11 de outubro de 2019 em Participação social

Prefeitura de Fortaleza finaliza primeiro ciclo de capacitações dos Agentes de Cidadania e Controle Social

A capacitação abordou conceitos como cidadania, controle social, direitos sociais, civis, políticos e econômicos, democracia e ética


A Prefeitura de Fortaleza finalizou, nesta sexta-feira (11/10), o primeiro ciclo de capacitações dos Agentes de Cidadania e Controle Social eleitos em 2019. O tema da capacitação foi o papel do agente dentro da Gestão Municipal. A ação foi realizada pela Coordenadoria Especial de Participação Social (CEPS) em parceria com a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog).

Ministrada pela coordenadora de Planejamento, Orçamento e Monitoramento da Sepog, Paíta Façanha, a capacitação abordou conceitos como cidadania, controle social, direitos sociais, civis, políticos e econômicos, democracia e ética. As palestras, que ocorreram nos dias 1, 2, 8, 9 e 11 de outubro, foram divididas por Regionais. O objetivo foi inserir ainda mais os agentes na gestão municipal, permitindo que eles entendam seu papel dentro da Participação Social, trabalhando de maneira mais efetiva para permitir que as demandas da população cheguem até o poder público.

A capacitação foi apenas a primeira de outras que acontecerão ainda nesta gestão. A próxima, prevista para o fim de 2019, terá como foco o andamento das obras do Mais Ação, maior programa de investimentos na história da cidade de Fortaleza.

Agentes de Cidadania e Controle Social

Os Agentes de Cidadania e Controle Social são membros da sociedade civil e foram eleitos para representar, de forma voluntária, seus territórios junto à Prefeitura de Fortaleza. Esses profissionais atuam em busca de melhorias para suas comunidades, informando à Gestão Municipal as necessidades da área. O processo eleitoral, realizado pela Coordenadoria Especial de Participação Social no primeiro semestre de 2019, contou com quase 27 mil votantes e elegeu 471 agentes, distribuídos nos 39 territórios da Cidade.

Prefeitura de Fortaleza finaliza primeiro ciclo de capacitações dos Agentes de Cidadania e Controle Social

A capacitação abordou conceitos como cidadania, controle social, direitos sociais, civis, políticos e econômicos, democracia e ética

A Prefeitura de Fortaleza finalizou, nesta sexta-feira (11/10), o primeiro ciclo de capacitações dos Agentes de Cidadania e Controle Social eleitos em 2019. O tema da capacitação foi o papel do agente dentro da Gestão Municipal. A ação foi realizada pela Coordenadoria Especial de Participação Social (CEPS) em parceria com a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog).

Ministrada pela coordenadora de Planejamento, Orçamento e Monitoramento da Sepog, Paíta Façanha, a capacitação abordou conceitos como cidadania, controle social, direitos sociais, civis, políticos e econômicos, democracia e ética. As palestras, que ocorreram nos dias 1, 2, 8, 9 e 11 de outubro, foram divididas por Regionais. O objetivo foi inserir ainda mais os agentes na gestão municipal, permitindo que eles entendam seu papel dentro da Participação Social, trabalhando de maneira mais efetiva para permitir que as demandas da população cheguem até o poder público.

A capacitação foi apenas a primeira de outras que acontecerão ainda nesta gestão. A próxima, prevista para o fim de 2019, terá como foco o andamento das obras do Mais Ação, maior programa de investimentos na história da cidade de Fortaleza.

Agentes de Cidadania e Controle Social

Os Agentes de Cidadania e Controle Social são membros da sociedade civil e foram eleitos para representar, de forma voluntária, seus territórios junto à Prefeitura de Fortaleza. Esses profissionais atuam em busca de melhorias para suas comunidades, informando à Gestão Municipal as necessidades da área. O processo eleitoral, realizado pela Coordenadoria Especial de Participação Social no primeiro semestre de 2019, contou com quase 27 mil votantes e elegeu 471 agentes, distribuídos nos 39 territórios da Cidade.