães e gatos em bairros, como Barra do Ceará, Cristo Redentor, Bom Jardim, Granja Lisboa, Granja Portugal, Centro, Jacarecanga, Moura Brasil, Damas, Jardim América, Montese, Bom Futuro, Parreão, Cambeba, Cidade 2000, Joaquim Távora, São João do Tauape, Cidade dos Funcionários, Jardim das Oliveiras, Cajazeiras, Parque Manibura, Varjota, Papicu, Cocó, Dionísio Torres e Aldeota, dentre outros.

Do total de 6.283 atendimentos realizados nesse período, foram 2.261 vacinas, 2.200 consultas, 1.244 exames e 578 castrações. Ao todo, foram atendidos 4.368 cães e 1.915 gatos. Das 578 castrações, 280 animais pertencem a tutores de baixa renda do público em geral, 192 têm o auxílio de protetores independentes e 106 são oriundos de ONGs.

A coordenadora especial de Proteção e Bem-Estar Animal, Toinha Rocha, explica que as atividades itinerantes têm o objetivo de conscientizar a população de Fortaleza para a causa animal em todos os bairros. “Em pouco tempo, os resultados alcançados pelo VetMóvel mostram que a cidade ama seus animais e que há uma demanda que precisa ser atendida. Nosso principal objetivo, além das castrações gratuitas para animais de tutores de baixa renda e oriundos de ONGs e protetores independentes, é melhorar a cada dia o oferecimento deste serviço, envolvendo ainda mais o cidadão no combate contra os maus tratos e abandono de animais”, afirma Toinha.

Para que os atendimentos ocorram, atuam no VetMóvel quatro médicos veterinários, sendo um clínico geral, um anestesista e dois cirurgiões. O equipamento também oferece, gratuitamente, registro geral animal e distribuição de material educativo com informações sobre bem-estar animal e guarda responsável.

Atendimentos no VetMóvel
As atividades gratuitas de consulta veterinária, vacinação antirrábica e exame para diagnóstico do Calazar são disponibilizadas aos animais de tutores do público em geral. Já as castrações são destinadas exclusivamente aos animais de tutores de baixa renda e oriundos de ONGs e protetores independentes, sendo obrigatória a apresentação do NIS, RG, CPF e comprovante de endereço dos tutores para a realização do serviço. As castrações precisam ser agendadas pelo número (85) 3272-3356.

Normalmente, as atividades são desenvolvidas da seguinte forma:

- Segunda-feira
Atendimento clínico para animais com tutores e atendimento cirúrgico para os animais de ONGs de caninos (cães);

- Terça-feira
Atendimento cirúrgico previamente agendado para caninos (cães) de tutores de baixa renda;

- Quarta-feira
Atendimento clínico para animais com tutores e atendimento cirúrgico para os animais de ONGs de felinos (gatos);

- Quinta-feira
Atendimento cirúrgico previamente agendado para felinos (gatos) de tutores de baixa renda;

- Sexta-feira
a) Atendimento cirúrgico previamente agendado para felinos (gatos) de tutores de baixa renda;
b) Acompanhamento pós-cirúrgico no local da semana anterior.

Documentação e regras para atendimento
I – As atividades de consulta veterinária, vacinação antirrábica e exame para diagnóstico do Calazar são disponibilizadas aos animais do público em geral;

II – As castrações são destinadas exclusivamente aos animais de tutores de baixa renda e oriundos de ONGs e protetores independentes. É obrigatório a apresentação do NIS, RG, CPF e comprovante de endereço do tutor;

III – O retorno para o acompanhamento pós-cirúrgico será feito por um médico cirúrgico-veterinário no local da semana anterior, sempre das 8h às 10h. Caso o animal não seja levado ao local marcado para avaliação, o tutor poderá levá-lo aonde o VetMóvel estiver em atividade, tendo prioridade no atendimento. Durante a semana, os animais que precisarem retornar ao VetMóvel para avaliação pós-cirúrgica, poderão ir ao equipamento ou entrar em contato para orientação pelo telefone da Coepa: (85) 3272-3356;

IV – O VetMóvel irá atender os animais oriundos das ONGs e protetores independentes cadastrados na Coepa, cujo controle está sendo feito por meio de parceria com a ONG Deixa Viver, no sentido de encaminhar os animais para serem castrados, enquanto não for feito o chamamento público para credenciamento das clínicas veterinárias. Os protetores independentes cadastrados encaminharão suas demandas diretamente à Coepa;

V – Os animais deverão ter jejum alimentar de 12 horas e jejum hídrico (água) de 6 horas para as castrações previamente agendadas;

VI – Os animais de ponto de abandono só serão castrados se tiverem protetor independente que ofereçam lar temporário para o pós-operatório e assinem termo de responsabilidade, após passarem por avaliação clínica e exames complementares.