08 de setembro de 2017 em Saúde

Prefeitura promove primeiro encontro do GT para criação da Coordenadoria de Proteção, Bem-estar e Defesa Animal

Reunião possibilitou definições para a criação da nova Coordenadoria


mesa de reunião no paço municipal
A reunião contou com representantes da sociedade civil e da Prefeitura que atuam para a proteção de animais com o objetivo de formalizar documento final a ser apresentado ao Prefeito
A Prefeitura de Fortaleza realizou o primeiro encontro do grupo de trabalho para a concretização da Coordenadoria de Proteção, Bem-estar e Defesa Animal, nesta sexta-feira (08/09), no Paço Municipal. A ação tem como objetivo a criação de espaço concreto que promoverá políticas e ações municipais para os animais de rua da Cidade.

A reunião contou com representantes da sociedade civil e da Prefeitura que atuam para a proteção de animais com o objetivo de formalizar documento final a ser apresentado ao Prefeito, que formalizará as atividades da nova Coordenadoria.

Ítalo Andrade, coordenador administrativo e financeiro da Secretaria da Conservação e Serviços Públicos, órgão que ficará responsável pela implementação do novo órgão, explicou o papel da Prefeitura na ação. “A nossa missão, enquanto Prefeitura, é dotar a nova Coordenadoria de infraestrutura, técnicos, profissionais e, com isso, desenvolver os trabalhos. Através da expertise desses profissionais, vamos desenvolver a melhor atuação o possível para a promoção de políticas específicas”, afirmou.

Já Ana Teresa Sousa Ponte, representante dos integrantes civis do GT, contou que esta é uma luta antiga que, agora, será viabilizada. “A coordenadoria de Proteção, Bem-estar e Defesa Animal já vem sendo pensada ao longo dos anos, não é algo recente. Agora, estamos consolidando um sonho antigo da proteção animal. Todo animal é responsabilidade do Estado, mas não havia antes preocupação e direção para que essa política fosse efetivada. Com essa Coordenadoria, vamos desenvolver trabalhos e começar a atuar na parte de castração, atendimento a animais carentes, por exemplo”, completou.

Durante o encontro, ficou determinado o prazo limite até dia 15 de setembro para a apresentação de sugestões do GT. Discussões finais sobre as propostas serão realizadas dia 18 de setembro. Já e apresentação final do Decreto que será encaminhado ao Prefeito para posterior assinatura foi marcada para dois dias depois. Foi acordado, também, que nesta segunda-feira (11/09) ocorre reunião para tratar as definições finais de doação da Prefeitura ao abrigo São Lázaro, no valor de R$ 50 mil.

Prefeitura promove primeiro encontro do GT para criação da Coordenadoria de Proteção, Bem-estar e Defesa Animal

Reunião possibilitou definições para a criação da nova Coordenadoria

mesa de reunião no paço municipal
A reunião contou com representantes da sociedade civil e da Prefeitura que atuam para a proteção de animais com o objetivo de formalizar documento final a ser apresentado ao Prefeito
A Prefeitura de Fortaleza realizou o primeiro encontro do grupo de trabalho para a concretização da Coordenadoria de Proteção, Bem-estar e Defesa Animal, nesta sexta-feira (08/09), no Paço Municipal. A ação tem como objetivo a criação de espaço concreto que promoverá políticas e ações municipais para os animais de rua da Cidade.

A reunião contou com representantes da sociedade civil e da Prefeitura que atuam para a proteção de animais com o objetivo de formalizar documento final a ser apresentado ao Prefeito, que formalizará as atividades da nova Coordenadoria.

Ítalo Andrade, coordenador administrativo e financeiro da Secretaria da Conservação e Serviços Públicos, órgão que ficará responsável pela implementação do novo órgão, explicou o papel da Prefeitura na ação. “A nossa missão, enquanto Prefeitura, é dotar a nova Coordenadoria de infraestrutura, técnicos, profissionais e, com isso, desenvolver os trabalhos. Através da expertise desses profissionais, vamos desenvolver a melhor atuação o possível para a promoção de políticas específicas”, afirmou.

Já Ana Teresa Sousa Ponte, representante dos integrantes civis do GT, contou que esta é uma luta antiga que, agora, será viabilizada. “A coordenadoria de Proteção, Bem-estar e Defesa Animal já vem sendo pensada ao longo dos anos, não é algo recente. Agora, estamos consolidando um sonho antigo da proteção animal. Todo animal é responsabilidade do Estado, mas não havia antes preocupação e direção para que essa política fosse efetivada. Com essa Coordenadoria, vamos desenvolver trabalhos e começar a atuar na parte de castração, atendimento a animais carentes, por exemplo”, completou.

Durante o encontro, ficou determinado o prazo limite até dia 15 de setembro para a apresentação de sugestões do GT. Discussões finais sobre as propostas serão realizadas dia 18 de setembro. Já e apresentação final do Decreto que será encaminhado ao Prefeito para posterior assinatura foi marcada para dois dias depois. Foi acordado, também, que nesta segunda-feira (11/09) ocorre reunião para tratar as definições finais de doação da Prefeitura ao abrigo São Lázaro, no valor de R$ 50 mil.