11 de outubro de 2017 em Educação

Prefeitura de Fortaleza instala Escola PEV em unidade da Barra do Ceará

Equipamento municipal também vai receber tubos de creme dental para reciclagem


Escola
Essa é a terceira escola da rede municipal que se torna um PEV, junto às unidades Narciso Pessoa de Araújo e Tertuliano Cambraia

A Escola Municipal 2 de Dezembro iniciou, na manhã desta quarta-feira (11/10), dois projetos voltados para a preservação do meio ambiente e descarte correto do lixo. A secretária da Educação, Dalila Saldanha, e a diretora Sandra Sousa firmaram parceira com a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) para a instalação de um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) de materiais recicláveis na escola. A escola também se tornou uma unidade coletora de embalagens de creme dental vazias, por meio do projeto “Recicle e faça a natureza sorrir”, parceria com o Instituto Vida Cidadã (IVC).

Essa é a terceira escola da rede municipal que se torna um PEV, junto às unidades Narciso Pessoa de Araújo e Tertuliano Cambraia. Para a secretária de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz, a implantação dos pontos nas escolas, aliada aos trabalhos desenvolvidos com os alunos, são eficientes para a educação cidadã. "A instalação do PEV é importante, pois a escola funciona como ecoponto e faz com que os alunos desenvolvam consciência ambiental e disseminem essa ideia com a família e vizinhos”, explica.

Na implantação do PEV, a Seuma instala uma pequena praça - o Espaço Reciclando Atitudes - com recipientes para depósito de metais, plásticos, vidros e papéis; dispõe mudas para serem plantadas na escola e distribuídas na comunidade, e ornamenta com reutilização de materiais já descartados, como pneus com plantas.

Nesse espaço, também está disponível o coletor de tubos de creme dental vazios, do projeto “Recicle e faça a natureza sorrir”. A meta do IVC é premiar com uma mesa de pingue-pongue a escola que juntar maior número de tubos usados de creme dental. Ao todo, 20 unidades participarão.

Na região da Barra do Ceará, a Escola 2 de Dezembro já é referência em articulação das famílias, empresas e instituições como ONGs e igrejas na educação cidadã pelo meio ambiente e saúde comunitária. De acordo com a diretora Sandra Sousa, “uma das principais ações, motivada pelo projeto ‘Selo Escola Amiga da Saúde’, foi a troca de recicláveis por mudas, que motivou as famílias a fazerem coleta seletiva. Na 2 de Dezembro, se entende que a preservação ambiental é um compromisso com a vida de todos”.

Dalila Saldanha acredita que essas parcerias e o empenho das unidades para a educação dos alunos e comunidades são a concretização de um desejo da Secretaria Municipal da Educação (SME) para transformar Fortaleza em uma cidade mais comprometida com o meio ambiente.

"Já temos uma parceria concreta com a Seuma e uma disciplina de formação dos alunos para a questão ambiental. Agora, firmamos mais uma parceria pela reciclagem, que está alinhada à nossa proposta de educação para nossos alunos. Esses projetos são importantes para continuarmos diversificando o ensino e evitando a produção de tanto lixo, bem como seu destino correto", aponta a gestora.

A aluna Joana de Melo, do 4º ano, está empenhada nas atividades da escola e compartilha boas ideias pela comunidade. "A gente já fez horta aqui, já entregou mudas e aprendemos como separar o lixo. Eu sempre digo pra mamãe para não jogar fora os recicláveis", afirma.

Também participaram do evento o secretário da Regional I, Gilberto Bastos, e o presidente do IVC, Tadeu Oliveira. Durante a manhã desta quarta-feira, a escola apresentou diversas produções artísticas de alunos de professores, como as peças teatrais FLICTS, de Ziraldo, e A Menina do Vestido Azul.

Prefeitura de Fortaleza instala Escola PEV em unidade da Barra do Ceará

Equipamento municipal também vai receber tubos de creme dental para reciclagem

Escola
Essa é a terceira escola da rede municipal que se torna um PEV, junto às unidades Narciso Pessoa de Araújo e Tertuliano Cambraia

A Escola Municipal 2 de Dezembro iniciou, na manhã desta quarta-feira (11/10), dois projetos voltados para a preservação do meio ambiente e descarte correto do lixo. A secretária da Educação, Dalila Saldanha, e a diretora Sandra Sousa firmaram parceira com a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) para a instalação de um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) de materiais recicláveis na escola. A escola também se tornou uma unidade coletora de embalagens de creme dental vazias, por meio do projeto “Recicle e faça a natureza sorrir”, parceria com o Instituto Vida Cidadã (IVC).

Essa é a terceira escola da rede municipal que se torna um PEV, junto às unidades Narciso Pessoa de Araújo e Tertuliano Cambraia. Para a secretária de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz, a implantação dos pontos nas escolas, aliada aos trabalhos desenvolvidos com os alunos, são eficientes para a educação cidadã. "A instalação do PEV é importante, pois a escola funciona como ecoponto e faz com que os alunos desenvolvam consciência ambiental e disseminem essa ideia com a família e vizinhos”, explica.

Na implantação do PEV, a Seuma instala uma pequena praça - o Espaço Reciclando Atitudes - com recipientes para depósito de metais, plásticos, vidros e papéis; dispõe mudas para serem plantadas na escola e distribuídas na comunidade, e ornamenta com reutilização de materiais já descartados, como pneus com plantas.

Nesse espaço, também está disponível o coletor de tubos de creme dental vazios, do projeto “Recicle e faça a natureza sorrir”. A meta do IVC é premiar com uma mesa de pingue-pongue a escola que juntar maior número de tubos usados de creme dental. Ao todo, 20 unidades participarão.

Na região da Barra do Ceará, a Escola 2 de Dezembro já é referência em articulação das famílias, empresas e instituições como ONGs e igrejas na educação cidadã pelo meio ambiente e saúde comunitária. De acordo com a diretora Sandra Sousa, “uma das principais ações, motivada pelo projeto ‘Selo Escola Amiga da Saúde’, foi a troca de recicláveis por mudas, que motivou as famílias a fazerem coleta seletiva. Na 2 de Dezembro, se entende que a preservação ambiental é um compromisso com a vida de todos”.

Dalila Saldanha acredita que essas parcerias e o empenho das unidades para a educação dos alunos e comunidades são a concretização de um desejo da Secretaria Municipal da Educação (SME) para transformar Fortaleza em uma cidade mais comprometida com o meio ambiente.

"Já temos uma parceria concreta com a Seuma e uma disciplina de formação dos alunos para a questão ambiental. Agora, firmamos mais uma parceria pela reciclagem, que está alinhada à nossa proposta de educação para nossos alunos. Esses projetos são importantes para continuarmos diversificando o ensino e evitando a produção de tanto lixo, bem como seu destino correto", aponta a gestora.

A aluna Joana de Melo, do 4º ano, está empenhada nas atividades da escola e compartilha boas ideias pela comunidade. "A gente já fez horta aqui, já entregou mudas e aprendemos como separar o lixo. Eu sempre digo pra mamãe para não jogar fora os recicláveis", afirma.

Também participaram do evento o secretário da Regional I, Gilberto Bastos, e o presidente do IVC, Tadeu Oliveira. Durante a manhã desta quarta-feira, a escola apresentou diversas produções artísticas de alunos de professores, como as peças teatrais FLICTS, de Ziraldo, e A Menina do Vestido Azul.