16 de maio de 2013 em Fortaleza

Prefeito e governador fazem balanço de obras em Fortaleza

A gestão municipal apresentou as ações e investimentos em saúde e infraestrutura, principalmente as intervenções das obras da Copa.


Roberto Cláudio e Cid Gomes reuniram-se com os secretários e técnicos das pastas municipais e estaduais (Foto: Thiago Gaspar)

O prefeito Roberto Cláudio e o governador Cid Gomes reuniram-se na tarde desta quarta-feira (15/05), no Paço Municipal, com os secretários e técnicos das pastas municipais e estaduais para fazer um balanço das maiores obras das duas administrações em andamento na Capital. Na ocasião, a gestão municipal apresentou as ações e investimentos nas áreas de saúde e infraestrutura, principalmente as intervenções das obras para a Copa das Confederacoes e Copa 2014. O secretário Extraordinário da Copa, Domingos Neto, falou sobre o cronograma de obras de mobilidade urbana no entorno da Arena Castelão e das intervenções na Via Expressa, que tiveram início no último dia 11 de maio, com a construção de um túnel na avenida Santos Dumont.

Infraestrutura - Durante a reunião, o secretário da Infraestrutura de Fortaleza, Samuel Dias, apresentou o cronograma das obras dos viadutos no encontro das avenidas Antônio Sales e Engenheiro Santana Jr. A intervenção faz parte do Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) e foi anunciada ainda na gestão anterior, em 2007. Segundo adiantou o titular da pasta, o projeto original passou por uma reformulação e aguarda a liberação de licenças ambientais para o início das obras.

Saúde - Os investimentos na área de saúde foram apresentados pela secretária municipal Socorro Martins, que fez um balanço das ações voltadas para a atenção básica e secundária em Fortaleza. A reforma de 75 dos 92 postos de saúde da Capital, construção de mais 25 unidades, a  contratação de 107 novos medicos e seleção pública de 108 novos gestores fazem parte do pacote já anunciado pela Prefeitura Municipal, em abril deste ano. “Vamos implantar um padrão de qualidade de gestão e atendimento em todos os postos de saúde, por meio do qual o paciente possa ser bem atendido em qualquer posto de qualquer bairro da cidade”, lembrou o prefeito que recebeu do governador Cid Gomes a promessa de R$ 10 milhões para auxiliar no custeio dessa obras, que somam investimento de quase R$ 84 milhões, com recursos do Ministério da Saúde e do Tesouro Municipal.

De acordo com Socorro Martins, das seis UPAs previstas para Fortaleza, três já estão com projeto pronto e serão construídas nos bairros Cristo Redentor (Regional I), Itaperi (Regional IV) e Jangurussu (Regional VI). A titular anunciou também a construção de quatro Centros Especializados em Reabilitação (CERs). Para melhorar a qualidade da atenção secundária, estão previstas reformas no Frotinha da Parangaba, Hospital Nossa Senhora da Conceição, no Conjunto Ceará e no Gonzaguinha da Barra do Ceará. A construção de uma policlínica e execução de obras complementares no Hospital da Mulher - que deverá adicionar mais 100 leitos aos 160 existentes – também foram ações anunciadas para a área da saúde.

Governo do Estado – Durante o encontro, o secretariado estadual fez um balanço das obras de infraestrutura urbana previstas ou já em andamento em Fortaleza, como a linha leste do Metrofor, o VLT Parangaba/Mucuripe, a Ponte Estaiada e a duplicação do Anel Viário no entroncamento da CE-040 com a BR-222. Ações na área da saúde, além de projetos de saneamento e de reassentamento de moradores da margem do Rio Maranguapinho também foram descritos pelos secretários estaduais.

Prefeito e governador fazem balanço de obras em Fortaleza

A gestão municipal apresentou as ações e investimentos em saúde e infraestrutura, principalmente as intervenções das obras da Copa.

Roberto Cláudio e Cid Gomes reuniram-se com os secretários e técnicos das pastas municipais e estaduais (Foto: Thiago Gaspar)

O prefeito Roberto Cláudio e o governador Cid Gomes reuniram-se na tarde desta quarta-feira (15/05), no Paço Municipal, com os secretários e técnicos das pastas municipais e estaduais para fazer um balanço das maiores obras das duas administrações em andamento na Capital. Na ocasião, a gestão municipal apresentou as ações e investimentos nas áreas de saúde e infraestrutura, principalmente as intervenções das obras para a Copa das Confederacoes e Copa 2014. O secretário Extraordinário da Copa, Domingos Neto, falou sobre o cronograma de obras de mobilidade urbana no entorno da Arena Castelão e das intervenções na Via Expressa, que tiveram início no último dia 11 de maio, com a construção de um túnel na avenida Santos Dumont.

Infraestrutura - Durante a reunião, o secretário da Infraestrutura de Fortaleza, Samuel Dias, apresentou o cronograma das obras dos viadutos no encontro das avenidas Antônio Sales e Engenheiro Santana Jr. A intervenção faz parte do Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) e foi anunciada ainda na gestão anterior, em 2007. Segundo adiantou o titular da pasta, o projeto original passou por uma reformulação e aguarda a liberação de licenças ambientais para o início das obras.

Saúde - Os investimentos na área de saúde foram apresentados pela secretária municipal Socorro Martins, que fez um balanço das ações voltadas para a atenção básica e secundária em Fortaleza. A reforma de 75 dos 92 postos de saúde da Capital, construção de mais 25 unidades, a  contratação de 107 novos medicos e seleção pública de 108 novos gestores fazem parte do pacote já anunciado pela Prefeitura Municipal, em abril deste ano. “Vamos implantar um padrão de qualidade de gestão e atendimento em todos os postos de saúde, por meio do qual o paciente possa ser bem atendido em qualquer posto de qualquer bairro da cidade”, lembrou o prefeito que recebeu do governador Cid Gomes a promessa de R$ 10 milhões para auxiliar no custeio dessa obras, que somam investimento de quase R$ 84 milhões, com recursos do Ministério da Saúde e do Tesouro Municipal.

De acordo com Socorro Martins, das seis UPAs previstas para Fortaleza, três já estão com projeto pronto e serão construídas nos bairros Cristo Redentor (Regional I), Itaperi (Regional IV) e Jangurussu (Regional VI). A titular anunciou também a construção de quatro Centros Especializados em Reabilitação (CERs). Para melhorar a qualidade da atenção secundária, estão previstas reformas no Frotinha da Parangaba, Hospital Nossa Senhora da Conceição, no Conjunto Ceará e no Gonzaguinha da Barra do Ceará. A construção de uma policlínica e execução de obras complementares no Hospital da Mulher - que deverá adicionar mais 100 leitos aos 160 existentes – também foram ações anunciadas para a área da saúde.

Governo do Estado – Durante o encontro, o secretariado estadual fez um balanço das obras de infraestrutura urbana previstas ou já em andamento em Fortaleza, como a linha leste do Metrofor, o VLT Parangaba/Mucuripe, a Ponte Estaiada e a duplicação do Anel Viário no entroncamento da CE-040 com a BR-222. Ações na área da saúde, além de projetos de saneamento e de reassentamento de moradores da margem do Rio Maranguapinho também foram descritos pelos secretários estaduais.