16 de maio de 2017 em Economia

Projeto Visão nas Mãos promove o empreendedorismo para as pessoas com deficiência visual

Nos quatro primeiros meses do ano, o projeto realizou 1.541 massoterapias, alcançando um faturamento de R$ 24.805,00


Massoterapeutas com deficiência visual em atividade
Cada sessão de massoterapia custa R$ 10,00 ou R$ 20,00 e tem duração de 15 a 20 minutos, entre as modalidades básica e completa

Incentivar o empreendedorismo, auxiliando na geração de renda das pessoas com deficiência visual. Esse é o objetivo do Projeto Visão nas Mãos, elaborado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, que oferece, mensalmente, atividades de massoterapia promovidas por pessoas com deficiência.

Nos quatro primeiros meses do ano, o projeto realizou 1.541 massoterapias, gerando um faturamento de R$ 24.805,00 para os massoterapeutas com deficiência visual da Cidade. Ao todo, o faturamento ultrapassa R$ 78 mil, desde 2016.

O massoterapeuta Luiz Gonzaga trabalha com massoterapia desde 2012 e há um ano se inscreveu no Projeto Visão nas Mãos. “Participo, mensalmente, da escala do Projeto e já ofereci o serviço em locais como o Fórum, Regional I, Regional V, dentre outros locais. É uma ação muito boa e que contribui com minha renda mensal”, afirma.

Além dos espaços públicos, os 38 empreendedores com deficiência visual inscritos no projeto foram beneficiados com consultoria, capacitação gerencial, disponibilização de material de trabalho (como cadeiras Quick Massage, macas e biombos), bem como distribuição de materiais de consumo (camisas padronizadas, toalha de rosto, mochila, loção hidratante, touca descartável, papel toalha, borrifador, álcool em gel e garrafa térmica).

Durante o mês de maio, o serviço será disponibilizado na Praça dos Estressados, no Fórum Clóvis Beviláqua, na Secretaria Regional IV e V, Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado, Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente, Mercado Central, dentre outros. Cada sessão custa R$ 10,00 ou R$ 20,00 e tem duração de 15 a 20 minutos, entre as modalidades básica e completa. O valor cobrado nas sessões é repassado integralmente aos profissionais.

Confira a Programação:

Onde Quando

Praça dos Estressados
(Av. Beira Mar, s/n – Meireles)

Todos os dias (6h30 às 11h/ 17h às 21h)

Secretaria Regional IV
(Av. Dr. Silas Munguba, 3770 – Serrinha)

Toda as quintas-feira (8h às 16h)

Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (Av. Gal Afonso Albuquerque Lima – Edifício Seplag – 2º andar – Cambeba)

Dia 25/05 (8h às 16h)

Tribunal de Justiça do Estado do Ceará
(Av. Gal Afonso Albuquerque Lima – Cambeba)

Todas as quintas-feiras (11h às 16h)

Fórum Clóvis Beviláqua
(R. Des. Floriano Benevides Magalhães, 220 – Edson Queiroz)

Todas as terças-feira (11h às 16h)

Mercado Central
(Av. Alberto Nepomuceno, 199 – Centro)

Todos os sábados (9h às 15h)

Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE)
(R. Tibúrcio Cavalcante, 1233 – Aldeota)

Dia 26/05 (8h às 16h)

Secretaria Regional V
(Av. Augusto dos Anjos, 2466 - São Bento)

Todas as quintas-feiras (8h às 16h)

Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente / Secretaria Municipal de Infraestrutura
(Av. Dep. Paulino Rocha, 1343 – Cajazeiras)

Todas as quintas-feiras (8h às 16h)

Mais informações: 0800.081.4141

 

Projeto Visão nas Mãos promove o empreendedorismo para as pessoas com deficiência visual

Nos quatro primeiros meses do ano, o projeto realizou 1.541 massoterapias, alcançando um faturamento de R$ 24.805,00

Massoterapeutas com deficiência visual em atividade
Cada sessão de massoterapia custa R$ 10,00 ou R$ 20,00 e tem duração de 15 a 20 minutos, entre as modalidades básica e completa

Incentivar o empreendedorismo, auxiliando na geração de renda das pessoas com deficiência visual. Esse é o objetivo do Projeto Visão nas Mãos, elaborado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, que oferece, mensalmente, atividades de massoterapia promovidas por pessoas com deficiência.

Nos quatro primeiros meses do ano, o projeto realizou 1.541 massoterapias, gerando um faturamento de R$ 24.805,00 para os massoterapeutas com deficiência visual da Cidade. Ao todo, o faturamento ultrapassa R$ 78 mil, desde 2016.

O massoterapeuta Luiz Gonzaga trabalha com massoterapia desde 2012 e há um ano se inscreveu no Projeto Visão nas Mãos. “Participo, mensalmente, da escala do Projeto e já ofereci o serviço em locais como o Fórum, Regional I, Regional V, dentre outros locais. É uma ação muito boa e que contribui com minha renda mensal”, afirma.

Além dos espaços públicos, os 38 empreendedores com deficiência visual inscritos no projeto foram beneficiados com consultoria, capacitação gerencial, disponibilização de material de trabalho (como cadeiras Quick Massage, macas e biombos), bem como distribuição de materiais de consumo (camisas padronizadas, toalha de rosto, mochila, loção hidratante, touca descartável, papel toalha, borrifador, álcool em gel e garrafa térmica).

Durante o mês de maio, o serviço será disponibilizado na Praça dos Estressados, no Fórum Clóvis Beviláqua, na Secretaria Regional IV e V, Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado, Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente, Mercado Central, dentre outros. Cada sessão custa R$ 10,00 ou R$ 20,00 e tem duração de 15 a 20 minutos, entre as modalidades básica e completa. O valor cobrado nas sessões é repassado integralmente aos profissionais.

Confira a Programação:

Onde Quando

Praça dos Estressados
(Av. Beira Mar, s/n – Meireles)

Todos os dias (6h30 às 11h/ 17h às 21h)

Secretaria Regional IV
(Av. Dr. Silas Munguba, 3770 – Serrinha)

Toda as quintas-feira (8h às 16h)

Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (Av. Gal Afonso Albuquerque Lima – Edifício Seplag – 2º andar – Cambeba)

Dia 25/05 (8h às 16h)

Tribunal de Justiça do Estado do Ceará
(Av. Gal Afonso Albuquerque Lima – Cambeba)

Todas as quintas-feiras (11h às 16h)

Fórum Clóvis Beviláqua
(R. Des. Floriano Benevides Magalhães, 220 – Edson Queiroz)

Todas as terças-feira (11h às 16h)

Mercado Central
(Av. Alberto Nepomuceno, 199 – Centro)

Todos os sábados (9h às 15h)

Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE)
(R. Tibúrcio Cavalcante, 1233 – Aldeota)

Dia 26/05 (8h às 16h)

Secretaria Regional V
(Av. Augusto dos Anjos, 2466 - São Bento)

Todas as quintas-feiras (8h às 16h)

Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente / Secretaria Municipal de Infraestrutura
(Av. Dep. Paulino Rocha, 1343 – Cajazeiras)

Todas as quintas-feiras (8h às 16h)

Mais informações: 0800.081.4141