27 de maio de 2019 em Servidor

IPM Saúde realiza vacinação em domicílio para pacientes com doenças incapacitantes

O serviço atende inscritos no programa IPM Lar, que atende portadores de doenças crônicas como Parkinson, Alzheimer, Acidente Vascular Cerebral ou neoplasias


Mulher aplica vacina em idosa deitada em cama
A equipe de profissionais do IPM Lar realizou um força-tarefa com os profissionais de enfermagem do IPM Saúde e percorreu 100 casas

A Campanha de Vacinação da Prefeitura Fortaleza contra a Gripe H1N1 está imunizando, também, pacientes que não têm possibilidade física de sair do leito para ir ao posto de saúde. Isso se deve ao trabalho da equipe multiprofissional do IPM Lar, o serviço de home care do IPM Saúde, programa de saúde dos servidores municipais, gerido pelo Instituto de Previdência do Município (IPM).

A ação foi iniciada na sexta-feira (25/05), quando a equipe de profissionais do IPM Lar realizou um força-tarefa com os profissionais de enfermagem do IPM Saúde e percorreu 100 casas, vacinando o mesmo número de pacientes portadores de doenças crônicas incapacitantes como Parkinson, Alzheimer, Acidente Vascular Cerebral (AVC) ou neoplasias (câncer).

De acordo com o gerente do IPM Lar, Diego Sobreira, a iniciativa de levar a vacinação até a casa dos pacientes partiu do superintendente do IPM, Ricardo Santiago. "Nós já levamos diariamente atendimento médico, odontológico, fisioterapêutico e nutricional a aproximadamente 180 pacientes inscritos no programa, acometidos de patologias crônicas incapacitantes que demandam o atendimento domiciliar ambulatorial. Então, com a logística proporcionada pelo IPM, não foi difícil organizar mais essa ação", afirma.

O trabalho, segundo ele, iniciou com a ligação para todas as famílias dos pacientes atendidos pelo IPM Lar e 100 se mostraram interessados na vacinação de seus familiares acamados. A partir daí, foram listados os nomes de todos que aceitaram a imunização e a lista foi submetida à avaliação da equipe médica do IPM Lar, que faz o acompanhamento. De posse da autorização médica, foi marcada a data para os profissionais saírem de casa em casa ministrando a vacina.

"Esse é um grande diferencial do IPM Saúde. Não conheço nenhum outro plano que faça esse tipo atendimento, levando os profissionais ao lar para vacinar um a um seus pacientes acamados. O IPM Saúde é o único programa de saúde que oferece assistência completa na casa dos pacientes que se encontram acamados devido a doenças incapacitantes e que são inscritos no IPM Lar”, reforça o superintendente do IPM, Ricardo Santiago.

IPM Saúde realiza vacinação em domicílio para pacientes com doenças incapacitantes

O serviço atende inscritos no programa IPM Lar, que atende portadores de doenças crônicas como Parkinson, Alzheimer, Acidente Vascular Cerebral ou neoplasias

Mulher aplica vacina em idosa deitada em cama
A equipe de profissionais do IPM Lar realizou um força-tarefa com os profissionais de enfermagem do IPM Saúde e percorreu 100 casas

A Campanha de Vacinação da Prefeitura Fortaleza contra a Gripe H1N1 está imunizando, também, pacientes que não têm possibilidade física de sair do leito para ir ao posto de saúde. Isso se deve ao trabalho da equipe multiprofissional do IPM Lar, o serviço de home care do IPM Saúde, programa de saúde dos servidores municipais, gerido pelo Instituto de Previdência do Município (IPM).

A ação foi iniciada na sexta-feira (25/05), quando a equipe de profissionais do IPM Lar realizou um força-tarefa com os profissionais de enfermagem do IPM Saúde e percorreu 100 casas, vacinando o mesmo número de pacientes portadores de doenças crônicas incapacitantes como Parkinson, Alzheimer, Acidente Vascular Cerebral (AVC) ou neoplasias (câncer).

De acordo com o gerente do IPM Lar, Diego Sobreira, a iniciativa de levar a vacinação até a casa dos pacientes partiu do superintendente do IPM, Ricardo Santiago. "Nós já levamos diariamente atendimento médico, odontológico, fisioterapêutico e nutricional a aproximadamente 180 pacientes inscritos no programa, acometidos de patologias crônicas incapacitantes que demandam o atendimento domiciliar ambulatorial. Então, com a logística proporcionada pelo IPM, não foi difícil organizar mais essa ação", afirma.

O trabalho, segundo ele, iniciou com a ligação para todas as famílias dos pacientes atendidos pelo IPM Lar e 100 se mostraram interessados na vacinação de seus familiares acamados. A partir daí, foram listados os nomes de todos que aceitaram a imunização e a lista foi submetida à avaliação da equipe médica do IPM Lar, que faz o acompanhamento. De posse da autorização médica, foi marcada a data para os profissionais saírem de casa em casa ministrando a vacina.

"Esse é um grande diferencial do IPM Saúde. Não conheço nenhum outro plano que faça esse tipo atendimento, levando os profissionais ao lar para vacinar um a um seus pacientes acamados. O IPM Saúde é o único programa de saúde que oferece assistência completa na casa dos pacientes que se encontram acamados devido a doenças incapacitantes e que são inscritos no IPM Lar”, reforça o superintendente do IPM, Ricardo Santiago.