21 de setembro de 2022 em Meio ambiente

Prefeitura lança projeto Sementinha, com plantio de árvores frutíferas em todas as escolas de Fortaleza

A iniciativa contribui para a segurança alimentar e nutricional dos alunos, enquanto fortalece a educação ambiental e a arborização da nossa cidade


prefeito plantando uma muda com uma criança
O lançamento ocorreu durante a inauguração do Centro de Educação Infantil (CEI) Pedro Ferreira Mesquita, no Jangurussu (Foto: Alex Costa)

A Prefeitura de Fortaleza lançou, nesta quarta-feira (21/09), Dia Mundial da Árvore, o projeto Sementinha, que prevê o plantio de árvores frutíferas e ornamentais em todas as escolas da Rede Municipal de Ensino. A ação tem por objetivo contribuir para a segurança alimentar e nutricional dos estudantes, enquanto fortalece a educação ambiental nas escolas e a arborização da cidade.

O projeto é uma realização da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) em parceria com a Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (Urbfor) e a Secretaria Municipal da Educação (SME). O lançamento ocorreu durante a inauguração do Centro de Educação Infantil (CEI) Pedro Ferreira Mesquita, no Jangurussu.

“Além da entrega do novo CEI, estamos também celebrando o projeto Sementinha. Em comemoração, iremos plantar árvores frutíferas e ornamentais na nova unidade escolar. Algumas dessas plantas irão dar frutos já no ano que vem, como o mamão, que tem a primeira colheita realizada oito meses após o plantio. Além dessas, teremos também plantas medicinais como o capim-santo e o boldo. Em breve, as crianças estão consumindo alimentos produzidos nas suas próprias escolas”, informou o prefeito.

Na ocasião do lançamento do projeto, o prefeito José Sarto, as secretárias Luciana Lobo (Seuma) e Dalila Saldanha (SME), o superintendente Ronaldo Nogueira (Urbfor), e professores e alunos do CEI plantaram as primeiras mudas do projeto. Ao todo, a unidade educacional ganhou cinco árvores frutíferas.

O projeto Sementinha visa atingir as mais de 600 instituições de ensino que fazem parte da Rede Municipal, alcançando 240 mil estudantes. Entre as escolas beneficiadas, estão incluídas 23 que já possuem Ponto de Entrega Voluntária (PEV) e quatro com biodigestor. A estimativa é concluir os plantios até o fim da atual gestão, em dezembro de 2024.

A secretária Luciana Lobo reforçou a importância de unir educação, meio ambiente e segurança alimentar como estratégia para o desenvolvimento sólido de Fortaleza. "As ações são fortalecidas quando conseguimos atingir as nossas crianças, os nossos jovens. O ambiente escolar é um momento rico de aprendizado, construção social e compartilhamento. Pensar no meio ambiente é compartilhar respeito e bem-estar", disse.

Entre as frutas que serão cultivadas nas escolas estão: mamão, abacate, cajá, jambo, pitanga, pitomba, sapoti, tamarindo, jenipapo e ata. A depender do tipo de muda que será plantada e os cuidados, os primeiros frutos das nossas árvores podem brotar já em 2023.

“A educação ambiental já é uma realidade no nosso currículo escolar, e a temos desenvolvido em parceria com as outras pastas. Além do projeto Sementinha, em apoio, estamos também lançando o selo Selo Escola Amiga do Meio Ambiente, em que iremos trabalhar nas nossas unidades os objetivos do desenvolvimento sustentável, propostos pela ONU”, comentou a secretária da educação Dalila Saldanha.

Política ambiental

As ações desenvolvidas pela Prefeitura de Fortaleza fazem parte de uma política ambiental sólida, pautada no equilíbrio entre o meio natural e o meio construído. Além do projeto Sementinha, a Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente dispõe do projeto Árvore na Minha Calçada, que já fez cerca de 11 mil plantios na cidade, com incentivo aos moradores. Nas maternidades, em parceria com a Secretária da Saúde (SMS), a Seuma já entregou mais de cinco mil mudas com o projeto Uma Criança, Uma Árvore.

Os cuidados se estendem aos parques urbanos e unidades de conservação, que ganharão planos de manejo para o fortalecimento dos cuidados nos espaços. Os recursos hídricos da cidade também recebem atenção permanente por meio de iniciativas como o Se Liga na Rede, a Vídeo Inspeção de Galerias Pluviais, a Captação em Tempo Seco e o Monitoramento da Qualidade da Água. Enquanto atua de forma efetiva para cuidar da nossa cidade, incentiva instituições a fazerem o mesmo, diante de certificações ambientais como o Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente e o Fator Verde.

Prefeitura lança projeto Sementinha, com plantio de árvores frutíferas em todas as escolas de Fortaleza

A iniciativa contribui para a segurança alimentar e nutricional dos alunos, enquanto fortalece a educação ambiental e a arborização da nossa cidade

prefeito plantando uma muda com uma criança
O lançamento ocorreu durante a inauguração do Centro de Educação Infantil (CEI) Pedro Ferreira Mesquita, no Jangurussu (Foto: Alex Costa)

A Prefeitura de Fortaleza lançou, nesta quarta-feira (21/09), Dia Mundial da Árvore, o projeto Sementinha, que prevê o plantio de árvores frutíferas e ornamentais em todas as escolas da Rede Municipal de Ensino. A ação tem por objetivo contribuir para a segurança alimentar e nutricional dos estudantes, enquanto fortalece a educação ambiental nas escolas e a arborização da cidade.

O projeto é uma realização da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) em parceria com a Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (Urbfor) e a Secretaria Municipal da Educação (SME). O lançamento ocorreu durante a inauguração do Centro de Educação Infantil (CEI) Pedro Ferreira Mesquita, no Jangurussu.

“Além da entrega do novo CEI, estamos também celebrando o projeto Sementinha. Em comemoração, iremos plantar árvores frutíferas e ornamentais na nova unidade escolar. Algumas dessas plantas irão dar frutos já no ano que vem, como o mamão, que tem a primeira colheita realizada oito meses após o plantio. Além dessas, teremos também plantas medicinais como o capim-santo e o boldo. Em breve, as crianças estão consumindo alimentos produzidos nas suas próprias escolas”, informou o prefeito.

Na ocasião do lançamento do projeto, o prefeito José Sarto, as secretárias Luciana Lobo (Seuma) e Dalila Saldanha (SME), o superintendente Ronaldo Nogueira (Urbfor), e professores e alunos do CEI plantaram as primeiras mudas do projeto. Ao todo, a unidade educacional ganhou cinco árvores frutíferas.

O projeto Sementinha visa atingir as mais de 600 instituições de ensino que fazem parte da Rede Municipal, alcançando 240 mil estudantes. Entre as escolas beneficiadas, estão incluídas 23 que já possuem Ponto de Entrega Voluntária (PEV) e quatro com biodigestor. A estimativa é concluir os plantios até o fim da atual gestão, em dezembro de 2024.

A secretária Luciana Lobo reforçou a importância de unir educação, meio ambiente e segurança alimentar como estratégia para o desenvolvimento sólido de Fortaleza. "As ações são fortalecidas quando conseguimos atingir as nossas crianças, os nossos jovens. O ambiente escolar é um momento rico de aprendizado, construção social e compartilhamento. Pensar no meio ambiente é compartilhar respeito e bem-estar", disse.

Entre as frutas que serão cultivadas nas escolas estão: mamão, abacate, cajá, jambo, pitanga, pitomba, sapoti, tamarindo, jenipapo e ata. A depender do tipo de muda que será plantada e os cuidados, os primeiros frutos das nossas árvores podem brotar já em 2023.

“A educação ambiental já é uma realidade no nosso currículo escolar, e a temos desenvolvido em parceria com as outras pastas. Além do projeto Sementinha, em apoio, estamos também lançando o selo Selo Escola Amiga do Meio Ambiente, em que iremos trabalhar nas nossas unidades os objetivos do desenvolvimento sustentável, propostos pela ONU”, comentou a secretária da educação Dalila Saldanha.

Política ambiental

As ações desenvolvidas pela Prefeitura de Fortaleza fazem parte de uma política ambiental sólida, pautada no equilíbrio entre o meio natural e o meio construído. Além do projeto Sementinha, a Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente dispõe do projeto Árvore na Minha Calçada, que já fez cerca de 11 mil plantios na cidade, com incentivo aos moradores. Nas maternidades, em parceria com a Secretária da Saúde (SMS), a Seuma já entregou mais de cinco mil mudas com o projeto Uma Criança, Uma Árvore.

Os cuidados se estendem aos parques urbanos e unidades de conservação, que ganharão planos de manejo para o fortalecimento dos cuidados nos espaços. Os recursos hídricos da cidade também recebem atenção permanente por meio de iniciativas como o Se Liga na Rede, a Vídeo Inspeção de Galerias Pluviais, a Captação em Tempo Seco e o Monitoramento da Qualidade da Água. Enquanto atua de forma efetiva para cuidar da nossa cidade, incentiva instituições a fazerem o mesmo, diante de certificações ambientais como o Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente e o Fator Verde.