Máquinas trabalham para alargar as margens do canal
Máquinas trabalham para alargar as margens do canal que cruza a Comunidade dos Canos (Foto: Regional 2/Divulgação)

A Prefeitura de Fortaleza realizou, por meio da Secretaria Regional 2, Secretaria de Conservação e Serviços Públicos e Defesa Civil, uma operação de limpeza e melhorias urbanísticas para conter os riscos de inundação e alagamento na Comunidade dos Canos, no Mucuripe. As intervenções fazem parte do cronograma de ações preventivas referentes à quadra chuvosa de 2021.

Os serviços incluíram a limpeza dos recursos hídricos do canal que cruza a comunidade, com a retirada de lixo e aguapés, capinação, poda e supressão de árvores comprometidas. A Defesa Civil também executou trabalhos para alargar o canal e facilitar o escoamento da água. A comunidade também foi contemplada com reforços na iluminação, além da limpeza da Praça da Travessa Jangadeiro, com a total remoção dos resíduos sólidos.

“Estas atividades proporcionam qualidade de vida e bem-estar social, diminuem os riscos de alagamento, de poluição dos mananciais e contribuem com a prevenção de diversas doenças. Neste período do ano, em que ocorrem maiores precipitações, nós intensificamos esse trabalho. É importante também ressaltar o papel da população com o manuseio do lixo, para que não seja descartado de forma irregular. Ainda na região, vamos providenciar a elaboração de projeto para urbanização de calçadas”, explicou o secretário da Regional 2, Rennys Frota.

Publicado em Meio ambiente

A Prefeitura de Fortaleza realiza, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), a Semana do Meio Ambiente 2020, de 5 a 12 de junho, com uma série atividades virtuais para discutir o cenário ambiental na Cidade e as ações realizadas pelo poder público nos últimos anos.

A programação iniciou nesta sexta-feira (05/06), com o início da votação da Árvore Símbolo de Fortaleza, que acontece do dia 05 a 25 de junho. Entre as espécies nativas concorrentes, escolhidas por instituições da sociedade civil e universidades, estão o Ipê, Pau-branco e Pajeú.

A partir desta terça-feira (09/06), será realizada uma série de encontros virtuais, iniciando sempre às 14 horas. O primeiro terá como tema "Educação Ambiental e os resultados da Política Municipal do Meio Ambiente (Lei N° 10.619/2017)" e contará com a participação da coordenadora de Política Ambiental da Seuma, Edilene Oliveira, da coordenadora social da Rede de Mulheres Empreendedoras Sustentáveis, Geni Sobreira, e a representante da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Grasiely Saraiva.

Já na quarta-feira (10/06), o encontro será sobre os avanços da Política Municipal do Meio Ambiente (Lei N° 10.619/2017) e a sua relação com o Plano de Ação Climática, com a presença da onsultora técnica e da assessora do Clima do Governos Locais pela Sustentabilidade (Iclei), Ana Wernke e Flavia Bellaguarda, respectivamente, além de demais técnicos da Seuma.

Para discutir sobre a relação entre saneamento, saúde pública, meio ambiente e o plano de investimento para universalização do saneamento em Fortaleza, na quinta-feira (11/06), o encontro virtual acontece às 9 horas, com a participação do professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Suetônio Mota, e da superintendente de Planejamento de Empreendimentos da Cagece, Abigail Lino.

Para finalizar os encontros virtuais, na sexta-feira (12/06), às 9 horas, acontece a videoconferência sobre "A influência do Isolamento Social na Qualidade do Ar e no Tráfego Veicular da Cidade de Fortaleza", com a presença dos professores da UFC, Rivelino Cavalcante e Bruno Bertoncini, e do representante da empresa JCTM, Eduardo Figueiredo.

No dia 26 de junho, encerrando a Semana do Meio Ambiente, será realizado o Fórum da Cidade, que ocorre mensalmente para debater questões urbanas e ambientais com a sociedade. Nesta edição, o Fórum terá como tema "O Legado da Política Municipal do Meio Ambiente" e irá apresentar os resultados dos últimos anos das ações e projetos realizados pela Prefeitura de Fortaleza de cuidado e preservação do meio ambiente na capital cearense.

Os encontros virtuais poderão ser acompanhados pelo link: https://forms.gle/duWTezrJuDm6s292A

Confira a programação Semana do Meio Ambiente 2020:

Votação Árvore Símbolo de Fortaleza
Data: 05 a 25 de junho de 2020
https://forms.gle/g6dEnLXN496XBftt9

Série de webinários

Tema: Educação Ambiental e os resultados da Política Municipal do Meio Ambiente (Lei N° 10.619/2017)
Dia: 09 de Junho (Terça)
Horário: 14h

Tema: Os avanços da Política Municipal do Meio Ambiente (Lei N° 10.619/2017) e a sua relação com o Plano de Ação Climática
Dia: 10 de Junho (Quarta)
Horário: 14h

Tema: A relação entre o saneamento, saúde pública e meio ambiente e o plano de investimento para universalização do saneamento em Fortaleza
Dia: 11 de Junho (Quinta)
Horário: 9h

Tema: A influência do isolamento social na qualidade do ar e no tráfego veicular da cidade de Fortaleza
Dia: 12 de Junho (Sexta)
Horário: 9h

Fórum da Cidade - O Legado da Política Municipal do Meio Ambiente
Dia: 26 de Junho (Sexta)
Horário: 9h

Publicado em Meio ambiente
Carroceiro utilizando o Ecoponto
Os entulhos levados aos Ecopontos são pesados e geram crédito que pode ser utilizado pelos carroceiros nos estabelecimentos comerciais de cada região

Dentro do projeto para a melhoria da limpeza na Cidade e conscientização da população, em execução desde 2015, a Prefeitura de Fortaleza agora amplia o programa E-Carroceiro para todas as Regionais. Com isso, todos os 70 Ecopontos implantados já oferecem o benefício para carroceiros interessados em se cadastrar. A partir da iniciativa, os entulhos levados aos Ecopontos são pesados e geram crédito, que pode ser utilizado nos estabelecimentos comerciais de cada região. Além disso, todos os Ecopontos permanecem oferecendo o Recicla Fortaleza, que oferece descontos na conta de energia pela troca de resíduos sólidos recicláveis.

Coordenado pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Coordenadoria Especial de Limpeza Urbana, o programa E-Carroceiro teve início em agosto de 2017, como projeto-piloto desenvolvido nos quatro Ecopontos que fazem parte do Ecopolo implantado na região da Avenida Leste-Oeste. Com a ampliação da infraestrutura, tendo 70 Ecopontos implantados até agora, consequentemente também foi expandido o E-Carroceiro, oferecendo para a população mais alternativas para a correta destinação de resíduos e mitigando seus impactos no meio ambiente.

Nesse período, o programa cadastrou 564 carroceiros e gerou um benefício total de R$ 1.155.121,04 em créditos repassados por meio de um cartão com moeda social, que pode ser utilizado nos estabelecimentos comerciais de cada região. Com relação ao recebimento de entulhos de obra e volumosos, os Ecopontos da Leste-Oeste, Cristo Redentor e Barra do Ceará (Regional I) são os que mais receberam esses resíduos, motivados pelo incentivo do projeto-piloto E-Carroceiro.

Como funciona o E-Carroceiro

A partir de uma parceria com o Banco Palmas, reconhecido por sua experiência em microcrédito social, e com a Ecofor Ambiental, concessionária responsável pela limpeza urbana em Fortaleza, foi concebido o programa E-Carroceiro. Dessa forma, os carroceiros são cadastrados para o descarte de entulhos de obra e volumosos (restos de poda e móveis velhos) nos 70 Ecopontos instalados em todas as Regionais de Fortaleza e são remunerados pelo Banco Palmas, que é o agente de microcrédito da plataforma, com o subsídio da Ecofor Ambiental.

O funcionamento é simples. O carroceiro leva o entulho a um dos Ecopontos e o material é pesado. Após a pesagem, é repassado o crédito ao carroceiro, por meio de um cartão com moeda social, podendo ser utilizado no comércio da região.

Ecopontos e Recicla Fortaleza

De dezembro de 2015, quando o primeiro Ecoponto foi inaugurado, até o momento, em que a Cidade já conta com 70 equipamentos do tipo, já foram coletadas mais de 139.602 toneladas de materiais. Como resultado, o programa Recicla Fortaleza gerou um benefício de R$ 722.831,62 distribuídos na conta de energia para 27.653 usuários cadastrados no sistema. Levando em consideração os recicláveis, atualmente, os Ecopontos que mais recebem esse tipo de resíduo são Sapiranga, Fátima, Varjota, Messejana, Leste Oeste e Barra do Ceará.

Todos os 70 Ecopontos são locais adequados para o recebimento de pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. É lá onde a população pode ter acesso ao benefício do Programa Recicla Fortaleza. Todos os equipamentos contam com caçambas para coleta e estrutura administrativa de trabalho para as equipes de limpeza urbana, fiscalização e monitoramento. Os locais oferecem espaço adequado para o descarte correto de pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. O funcionamento é de segunda-feira a sábado, sempre das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Publicado em Meio ambiente
caçambas do ecoponto
Todos os Ecopontos contam com caçambas para coleta e estrutura administrativa de trabalho para as equipes de limpeza urbana, fiscalização e monitoramento

O prefeito Roberto Cláudio inaugura, nesta quarta-feira (18/12), às 17h, o Ecoponto São Sebastião, no Centro. O local vai oferecer o benefício do Recicla Fortaleza, que gera descontos na conta de energia à população do bairro e adjacências pela troca de resíduos sólidos recicláveis.

Concebido a partir de uma parceria entre a Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (AcFor) e a Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), o novo Ecoponto faz parte do projeto do Trinário da Avenida Duque de Caxias e é o 67º equipamento deste tipo implantando durante a gestão do prefeito Roberto Cláudio, sendo o 3º na área do Centro. Nesta região, há também outros Ecopontos instalados na Avenida Alberto Nepomuceno e na Rua Guilherme Rocha.

Assim como os demais, o novo Ecoponto é um local adequado para o recebimento de pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. É lá onde a população, ao levar a conta de energia, pode ter acesso ao benefício do Programa Recicla Fortaleza, que gera desconto na conta de energia pela troca de resíduos recicláveis.

Todos os Ecopontos contam com caçambas para coleta e estrutura administrativa de trabalho para as equipes de limpeza urbana, fiscalização e monitoramento. Os locais oferecem espaço adequado para o descarte correto de pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. O funcionamento é de segunda-feira a sábado, sempre de 8h às 12h e de 14h às 17h.

Até o momento, já foram coletadas mais de 120 mil toneladas de materiais recicláveis. Como resultado, o programa Recicla Fortaleza gerou um benefício de mais R$ 600.000,00 distribuídos na conta de energia para mais de 26.500 usuários cadastrados no sistema. Levando em consideração os recicláveis, atualmente, os Ecopontos que mais recebem esse tipo de resíduo são Sapiranga, Fátima, Varjota, Messejana, Leste Oeste e Barra do Ceará.

Serviço
Inauguração do Ecoponto São Sebastião
Data: 18/12 (quarta-feira)
Horário: 17h
Endereço: Rua Clarindo de Queiroz, em frente ao número 1596 – Centro (ao lado do Mercado São Sebastião)

Publicado em Meio ambiente

Em comemoração ao Dia da Árvore, a Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel realiza, entre os dias 16 e 20 de setembro, exposições, palestras e rodas de leitura que evidenciam a importância da sustentabilidade e do meio ambiente para a comunidade.

A partir desta segunda-feira (16/09), o espaço promove uma exposição de livros sobre sustentabilidade e meio ambiente, que segue aberta à visitação até a sexta-feira (20/09), das 8h às 18h. Na quarta-feira (18/09), às 15h, haverá palestra e exposição de produtos ecológicos com a ONG Giambiental. Na quinta-feira (19/09), as crianças poderão conferir a partir das 15h, uma roda de leitura do livro “A Árvore Generosa”, de Shel Silverstein.

No último dia de atividade, sexta-feira (20/09), a biblioteca promove uma visitação ao Projeto Horta Social, em parceria com o Centro Social Urbano (CSU), do Conjunto Ceará, onde serão demonstradas técnicas de cultivo saudável. Serão disponibilizadas 20 vagas para a ação e para participar é necessário inscrição presencial na biblioteca, portando xerox do RG, CPF e comprovante de endereço do responsável, além de uma foto 3x4 da criança. O período de inscrição vai de segunda-feira (16/09) até o dia da visitação.

O Dia da Árvore é originalmente celebrado no dia 21 de setembro. Segundo a diretora da Biblioteca Herbênia Gurgel, Sofia Dantas, a ação é uma oportunidade para tratar sobre preservação e sustentabilidade: “no momento delicado que o meio ambiente enfrenta no mundo, se evidencia a importância de trabalhar atitudes e ações com as crianças para conscientização sobre proteção da natureza. Nossa programação foca nas árvores e suas características benéficas no meio em que vivemos”, destaca a diretora.

A Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Semana da Árvore

Exposição de livros sobre a temática da sustentabilidade e do meio ambiente
Data: Segunda a sexta-feira (16 a 20/09)
Hora: 8h às 18h

Palestra sobre conscientização do meio ambiente e exposição de produtos ecológicos com ONG Giambiental
Data: Quarta-feira (18/09)
Hora: 15h

Roda de leitura do livro “A árvore generosa”, de Shel Silverstein
Data: Quinta-feira (19/09)
Hora: 15h

Visitação ao Projeto Horta Social do CSU
Data: Sexta-feira (20/09)
Hora: 15h

Onde: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Valor: Gratuito

Publicado em Cultura

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor), participará de evento da programação Festa Anual das Árvores, na Autarquia Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano do Eusébio (AMMA), na próxima quarta-feira (20/03). Neste evento, uma palestra técnica sobre compostagem, tema da Festa Anual das Árvores 2019, a Autarquia estará representada pela engenheira ambiental Ana Julia Oliveira, que abordará aspectos teóricos relativos ao tema, como a importância ambiental, sustentabilidade dentre outros assuntos, e pelo engenheiro agrônomo Wesley Souza, que abordará aspectos e procedimentos práticos ligados à produção de compostagem, tendo como base a experiência desenvolvida no Horto Florestal Municipal Falconete Fialho.

A Festa Anual das Árvores 2019 é um evento promovido pelo Governo do Estado do Ceará entre os dias 17 a 24 de março, sob a coordenação da Secretaria do Meio Ambiente (Sema). O evento conta com a parceria de municípios, ONGs, universidades, escolas, movimentos ambientalistas e entidades privadas. Serão realizadas diversas ações em todo o estado com o objetivo de conscientizar e sensibilizar a população sobre a importância das árvores para o equilíbrio da vida no planeta e para o bem-estar dos cidadãos.

Na Escola Estadual de Educação Profissional Darcy Ribeiro, localizada no bairro Conjunto Esperança, a UrbFor ministrará a mesma palestra, na próxima quinta-feira (21/03), às 15h, para os alunos do 3º ano do Curso Técnico em Paisagismo.

A UrbFor desenvolve uma parceria com a Escola há mais de dois anos, oferecendo a oportunidade de estágio curricular obrigatório aos alunos na sede da Autarquia e no Horto Florestal Municipal, onde eles podem assimilar o conhecimento presencial técnico. “Essa parceria entre a UrbFor e a Escola é muito importante, pois se trata do órgão municipal responsável pelo paisagismo da cidade, o que ajuda com o enriquecimento do aprendizado dos alunos”, comenta a arquiteta Yasmin Sales, professora e coordenadora do curso.

“Estou muito feliz com os convites e em poder contribuir para o desenvolvimento desses alunos. O paisagismo é uma atividade importante para o desenvolvimento turístico das cidades e é um dos setores que mais contribui para a melhoria da qualidade de vida das pessoas, pela sua forte ligação com o meio ambiente”, ressalta Regis Tavares, superintendente da UrbFor.

Publicado em Meio ambiente
Zonas Especiais
As zonas especiais foram criadas como forma de intensificar o crescimento socioeconômico em áreas específicas da Cidade

As Zonas Especiais de Dinamização Urbanística e Socioeconômica (Zedus), regulamentadas pela nova Lei de Uso de Ocupação do Solo (Luos), estão fomentando o desenvolvimento de novos negócios em Fortaleza. De janeiro a novembro deste ano, foram cerca de 4.100 alvarás de funcionamento emitidos, somente nestas áreas, que correspondem cerca de 45% das emissões em toda a cidade.

As Zedus correspondem a apenas 12% do território da Cidade, nas demais zonas, ou seja, 88% do território, foram emitidos aproximadamente 4.966 alvarás. São novas oportunidades surgindo a partir dos incentivos proporcionados pela legislação, aprovada em agosto de 2017.

Essas zonas especiais foram criadas como forma de intensificar o crescimento socioeconômico em áreas específicas da Cidade. No total, são 22 e cada uma possui vocação própria. A Zedus Varjota, por exemplo, é vocacionada ao desenvolvimento de polo gastronômico, entretenimento e lazer. Já a Zedus Aeroporto (Vila União), visa a estimular as atividades econômicas vinculadas ao Aeroporto de Fortaleza que, após a concessão de sua operação para a Fraport, irá demandar novas atividades e novos negócios.

A regulamentação da Zedus também está beneficiando a zona norte da cidade. Na Zedus Aldeota, o fomento ao desenvolvimento econômico da área foi a partir da flexibilização dos parâmetros urbanísticos, ampliando assim o potencial construtivo, ou seja, atraindo novas moradias, comércios e gerando maior rotatividade de pessoas.

“No caso da Zedus Porangabussu, na região oeste, com foco na área da saúde, visamos incentivar a implantação de hospitais, clínicas e faculdades. Pensando nestas transformações para o bairro Rodólfo Teófilo, uma comissão da Prefeitura de Fortaleza esteve na Espanha, absorvendo as boas práticas do Distrito de Inovação 22@ Barcelona, no bairro Poble Nou, que antes da implantação era uma área industrial e atualmente comporta espaços modernos para concentração estratégica de atividades destinadas ao conhecimento”, afirma Águeda Muniz, titular da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma).

Além destas, existem as Zedus, Centro (1 e 2), Parangaba, Messejana, Montese, Seis Bocas, Oliveira Paiva, Br 116 (1,2,3 e 4), Antônio Bezerra, Perimetral (1 e 2), Carlito Pamplona, Bom Sucesso, Anel Viário (1 e 2) e Francisco Sá.

Publicado em Meio ambiente
Fortaleza recebe prêmio Selo Município Verde
Os prêmios são concedidos pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará

O Município de Fortaleza recebeu, nesta terça-feira (21/11), os prêmios Praia Limpa e a Certificação Selo Município Verde, promovidos pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará (Sema), em solenidade realizada no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec).

Fortaleza foi uma das sete cidades do Estado que recebeu a Certificação Categoria B, maior avaliação do prêmio da edição. Já a Praia de Iracema foi classificada entre as dez praias do Ceará e recebeu a certificação Praia Limpa na Categoria Estrelas do Mar.

O Programa Selo Município Verde é uma Certificação Ambiental pública que identifica os municípios cearenses que desenvolvem ações protetivas do meio ambiente com melhores resultados possíveis na salvaguarda ambiental, atendendo critérios preestabelecidos de conservação e uso sustentável dos bens naturais, proporcionando melhor qualidade de vida para as presentes e futuras gerações, a ser entregue a cada dois anos.

A Certificação Praia Limpa, por sua vez, é um programa do Governo do Ceará, coordenado pela Sema, consistindo na concessão de um selo de certificação ambiental aos municípios que aderirem voluntariamente ao programa inscrevendo suas praias, para que sejam avaliadas e conquistem um selo de qualidade atestando as condições de higiene/limpeza, segurança e conservação exigidas pelo programa dentro de critérios estabelecidos, conforme a legislação.

Publicado em Meio ambiente
Crianças visitam o Horto Florestal Municipal Falconete Fialho
O contato das crianças com o meio ambiente é enriquecedor e traz benefícios para as novas gerações

Estar em contato com a natureza viva é sempre algo enriquecedor e agradável. Por isso, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia de Paisagismo e Urbanismo de Fortaleza (UrbFor), doou mudas de plantas medicinais para o jardim do Centro de Educação Infantil Jornalista Demócrito Dummar, localizado no bairro Canindezinho.

O “Jardim da Cura”, como foi apelidado carinhosamente o espaço, tem o objetivo de transformar o CEI num espaço mais acolhedor e também de educar ambientalmente as crianças deste local. Estas mudas foram plantadas pelos jovens estudantes, com o apoio de suas professoras e de equipes da UrbFor, e todo o adubo usado foi gerado a partir do lixo produzido na própria instituição.

“É muito gratificante saber que essas crianças tiveram este momento tão especial. A UrbFor, além de ser um órgão operacional da Prefeitura de Fortaleza, é também uma instituição que ensina e promove o verde em nossa capital”, pontua o superintendente da UrbFor, Régis Tavares. Esta experiência proporcionou inúmeros sentimentos de alegria e descoberta por estas crianças que tiveram esse momento de aproximação intensa com a natureza.

 

Publicado em Educação
Gato-do-mato dentro de seu recinto
O gato-do-mato é uma das espécies animais encontradas no Zoológico Municipal Sargento Prata

O Zoológico Municipal Sargento Prata e o Horto Florestal Municipal Falconete Fialho, localizados no Passaré, terão novo horário de funcionamento a partir desta terça-feira (30/10).

Os parques, que normalmente tinham as suas atividades das 9h às 16h, agora abrirão uma hora mais cedo. O novo horário é das 8h às 16h, de terça-feira a domingo, inclusive nos feriados. As segundas-feiras, os Parques permanecem fechados para manutenção. “ Tomamos a decisão de abrir os parques uma hora mais cedo para melhor atender as escolas e as famílias, ainda mais neste período do ano. Testamos o novo horário por duas semanas, e a receptividade da população foi excelente”, comenta o superintendente da Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor), Regis Tavares.

O local que é uma excelente opção de lazer para toda a família em uma área verde de aproximadamente 13 hectares, com árvores nativas, playgrounds, bancos para descanso, áreas gramadas para piquenique, bebedouros e com 152 animais de 47 espécies, entre mamíferos, répteis e aves, a maioria da fauna brasileira.

 

Publicado em Meio ambiente
Página 1 de 7