27 de dezembro de 2019 em Segurança Cidadã

Academia de Segurança Cidadã encerra 1º Curso de Motropatrulhamento da Guarda Municipal de Fortaleza

Capacitação contou com 80h/a de aprendizado


Guardas Municipais em encerramento de Curso de Motopatrulhamento
Guardas municipais em encerramento do Curso de Motopatrulhamento

Na manhã desta sexta-feira (27/12), 20 guardas municipais de Fortaleza concluíram o 1º Curso de Motropatrulhamento promovido pela Academia de Segurança Cidadã (Amsec) da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec). A capacitação iniciou no dia 09 de dezembro, totalizando 80h/a de aprendizado, com a finalidade de capacitar e preparar os guardas que atuam nas Células de Proteção Comunitárias a realizar o patrulhamento com motocicletas.

Durante os treinamentos, os servidores foram preparados para atuar de forma eficiente, preventiva e segura no manuseio de motocicletas, oferecendo à população uma maior resposta em demandas regulares de segurança.

A solenidade de encerramento do curso, realizada no auditório 3 da Sesec, contou com a presença do diretor geral da GMF, inspetor Romulo Reis, do titular da Coordenadoria de Proteção Comunitária (Copcom), inspetor Paulo Martins, do coordenador de Inspetorias Especiais (Coesp), inspetor Carlos Magno de Sousa Tavares, do coordenador de Inspetorias Cidadãs (Coinsp), inspetor M. Martins, e do gerente da Célula de Práticas Educacionais da Academia de Segurança Cidadã, subinspetor Francisco Armando Vidal.

Na cerimônia, houve uma apresentação de motocicletas exibida pelos novos integrantes da turma, e a entrega de certificados de conclusão de curso e capacetes para os formandos.

O coordenador do Copcom, inspetor Paulo Martins, agradeceu a todos os presentes e os esforços empenhados pela Sesec e GMF na realização do curso. “A capacitação foi um trabalho coletivo para trazer as melhores técnicas de motopatrulhamento, garantindo que nossos integrantes tenham meios para desempenhar suas funções com a certeza de servir melhor as pessoas que precisam da nossa proteção”, disse.

Para o diretor deral da GMF, inspetor Romulo Reis, os concludentes contaram com uma capacitação de excelência, frisando que o curso foi mais uma conquista na mudança de paradigma que a GMF vem passando ao longo da gestão, por meio da qual se tornou uma guarda ostensiva e preventiva, e não só patrimonial como era antes. “Estamos comemorando mais um momento histórico para a instituição. Estamos com guardas capacitados e com todo o material e estrutura necessária para a prestação de um serviço de qualidade”, ressaltou o diretor.

A Coordenadoria de Proteção Comunitária (Copcom) foi desenvolvida para atuar no Programa Municipal de Proteção Comunitária (PMPU), idealizado pelo vice-prefeito Moroni Torgan, com o objetivo de atuar na prevenção da violência em Fortaleza. Com o PMPU, foram instaladas as Células de Proteção Comunitária em sete bairros: Jangurussu, Goiabeiras, Vila Velha, Barra do Ceará, Canindezinho, Caça e Pesca e na Comunidade do Pôr do Sol, consolidando-se como um plano inovador na área de segurança pública, com base nas melhores iniciativas mundiais.

Academia de Segurança Cidadã encerra 1º Curso de Motropatrulhamento da Guarda Municipal de Fortaleza

Capacitação contou com 80h/a de aprendizado

Guardas Municipais em encerramento de Curso de Motopatrulhamento
Guardas municipais em encerramento do Curso de Motopatrulhamento

Na manhã desta sexta-feira (27/12), 20 guardas municipais de Fortaleza concluíram o 1º Curso de Motropatrulhamento promovido pela Academia de Segurança Cidadã (Amsec) da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec). A capacitação iniciou no dia 09 de dezembro, totalizando 80h/a de aprendizado, com a finalidade de capacitar e preparar os guardas que atuam nas Células de Proteção Comunitárias a realizar o patrulhamento com motocicletas.

Durante os treinamentos, os servidores foram preparados para atuar de forma eficiente, preventiva e segura no manuseio de motocicletas, oferecendo à população uma maior resposta em demandas regulares de segurança.

A solenidade de encerramento do curso, realizada no auditório 3 da Sesec, contou com a presença do diretor geral da GMF, inspetor Romulo Reis, do titular da Coordenadoria de Proteção Comunitária (Copcom), inspetor Paulo Martins, do coordenador de Inspetorias Especiais (Coesp), inspetor Carlos Magno de Sousa Tavares, do coordenador de Inspetorias Cidadãs (Coinsp), inspetor M. Martins, e do gerente da Célula de Práticas Educacionais da Academia de Segurança Cidadã, subinspetor Francisco Armando Vidal.

Na cerimônia, houve uma apresentação de motocicletas exibida pelos novos integrantes da turma, e a entrega de certificados de conclusão de curso e capacetes para os formandos.

O coordenador do Copcom, inspetor Paulo Martins, agradeceu a todos os presentes e os esforços empenhados pela Sesec e GMF na realização do curso. “A capacitação foi um trabalho coletivo para trazer as melhores técnicas de motopatrulhamento, garantindo que nossos integrantes tenham meios para desempenhar suas funções com a certeza de servir melhor as pessoas que precisam da nossa proteção”, disse.

Para o diretor deral da GMF, inspetor Romulo Reis, os concludentes contaram com uma capacitação de excelência, frisando que o curso foi mais uma conquista na mudança de paradigma que a GMF vem passando ao longo da gestão, por meio da qual se tornou uma guarda ostensiva e preventiva, e não só patrimonial como era antes. “Estamos comemorando mais um momento histórico para a instituição. Estamos com guardas capacitados e com todo o material e estrutura necessária para a prestação de um serviço de qualidade”, ressaltou o diretor.

A Coordenadoria de Proteção Comunitária (Copcom) foi desenvolvida para atuar no Programa Municipal de Proteção Comunitária (PMPU), idealizado pelo vice-prefeito Moroni Torgan, com o objetivo de atuar na prevenção da violência em Fortaleza. Com o PMPU, foram instaladas as Células de Proteção Comunitária em sete bairros: Jangurussu, Goiabeiras, Vila Velha, Barra do Ceará, Canindezinho, Caça e Pesca e na Comunidade do Pôr do Sol, consolidando-se como um plano inovador na área de segurança pública, com base nas melhores iniciativas mundiais.