04 de abril de 2013 em Saúde

Profissionais de Saúde da Regional I realizam Prova Tuberculínica

O exame ajuda a prescrever o tratamento preventivo contra a tuberculose


O teste está disponível em qualquer um dos 13 postos de saúde da Regional I

Dados da Secretaria da Saúde do Ceará (SESA) indicam que Fortaleza ocupa o 1º lugar em taxa de mortalidade por tuberculose no Estado. Para reforçar o combate à doença na cidade, 20 profissionais de saúde que atuam nos 13 postos vinculados à Secretaria Regional I foram capacitados por técnicos habilitados pelo Ministério da Saúde em realização da Prova Tuberculínica. O público alvo do teste são pessoas que vivem próximas a pacientes com tuberculose. A Prova Tuberculínica é eficaz no indicativo da necessidade de tratamento preventivo à doença.

Também conhecida como Mantoux, a avaliação é um exame realizado através de aplicação subcutânea de Derivado Protéico Purificado (PPD) no braço da pessoa a ser diagnosticada. Após 72 horas, o profissional faz a leitura que indica a necessidade de tratamento medicamentoso ou não. O material necessário para que os testes sejam realizados é concedido pelo Ministério da Saúde.

Agora, a meta do Distrito de Saúde da Regional I, além de realizar um bom número de Provas Tuberculínicas, é implementar Ficha de Registro para as pessoas que foram submetidas ao teste e que foram diagnosticadas com infecção latente por tuberculose. Atualmente, 146 moradores dos bairros da Regional I recebem tratamento contra a tuberculose e, após implementação da ficha acima citada, haverá o número exato de quantas pessoas já foram submetidas à Prova Tuberculínica.

Além da Prova Tuberculínica, a Regional I disponibiliza profissional capacitado e moto para a coleta domiciliar e hábil transporte do escarro, outra maneira segura e eficiente para o diagnóstico da tuberculose. O teste e o tratamento contra tuberculose só estão disponíveis na rede pública.

Moradores da área da Regional I que estejam interessados em realizar o teste devem ir a qualquer um dos 13 postos de Saúde da Regional I, preferencialmente das 8h às 12 horas, nas terças e quintas-feiras. A Secretaria Regional IV também realiza os testes, e profissionais de Saúde de outras Regionais estão sendo capacitados para a realização da Prova Tuberculínica. Para saber mais sobre o assunto, ligar para 3433.6809.

Profissionais de Saúde da Regional I realizam Prova Tuberculínica

O exame ajuda a prescrever o tratamento preventivo contra a tuberculose

O teste está disponível em qualquer um dos 13 postos de saúde da Regional I

Dados da Secretaria da Saúde do Ceará (SESA) indicam que Fortaleza ocupa o 1º lugar em taxa de mortalidade por tuberculose no Estado. Para reforçar o combate à doença na cidade, 20 profissionais de saúde que atuam nos 13 postos vinculados à Secretaria Regional I foram capacitados por técnicos habilitados pelo Ministério da Saúde em realização da Prova Tuberculínica. O público alvo do teste são pessoas que vivem próximas a pacientes com tuberculose. A Prova Tuberculínica é eficaz no indicativo da necessidade de tratamento preventivo à doença.

Também conhecida como Mantoux, a avaliação é um exame realizado através de aplicação subcutânea de Derivado Protéico Purificado (PPD) no braço da pessoa a ser diagnosticada. Após 72 horas, o profissional faz a leitura que indica a necessidade de tratamento medicamentoso ou não. O material necessário para que os testes sejam realizados é concedido pelo Ministério da Saúde.

Agora, a meta do Distrito de Saúde da Regional I, além de realizar um bom número de Provas Tuberculínicas, é implementar Ficha de Registro para as pessoas que foram submetidas ao teste e que foram diagnosticadas com infecção latente por tuberculose. Atualmente, 146 moradores dos bairros da Regional I recebem tratamento contra a tuberculose e, após implementação da ficha acima citada, haverá o número exato de quantas pessoas já foram submetidas à Prova Tuberculínica.

Além da Prova Tuberculínica, a Regional I disponibiliza profissional capacitado e moto para a coleta domiciliar e hábil transporte do escarro, outra maneira segura e eficiente para o diagnóstico da tuberculose. O teste e o tratamento contra tuberculose só estão disponíveis na rede pública.

Moradores da área da Regional I que estejam interessados em realizar o teste devem ir a qualquer um dos 13 postos de Saúde da Regional I, preferencialmente das 8h às 12 horas, nas terças e quintas-feiras. A Secretaria Regional IV também realiza os testes, e profissionais de Saúde de outras Regionais estão sendo capacitados para a realização da Prova Tuberculínica. Para saber mais sobre o assunto, ligar para 3433.6809.