02 de março de 2020 em Turismo

Observatório do Turismo de Fortaleza divulga pesquisa sobre o Ciclo Carnavalesco 2020

De acordo com a pesquisa, a maioria dos visitantes esteve na Cidade durante o Carnaval por mais de sete dias


Uma pesquisa realizada pelo Observatório do Turismo de Fortaleza indicou que as atrações musicais foram o principal atrativo para os turistas que optaram por passar o Carnaval na Cidade. Segundo o levantamento, 33,6% dos entrevistados estiveram nos eventos carnavalescos de Fortaleza por conta dow shows. Do total de turistas que prestigiou a programação da Prefeitura, 87,29% tiveram suas expectativas superadas.

O estudo revelou também que o gasto per capita do turista no Carnaval foi de R$ 2.588,95. A pesquisa realizada pelo Observatório do Turismo no período entrevistou 174 turistas, entre os dias 21 e 25 de fevereiro de 2020.

Já a pesquisa que engloba todo o Ciclo Carnavalesco, incluindo Pré-Carnaval e Carnaval, contou com 387 entrevistados. Desse total, 55% foram consultados no Pré-Carnaval e 45% no Carnaval.

O secretário do Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, considera que assim como na pesquisa sobre o Pré-Carnaval, o levantamento sobre o Carnaval revelou uma grande aceitação por parte do público. "Isso mostra que a gestão do prefeito Roberto Cláudio fez bem ao investir em infraestrutura e nos grandes eventos, tornando Fortaleza cada vez melhor para seus moradores e, consequentemente, para os turistas”, conclui.

Turistas no Carnaval

Dos viajantes que vieram a Fortaleza no período do Carnaval, 88,44% eram turistas nacionais e 11,56%, visitantes internacionais. Dentre eles, 41,04% ficaram mais de sete dias na Capital, enquanto 35,26% ficaram de 4 a 5 dias. Entre os entrevistados, 91,91% participaram pela primeira vez do Carnaval na Cidade.

Os locais mais frequentados pelos turistas nacionais e internacionais no período do Carnaval foram o Aterrinho da Praia de Iracema (64,11%), a Praça do Ferreira (10,48%) e o Mercado dos Pinhões (9,27%). Dos que participaram em edições anteriores, 57,14% afirmaram que o Carnaval melhorou em relação aos outros anos.

Os principais meios de hospedagem utilizados foram os hotéis/flats (70,52%), seguidos por casas de parentes ou amigos (17,34%). Entre os entrevistados, 66,47%% classificaram os meios de hospedagens como ótimos.

Já a gastronomia cearense foi avaliada como ótima ou boa por 92,49% dos visitantes, enquanto a sensação de segurança durante o evento foi considerada ótima ou boa por 82,66% do total de entrevistados.

Pré-Carnaval

A pesquisa do Observatório do Turismo de Fortaleza relativa ao Pré-Carnaval revela que 61,11% dos visitantes que estiveram na Cidade no período tiveram uma permanência superior a sete dias.

Para 98% dos entrevistados, entre turistas e residentes, o Pré-Carnaval superou as expectativas. Para 99,07% deles, a Prefeitura de Fortaleza deve continuar promovendo o Pré-Carnaval.

Com relação ao quesito atrações, 94,86% dos entrevistados consideraram que foi ótimo ou bom. A sensação de segurança durante o evento também foi avaliada como ótima ou boa por 79,44% dos consultados.

A pesquisa relativa ao Pré-Carnaval foi realizada entre os dias 31 de janeiro e 16 de fevereiro, em diversos pontos da Cidade.

Observatório do Turismo de Fortaleza divulga pesquisa sobre o Ciclo Carnavalesco 2020

De acordo com a pesquisa, a maioria dos visitantes esteve na Cidade durante o Carnaval por mais de sete dias

Uma pesquisa realizada pelo Observatório do Turismo de Fortaleza indicou que as atrações musicais foram o principal atrativo para os turistas que optaram por passar o Carnaval na Cidade. Segundo o levantamento, 33,6% dos entrevistados estiveram nos eventos carnavalescos de Fortaleza por conta dow shows. Do total de turistas que prestigiou a programação da Prefeitura, 87,29% tiveram suas expectativas superadas.

O estudo revelou também que o gasto per capita do turista no Carnaval foi de R$ 2.588,95. A pesquisa realizada pelo Observatório do Turismo no período entrevistou 174 turistas, entre os dias 21 e 25 de fevereiro de 2020.

Já a pesquisa que engloba todo o Ciclo Carnavalesco, incluindo Pré-Carnaval e Carnaval, contou com 387 entrevistados. Desse total, 55% foram consultados no Pré-Carnaval e 45% no Carnaval.

O secretário do Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, considera que assim como na pesquisa sobre o Pré-Carnaval, o levantamento sobre o Carnaval revelou uma grande aceitação por parte do público. "Isso mostra que a gestão do prefeito Roberto Cláudio fez bem ao investir em infraestrutura e nos grandes eventos, tornando Fortaleza cada vez melhor para seus moradores e, consequentemente, para os turistas”, conclui.

Turistas no Carnaval

Dos viajantes que vieram a Fortaleza no período do Carnaval, 88,44% eram turistas nacionais e 11,56%, visitantes internacionais. Dentre eles, 41,04% ficaram mais de sete dias na Capital, enquanto 35,26% ficaram de 4 a 5 dias. Entre os entrevistados, 91,91% participaram pela primeira vez do Carnaval na Cidade.

Os locais mais frequentados pelos turistas nacionais e internacionais no período do Carnaval foram o Aterrinho da Praia de Iracema (64,11%), a Praça do Ferreira (10,48%) e o Mercado dos Pinhões (9,27%). Dos que participaram em edições anteriores, 57,14% afirmaram que o Carnaval melhorou em relação aos outros anos.

Os principais meios de hospedagem utilizados foram os hotéis/flats (70,52%), seguidos por casas de parentes ou amigos (17,34%). Entre os entrevistados, 66,47%% classificaram os meios de hospedagens como ótimos.

Já a gastronomia cearense foi avaliada como ótima ou boa por 92,49% dos visitantes, enquanto a sensação de segurança durante o evento foi considerada ótima ou boa por 82,66% do total de entrevistados.

Pré-Carnaval

A pesquisa do Observatório do Turismo de Fortaleza relativa ao Pré-Carnaval revela que 61,11% dos visitantes que estiveram na Cidade no período tiveram uma permanência superior a sete dias.

Para 98% dos entrevistados, entre turistas e residentes, o Pré-Carnaval superou as expectativas. Para 99,07% deles, a Prefeitura de Fortaleza deve continuar promovendo o Pré-Carnaval.

Com relação ao quesito atrações, 94,86% dos entrevistados consideraram que foi ótimo ou bom. A sensação de segurança durante o evento também foi avaliada como ótima ou boa por 79,44% dos consultados.

A pesquisa relativa ao Pré-Carnaval foi realizada entre os dias 31 de janeiro e 16 de fevereiro, em diversos pontos da Cidade.